Política

Comissão de Assuntos Econômicos adia análise do projeto de privatização dos Correios

Relator do projeto de lei que autoriza a exploração pela iniciativa privada de todos os serviços postais, o senador Marcio Bittar (PSL-AC) apresent...

Fonte:Agência Senado
26 de Outubro de 2021 as 11h 30min

Marcio Bittar apresentou relatório favorável nesta terça, mas votação ficou para o dia 9 - Roque de Sá/Agência Senado

Relator do projeto de lei que autoriza a exploração pela iniciativa privada de todos os serviços postais, o senador Marcio Bittar (PSL-AC) apresentou nesta terça-feira (26) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) seu parecer favorável ao PL 591/2021. Com pedido de vistas coletivas, os senadores acordaram analisar no dia 9 de novembro a matéria, que estava na pauta desta terça.

O parecer não modifica qualquer item do substitutivo elaborado na Câmara pelo deputado federal Gil Cutrim (Republicanos-MA). O relator rejeitou as cinco emendas apresentadas pelo senador Angelo Coronel (PSD-BA).

— O PL aperfeiçoa o precário aparato de regulação e fiscalização da atividade postal, definindo instrumentos e responsabilidades para que se garanta uma oferta adequada e universal dos serviços postais essenciais, e impõe, por meio de uma concessão, a contratualização na relação entre a empresa e o poder público — afirmou o relator.

Atualmente a iniciativa privada participa da exploração dos serviços postais por meio de franquias, mas os preços seguem tabelas da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que detém o monopólio de serviços como carta e telegrama. Entretanto, já existe concorrência privada para a entrega de encomendas, por exemplo.

O senador Paulo Rocha (PT-PA) pediu vistas coletivas e sugeriu a realização de uma terceira audiência pública.

— Não entendo a pressa na análise da matéria. Os Correios são patrimônio público e cultural do Brasil, uma empresa de mais de 300 anos. Privatizar não vai resolver os problemas do governo — expôs o senador.

Paulo Rocha disse ainda que é preciso aprofundar o debate para verificar qual o melhor modelo de uma empresa para a prestação universal dos serviços postais. 

— Aqui é um debate de interesse nacional, de uma população carente de serviços públicos. Uma empresa privada não vai resolver os problemas do público lá nos rincões.

Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) ratificou as vistas coletivas, ao considerar importante que todos analisem o relatório apresentado. O senador, contudo, considerou desnecessária a realização de mais uma audiência pública, após duas já terem sido promovidas.

Bezerra exemplificou como sucesso nas privatizações o setor de telecomunicações.

— O Brasil ganhou muito com essa privatização. Hoje é um dos países mais avançados nesse setor de telecomunicações. Esse PL 591 inaugura o marco legal do serviço postal e perpetua os Correios, que serão a nossa principal empresa no setor de serviço postal no país.

CCJ

Os senadores Jean Paul Prates (PT-RN) e Paulo Paim (PT-RS) questionaram a resistência de levar a matéria à análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e pontuaram aumento na precificação dos serviços postais com a privatização dos Correios.

Ambos os parlamentares argumentaram que as duas audiências públicas realizadas foram praticamente esvaziadas por coincidirem com agenda da CPI da Pandemia.

— Esse relatório, considero incompleto. Não fala da importância operacional, manutenção e garantias da universalização. Ninguém quer discutir o assunto. Essa pauta vem praticamente na sombra — disse Jean Paul.

Paim enfatizou que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação declaratória de inconstitucionalidade do projeto que sustenta a privatização dos Correios. Segundo o senador, o próprio Procurador-Geral da República, Augusto Aras, defendeu em seu parecer a inconstitucionalidade dessa privatização.

Paim apresentou requerimento para uma sessão de debates ouvindo pessoas favoráveis e contrárias ao projeto.  

— Em um tema tão complexo como esse, não aceitar debate entre as partes é um equívoco.

Região Amazônica

Diante da possível privatização, o senador Zequinha Marinho (PSC-PA) questionou o relator sobre a manutenção dos serviços postais na Região Amazônica, onde “as agências não têm saldo positivo”.

— Quais as condições que a empresa privada tem de obedecer para continuar cobrindo uma região de tão difícil acesso? Precisamos saber, para que amanhã não tenhamos um problema maior do que se tem hoje.

O relator Bittar assegurou que o projeto propõe a privatização de todo o serviço.

 — Vamos fazer um leilão e a empresa vencedora será proibida de fechar as agências existentes, mesmo as inoperantes.

Postalis

O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) mostrou preocupação com a continuidade do fundo de pensão Postalis, que atende aposentados e pensionistas dos Correios.

— Sabemos que o Postalis era um plano de previdência muito generoso para os funcionários. Os Correios serviam muito bem aos 100 mil que estavam lá. Se isso passa à empresa privada, vão ter que tirar o dinheiro para pagar o Postalis de algum lugar e terão de aumentar o preço dos serviços.

Segundo o relator, a empresa vencedora do leilão também terá de herdar o Postalis.

— Provavelmente vai estar na precificação do leilão e a empresa deverá pagar uma outorga menor.

Para o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), o Postalis é símbolo de como se trata mal os aposentados e pensionistas dos Correios.

 — Certamente, com a possibilidade de privatização dos Correios, a pauta do Postalis será tratada com mais transparência. A capitalização de uma empresa como os Correios trará investimentos em tecnologia, inovação, contratação e pagamento de melhores salários.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Comissão aprova projeto que inclui a defesa do patrimônio no conceito de legítima defesa

Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Éder Mauro: proposta reforça os princípios da proteção individual A Comissão de Segurança Pública da Câmara do...

03 de Dezembro de 2021 as 15h00

Política

Comissão aprova prioridade para profissionais de saúde e segurança em vacinação e EPIs

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados Rossomanno apresentou substitutivo ao texto A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou pro...

03 de Dezembro de 2021 as 14h30

Política

Comissão realiza seminário sobre Novo Marco do Saneamento

Marcos Santos/USP Imagens Até 2033, serviços de saneamento deverão ser universais A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados pr...

03 de Dezembro de 2021 as 14h30

Política

CAE deve votar na terça-feira projeto com alternativas para conter alta dos combustíveis

A CAE deve retomar, na terça-feira, a votação do PL 1.472/2021, que propõe alternativas para conter a alta nos preços dos combustíveis. O projeto r...

03 de Dezembro de 2021 as 14h00

Política

Em três semanas de debates, Senado aprimorou PEC dos Precatórios, que voltou à Câmara

Aprovada pela Câmara dos Deputados em 9 de novembro, a PEC dos Precatórios (PEC 23/2021) teve tramitação rápida no Senado: apenas três semanas. Mes...

03 de Dezembro de 2021 as 13h45

Política

Comissão aprova projeto que regulamenta a telemedicina no País

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Soraya Manato apresentou substitutivo ao texto A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputado...

03 de Dezembro de 2021 as 12h45

Política

Comissão aprova incentivo para contratação de adolescentes em abrigos como aprendiz

Paulo Sergio/Câmara dos Deputados Luis Miranda: medida ampliará vagas para adolescentes em situação de vulnerabilidade A Comissão de Segurança Pú...

03 de Dezembro de 2021 as 12h45

Política

Senado analisa PEC de benefícios fiscais para empresas de tecnologia

A Câmara dos Deputados aprovou uma proposta de emenda à Constituição que exclui da política de redução gradual de desonerações os incentivos tribut...

03 de Dezembro de 2021 as 12h30

Política

Comissão aprova isenção de IR a profissionais de serviços essenciais durante calamidade pública

Michel Jesus/Câmara dos Deputados Padilha: renúncia pequena se comparada aos enormes benefícios angariados com a dedicação dos trabalhadores A Co...

03 de Dezembro de 2021 as 12h00

Política

Comissão aprova projeto que regulamenta reciclagem de embarcações no Brasil

Billy Boss/Câmara dos Deputados Evair Vieira de Melo: “Além da poluição, as embarcações naufragadas também importam risco à segurança da navegaçã...

03 de Dezembro de 2021 as 12h00

Política

Comissão aprova atendimento médico em até 90 dias a pessoas que recebam auxílio-doença

Reila Maria/Câmara dos Deputados Carla Dickson: "É mais adequado restringir o objetivo da proposição aos casos do auxílio-doença" A Comissão de S...

03 de Dezembro de 2021 as 11h45

Sorriso

2º Encontro da Frente Parlamentar MT/PA reúne mais de 100 parlamentares em Nova Guarantã

A Câmara de Sorriso esteve presente com os parlamentares, Rodrigo Machado, Celso Kozak, Marlon Zanella, Jane Delallibera e Wanderley Paulo

03 de Dezembro de 2021 as 11h30

Sorriso

Mauricio Gomes pede construção de praça com área de lazer nos bairros Nova Aliança I e II

Moradores cobram esse tipo de investimento

03 de Dezembro de 2021 as 11h15

Política

Comissão aprova criação de sistema com informações sobre investimentos na primeira infância

Najara Araujo/Câmara dos Deputados Lucas Redecker recomendou a aprovação do projeto, com alterações A Comissão de Seguridade Social e Família da ...

03 de Dezembro de 2021 as 11h00

Política

Comissão estende benefícios fiscais para projetos esportivos de entidades beneficentes e religiosas

Reila Maria/Câmara dos Deputados Julio Cesar: "A democratização do acesso ao esporte reside precisamente na ampliação dos proponentes" A Comissão...

03 de Dezembro de 2021 as 10h45

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO