Política

Em sessão especial, delegados pedem reconhecimento da sociedade

O Senado promoveu nesta sexta-feira (3) sessão especial para comemorar o Dia Nacional do Delegado de Polícia. Durante o evento, representantes da c...

Fonte:Agência Senado
03 de Dezembro de 2021 as 18h 45min

O Plenário do Senado durante as comemorações do Dia Nacional do Delegado de Polícia, nesta sexta - Waldemir Barreto/Agência Senado

O Senado promoveu nesta sexta-feira (3) sessão especial para comemorar o Dia Nacional do Delegado de Polícia. Durante o evento, representantes da categoria cobraram mais prestígio e melhores condições de trabalho. A sessão, que foi presidida pelo senador Marcos do Val (Podemos-ES), aconteceu a pedido do senador Humberto Costa (PT-PE).

Na abertura das homenagens, Marcos do Val destacou a importância dos delegados de polícia para a segurança pública e a paz social. Ele declarou que o investimento em recursos humanos nessa área e o reconhecimento da relevância dos delegados são essenciais para o enfrentamento da violência.

— Não se trata de uma profissão das mais fáceis. Pelo contrário: além de arriscar as suas próprias vidas, quase que diariamente, os delegados de polícia presenciam e medeiam toda a sorte de conflito social, em um país onde violência brota diariamente — afirmou o senador.

José Werick de Carvalho, chefe de gabinete da Delegacia-Geral da Polícia Civil do Distrito Federal, concordou com a avaliação de que sua profissão é desafiadora por atuar num modelo de “última solução” contra a criminalidade, quando todas as demais instituições falharam. Para ele, o delegado deve ser ouvido em qualquer proposição de justiça criminal.

É quem possui o primeiro fato, o primeiro contato com o delito e com o delinquente. É quem vivencia a realidade das ruas. É quem operacionaliza a primeira solução para uma questão que lhe é submetida, uma questão de ordem extremamente complexa.

Presidente-eleito da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Luciano Soares Leiro salientou que a sessão especial promovida pelo Senado é uma oportunidade para a categoria apresentar as dificuldades enfrentadas pela segurança pública. Ele disse que todos os candidatos a cargos políticos se apresentam sob a bandeira da segurança, mas suas promessas não resultam em valorização do setor.

— O recurso humano, o ente humano, é o principal patrimônio de qualquer entidade da Polícia Federal e da segurança pública — ressaltou.

Leiro alertou para o déficit de policiais na Polícia Federal e reivindicou novos concursos para o setor, além de melhores condições de trabalho e salariais para a categoria.

Edvandir Felix de Paiva, atual presidente da ADPF, ressaltou que a polícia, em muitos locais, é o único braço do Estado acessível ao cidadão, de modo que o delegado exerce, segundo ele, uma profissão que “transforma socialmente”. Paiva pediu atenção ao projeto do novo Código de Processo Penal (PL 8.045/2010, que tramita na Câmara dos Deputados) que, em sua avaliação, garante prerrogativas para os policiais que fazem investigação “bem feita, com seriedade”.

— Que esses profissionais tenham algum tipo de proteção ante as pressões que naturalmente ocorrem com quem está sendo alvo de investigações.

Presidente da Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol), Tania Fernanda Prado Pereira alertou para a necessidade de defender os direitos da categoria. Ela manifestou apoiou à PEC 412/2009, que prevê autonomia para a Polícia Federal, destacando que isso é um “tema importantíssimo para fortalecer a instituição”. E também apoiou mudanças nas regras relacionadas ao mandato do diretor-geral da PF.

Rodolfo Queiroz Laterza, presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol-Brasil), também pediu que o Senado aprove matérias que garantam a autonomia das polícias e preservem a isenção e a objetividade na condução das investigações. Ele lamentou que os delegados tenham que enfrentar “sucateamento, dificuldades estruturais, subfinanciamento e incompreensão de certos setores corporativos e da sociedade”.

Os delegados de polícia continuarão com total responsabilidade para com a nação, independentemente de considerações ideológicas e considerações pessoais. Independentemente de governo, servimos à sociedade, ao Estado de Direito e à democracia acima de tudo — declarou.

Gustavo Mesquita Galvão Bueno, presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Judiciária (ADPJ), afirmou que o único compromisso do delegado é com a verdade dos fatos. Ele disse que, apesar da atuação indispensável à sociedade, a categoria é desprestigiada pelos governantes.

Uma polícia judiciária bem respaldada, fortalecida com prerrogativas, pode e deve se tornar uma pedra no sapato do mau político, do mau governante. Não interessa ao mau governante fortalecer esta carreira, fortalecer a polícia judiciária, cuja atividade pode vir a se tornar um obstáculo, um problema em sua vida profissional.

Victor Cesar Carvalho dos Santos, superintendente da Polícia Federal no Distrito Federal, também criticou o "sucateamento" das polícias. Ele avaliou que o policial não é um servidor comum.

Quando um policial tomba em serviço, toda a sociedade tomba junto, todo o Estado tomba junto. Principalmente aquela família que fica é a que sente mais, e, se ela não tiver o respaldo do Estado no sentido de protegê-la, nós não teremos mais pessoas vocacionadas ou voluntárias para estar nessa luta.

Marcos do Val concluiu a sessão lembrando a greve da polícia do Espírito Santo, em 2017, que levou à paralisação geral das atividades nesse estado por falta de segurança — e, ressaltou ele, motivou sua candidatura ao Senado no ano seguinte. Para o senador, as propostas de legislação sobre segurança pública avançam pouco porque despertam “temor do setor político”.

Muitos policiais de outros países, principalmente dos Estados Unidos, diziam para mim que não teriam coragem de ser policiais no Brasil por todos os fatores: apoio da sociedade, salários, investimentos, equipamentos, legislação. Eles não conseguem entender tamanha dedicação dos senhores [os delegados] numa função tão desprestigiada pela sociedade.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Secretário da Saúde pode ser chamado pela CDH por agir contra determinações do Conitec

O senador Humberto Costa (PT-PE), presidente da Comissão de Direitos Humanos (CDH), quer convidar para depoimento o secretário Hélio Angotti Neto, ...

24 de Janeiro de 2022 as 17h30

Política

Comissão de Educação começa o ano com 59 projetos prontos para votação

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) começa o ano de 2022 com 59 projetos prontos para serem votados. É que todos já contam com votos dos...

24 de Janeiro de 2022 as 17h15

Política

Proposta autoriza empresas a exigir pagamento exclusivo por meio eletrônico

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Kim Kataguiri, autor do projeto de lei O Projeto de Lei 2896/21 autoriza o comerciante a aceitar exclusivamente...

24 de Janeiro de 2022 as 16h30

Política

Randolfe comemora suspensão parcial de decreto sobre cavernas

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) classificou como “mais uma vitória” de seu partido em defesa do meio ambiente a suspensão de parte do decret...

24 de Janeiro de 2022 as 15h15

Política

Projeto inclui o bioma Cerrado entre os prioritários para recebimento de verbas ambientais

Toninho Tavares/Agência Brasília O Cerrado possui as nascentes de seis grandes bacias hidrográficas O Projeto de Lei 1600/19 inclui o Cerrado ent...

24 de Janeiro de 2022 as 15h15

Política

Proposta cria política pública voltada para pessoas com Síndrome da Fadiga Crônica

Cleia Viana/Câmara dos Deputados Erika Kokay: criação de política específica para a doença vai melhorar o tratamento O Projeto de Lei 2812/21 cri...

24 de Janeiro de 2022 as 15h00

Política

Projeto autoriza pagamento de honorários no primeiro grau dos juizados especiais

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Pereira Júnior: ações nos juizados exigem do advogado a mesma diligência de causas comuns das varas cíveis O Pr...

24 de Janeiro de 2022 as 15h00

Política

Projeto aumenta em duas horas o período de proibição de busca e apreensão em domicílios

Luis Macedo/Câmara dos Deputados Pereira Júnior: lei atual mitiga a proteção constitucional à inviolabilidade do lar O Projeto de Lei 2804/21 pro...

24 de Janeiro de 2022 as 14h30

Sorriso

Presidente da Câmara cobra novas unidades habitacionais para Sorriso

Em reunião na CEF, Damiani pede a construção de mais um núcleo habitacional popular no município

24 de Janeiro de 2022 as 12h30

Sorriso

Damiani destina R$ 150 mil de emenda impositiva para o Projeto Visão do Lions Clube

O valor possibilitará a compra de lentes e armações de óculos de grau, além de consultas oftalmológica para famílias carentes do nosso município

24 de Janeiro de 2022 as 11h45

Política

Bolsonaro veta R$ 3,1 bilhões no Orçamento, que destina R$ 89,1 bilhões para Auxílio Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos a Lei 14.303, de 2022, que fixa o Orçamento Geral da União para este ano. Ele cortou R$ 3,1 bilhões...

24 de Janeiro de 2022 as 11h00

Política

Projeto proíbe concessão de porte de arma para acusado de violência contra mulher

Michel Jesus/ Câmara dos Deputados Frota destaca que agressores usam arma de fogo para intimidar e até ferir a vítima O Projeto de Lei 2890/21 pr...

24 de Janeiro de 2022 as 10h45

Política

Calendário festivo marcará 25 anos da Rádio e da Agência Senado

Uma ampla programação está sendo elaborada pela Secretaria de Comunicação do Senado (Secom) para celebrar os 25 anos de inauguração da Agência Sena...

24 de Janeiro de 2022 as 10h30

Política

Proposta permite deduzir do IR 100% do valor doado a projeto de gastronomia tradicional brasileira

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Lima: dedução integral incentiva investimentos em setores de menor potencial lucrativo O Projeto de Lei 2924/21...

24 de Janeiro de 2022 as 10h00

Política

Bancada Feminina quer derrubar veto sobre absorventes e garantir mais proteção à mulher

O início do ano legislativo deve ser marcado pela votação de projetos que assegurem direitos e proteção às mulheres. Essa é a expectativa da Bancad...

24 de Janeiro de 2022 as 09h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO