Política

Representantes de santas casas pedem mudanças em linha de crédito do BNDES para o setor

Billy Boss/Câmara dos Deputados Deputado Bertaiolli (C) preside o debate desta quarta Representantes das santas casas de misericórdia e hospitais...

Fonte:Agência Câmara de Notícias
25 de Maio de 2022 as 12h 15min

Deputado Bertaiolli (C) preside o debate desta quarta - (Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados)

Representantes das santas casas de misericórdia e hospitais filantrópicos pediram ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que crie uma linha de crédito para o financiamento do segmento com condições equivalentes às praticadas pela instituição para outras áreas, como agricultura e transportes (caminhoneiros), que possuem juros menores e maior carência.

O banco possui uma linha específica para instituições filantrópicas de saúde sem fins lucrativos (o BNDES Saúde). Os recursos financiam projetos de investimentos no valor mínimo de R$ 20 milhões por projeto.

O assunto foi debatido nesta quarta-feira (25) na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, a pedido do deputado Marco Bertaiolli (PSD-SP), que preside o colegiado.

Para o provedor da Santa Casa Guaratinguetá (SP), Rômulo Augusto de Barros, a linha atual é inadequada para atender às santas casas, com condições superiores às exigidas de outros setores econômicos. Além disso, não financiam o capital de giro, que é uma necessidade dessas instituições.

“Só podemos fazer um financiamento mínimo de R$ 20 milhões, e assim mesmo a instituições que apresentem um faturamento anual acima de R$ 80 milhões, o que praticamente inviabiliza as santas casas de médio e pequeno porte que dão atendimento a 70% da população”, disse Barros. Ele sugeriu uma linha com taxas de juros menores e prazo de carência de dois a três anos. Hoje esse prazo é de um ano.

Outros representantes de santas casas referendaram a proposta, como José Carlos Petreca, provedor da Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes (SP). Segundo ele, uma linha nas condições sugeridas permitiria aos hospitais reorganizar as contas e incrementar o atendimento aos pacientes privados, que respondem pela maior parte das receitas destas instituições.

A medida também foi defendida por deputados. Para Marco Bertaiolli, o valor mínimo de financiamento por projeto (R$ 20 milhões) tem que ser repensado. “Os valores disponibilizados são relativamente elevados. Uma linha de R$ 1 milhão, R$ 2 milhões vai fazer toda a diferença”, disse.

Visão do BNDES
Durante a audiência pública, o responsável pela área de saúde dentro do BNDES, João Pieroni, alertou aos deputados que a equiparação das condições de financiamento a outros setores depende de uma lei que permita ao Tesouro Nacional equalizar a taxa de juros que incide sobre os créditos concedidos.

Hoje o banco consegue praticar taxas menores no crédito rural e nos financiamentos disponibilizados aos caminhoneiros porque o Tesouro paga parte dos juros. “Isso precisa vir do Congresso”, disse Pieroni.

Atualmente, o banco possui cerca de R$ 2 bilhões emprestados aos hospitais filantrópicos.

Diante da afirmação do representante do banco, o deputado Júlio Cesar (PSD-PI) adiantou que vai apresentar um projeto de lei nesse sentido. “Esses encargos das santas casas de misericórdia poderiam ser igualados aos caminhoneiros”, disse. Por sugestão de Bertaiolli, o projeto poderá ser assinado pelos demais integrantes da Comissão de Finanças, o que aumenta seu peso político na Câmara.

Parcelamento
Também participaram da audiência o coordenador da Frente Parlamentar de Apoio as Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas, deputado Antonio Brito (PSD-BA), e outros representantes do setor.

Brito lembrou que na semana passada a Câmara dos Deputados aprovou uma medida provisória que cria um parcelamento de dívidas tributárias para entidades beneficentes da área da saúde (MP 1090/21).


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Deputados defendem mais recursos federais para Samu em debate na Comissão de Orçamento

Billy Boss/Câmara dos Deputados Deputada Leandre: sem ampliação do financiamento, o Samu pode parar Deputados defenderam nesta terça-feira (28), ...

28 de Junho de 2022 as 15h00

Política

Senado inaugura ferramenta virtual para receber documentos administrativos

Foi inaugurada na segunda-feira (27) uma ferramenta que permite o envio virtual de documentos administrativos para o Senado: o e-Protocolo. Com iss...

28 de Junho de 2022 as 14h45

Política

Participantes de homenagem ao Dia do Orgulho LGBTQIA+ cobram do Congresso garantia de direitos

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Participantes da sessão afirmaram que desde a Constituição de 88 não se aprovam propostas para os LGBTQIA+ Part...

28 de Junho de 2022 as 14h30

Política

Sancionada com vetos lei sobre modernização de cartórios

Marcos Glicério Novo sistema deve facilitar acesso a documentos espalhados por diferentes cartórios O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 1...

28 de Junho de 2022 as 14h15

Política

Líder do governo cobra criação de CPI já protocolada para investigar obras inacabadas

O líder do governo, Carlos Portinho (PL-RJ), cobrou da Presidência do Senado a leitura de requerimento, apresentado em abril, para criação de uma c...

28 de Junho de 2022 as 14h15

Política

Comissão debate cobrança de contribuição sobre a receita de empresas de streaming

Depositphotos Mulher olha tablet com opção de filmes em streaming A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados realiza audiência pública nesta q...

28 de Junho de 2022 as 13h45

Política

Lei confere título de Capital Nacional do Morango ao município paulista de Atibaia

Depositphotos Foi sancionada na segunda-feira (27) a Lei 14.383/22, que confere o título de Capital Nacional do Morango ao município de Atibaia ...

28 de Junho de 2022 as 13h30

Política

Senadores protocolam pedido de CPI para apurar corrupção no Ministério da Educação

Os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Jean Paul Prates (PT-RN) e Jorge Kajuru (Podemos-GO) protocolaram nesta terça-feira (28) o requerimento ...

28 de Junho de 2022 as 13h30

Política

Pais poderão ter prazo para comprovar vacinação de crianças

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nesta terça-feira (28) projeto que obriga as escolas a fixar prazo para que pais ou responsáveis apres...

28 de Junho de 2022 as 13h00

Política

Aeroporto de Cuiabá está perto da internacionalização

O Aeroporto Marechal Rondon, na região metropolitana de Cuiabá, está perto de ser internacionalizado. A informação fpo passada pelo presidente da C...

28 de Junho de 2022 as 12h45

Sorriso

CPI dos Funcionários Fantasmas deve ouvir mais três testemunhas na quinta-feira

A oitiva será aberta ao público e transmitida pelos canais oficias da Câmara Municipal de Sorriso, Facebook e Youtube

28 de Junho de 2022 as 12h15

Política

Atibaia, em São Paulo, passa a ser a Capital Nacional do Morango

Foi sancionada na segunda-feira (27) a Lei 14.383, que confere o título de Capital Nacional do Morango ao município de Atibaia (SP). A cidade possu...

28 de Junho de 2022 as 12h00

Política

Lei dá nome de Joaquim de Azevedo Mancebo a aeroporto de Macaé (RJ)

Rui Porto Filho/Prefeitura de Macaé O aeroporto de Macaé (RJ) Entrou em vigor nesta terça-feira (28) a Lei 14.384/22, que renomeia o aeroporto lo...

28 de Junho de 2022 as 12h00

Política

Comissão reúne-se nesta quinta-feira para a apresentação do Relatório Luz 2022

Depositphotos Relatório mostra o que País precisa fazer para cumprir metas A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara do...

28 de Junho de 2022 as 12h00

Política

Sancionada com vetos a regulamentação da profissão de educação física

Sebastião Santos/Prefeitura de Uberaba-MG Uma lei de 1998 já regulamentava de forma sucinta a atuação dos educadores físicos Foi publicada no Diá...

28 de Junho de 2022 as 12h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO