Política

CDH vai pedir proteção para vigilantes indígenas do Vale do Javari e ouvir ministro da Justiça

Com a aprovação de sete requerimentos, nesta segunda-feira (20), a Comissão de Direitos Humanos (CDH) decidiu aprofundar sua participação nas inves...

Fonte:Agência Senado
20 de Junho de 2022 as 16h 30min

Os requerimentos foram apresentados pelos senadores Humberto Costa e Randolfe Rodrigues - Waldemir Barreto/Agência Senado

Com a aprovação de sete requerimentos, nesta segunda-feira (20), a Comissão de Direitos Humanos (CDH) decidiu aprofundar sua participação nas investigações e medidas referentes aos assassinatos de Bruno Pereira e Dom Philips e à situação do Vale do Javari, no Amazonas.

O REQ 36/2022 - CDH, de autoria do presidente da Comissão, o senador Humberto Costa (PT-PE), pede que seja garantida “a imediata proteção e segurança aos vigilantes indígenas que compõem a Equipe de Vigilância da Univaja (EVU)”, a União dos Povos Indígenas do Vale do Javari. De acordo com o senador, a solicitação de proteção foi feita pelos próprios ameaçados.

— A nossa solicitação advém de um pedido que nos foi feito por todos aqueles que trabalham com a Univaja e com outras instituições, naquela região do Vale do Javari, pessoas que estão ameaçadas, inclusive indígenas, e eu requeiro a aprovação desse pedido, para que nós tomemos as providências para acionar a Polícia Federal, o próprio ministro da Justiça, a Polícia do Estado do Amazonas — afirmou Humberto.

O pedido de proteção e segurança abrange também os coordenadores da Univaja Paulo Marubo, Eliésio Marubo e Eriberto Marubo; bem como colaboradores da EVU, entre eles Orlando Possuelo e Tataco, além dos servidores da Coordenação Regional Vale do Javari e da Frente de Proteção Etnoambiental Vale do Javari, “que atuam na Terra Indígena Vale do Javari, e outros a serem oportunamente indicados”.

— Queria registrar aqui o nosso pesar, a nossa tristeza por esse episódio brutal acontecido no estado do Amazonas, envolvendo o assassinato de um indigenista, Bruno Pereira, um pernambucano que trabalhava já há muitos anos na Funai e que chegou a ser exonerado por ter comandado ações contra atos ilegais cometidos naquela região, seja do ponto de vista de pesca, de garimpo, de comercialização de madeira ilegalmente, e que, mesmo afastado da Funai, continuou a desenvolver um trabalho junto aos povos mais isolados daquela região. Da mesma forma, o jornalista Dom Philips, jornalista de renome mundial que estava trabalhando na elaboração de um livro e que vinha fazendo uma pesquisa profunda na Região Amazônica. Esse livro se chamava Como Salvar a Amazônia, nós lamentamos profundamente esse fato, esperamos e temos cobrado que as autoridades tanto policiais — a polícia do Estado do Amazonas, a Polícia Federal — quanto o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual possam conduzir essa investigação da forma mais célere e mais profunda possível — afirmou o presidente da CDH.

Humberto Costa também pediu que os responsáveis pelo crime sejam identificados e punidos, inclusive os mandantes.

Ministro, prefeito e diligências

Por meio do REQ 32/2022 - CDH, do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), a Comissão vai chamar o ministro da Justiça, Anderson Torres, para prestar informações sobre o “aumento da criminalidade e de atentados contra povos indígenas, quilombolas, ribeirinhos e jornalistas na região Norte e em outros estados”, e sobre as providências adotadas diante dos assassinatos de Bruno e Dom. O ministro será ouvido conjuntamente pela CDH e pela recém-criada Comissão Temporária Externa que investiga crimes na Amazônia, da qual Randolfe é presidente.

Sobre o mesmo assunto, o REQ 34/2022 - CDH, também de Randolfe, requer que o prefeito de Atalaia do Norte (AM), Denis Linder Rojas de Paiva, preste informações à Comissão. Para o senador, o prefeito é “grande conhecedor do local” e vai “contribuir com informações de grande relevância para a situação que assola atualmente a região”. Na mesma linha, também foi aprovado o REQ 35/2022 - CDH, de Randolfe, para que seja feita diligência da Comissão em Manaus e em Atalaia do Norte.

“Os desaparecimentos e as mortes, agora confirmadas, do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, colaborador do jornal The Guardian, tornaram-se notícia no Brasil e no mundo, trazendo à tona o problema do aumento da criminalidade e de atentados contra povos indígenas, quilombolas e ribeirinhos e jornalistas na região Norte e em outros estados. Desde o início do governo Jair Bolsonaro foram denunciados o desmantelamento do aparelho estatal de repressão à criminalidade ambiental, de proteção às minorias, bem como os ataques incessantes contra a imprensa, contexto que está intimamente relacionado com o caso de Bruno Araújo Pereira e de Dom Phillips”, afirma Randolfe no requerimento de convite a Anderson Torres.

Outro requerimento de Randolfe, o REQ 33/2022 - CDH, determina que a Comissão faça diligência no estado do Amazonas para acompanhar as investigações dos assassinatos de Bruno Pereira e Dom Philips.

Audiência pública

De Humberto Costa, o REQ 37/2022 - CDH pede que a Comissão faça uma audiência pública, em conjunto com a Comissão Temporária Externa, com as presenças de Marcelo Augusto Xavier da Silva, presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai) e de representantes da Univaja e da Indigenistas Associados.

“Segundo informações da Univaja, Bruno recebia constantes ameaças de madeireiros, garimpeiros e pescadores. O governo falha em combater atividades criminosas e, estranhamente, ao mesmo tempo tenta legalizá-las. O desmatamento amazônico, por exemplo, tem subido ano a ano. A área devastada no ano passado é mais de oito vezes superior à da cidade de São Paulo. Entre 2012 a 2021, a Amazônia concentrou mais de 70% das mortes por conflitos fundiários no país”, afirma Humberto Costa no requerimento.

Ele também registra que levantamento da Comissão Pastoral da Terra (CPT) mostrou que 313 pessoas perderam a vida em disputas por terra na região em 2021. Os grupos mais vitimados foram povos indígenas (26% dos assassinados) e quilombolas (17%).

“Só em 2021, segundo outro relatório da CPT, foram registradas ameaças de morte contra 32 lideranças indígenas ou servidores públicos que atuam em defesa dos territórios. A maioria da lista é composta de cacicas e caciques de comunidades locais, além de lideranças ativistas em defesa de povos indígenas”, acrescenta o senador.

Também de Humberto Costa é o REQ 38/2022 - CDH, para promover compartilhamento automático dos trabalhos e investigações da Comissão Temporária Externa presidida por Randolfe Rodrigues.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Política

Política

Proposta estabelece piso salarial de R$ 3.200 para vigilantes

Billy Boss/Câmara dos Deputados Nazif: profissionais estão sujeitos a constante perigo O Projeto de Lei 1955/22 estabelece piso salarial de R$ 3....

12 de Agosto de 2022 as 18h00

Política

Projeto altera Lei de Proteção de Dados para resguardar segurança pública e defesa nacional

Billy Boss/Câmara dos Deputados Deputado Coronel Armando, autor do projeto de lei O Projeto de Lei 1515/22 trata da aplicação da Lei Geral de Pro...

12 de Agosto de 2022 as 15h15

Política

Comissões discutem adoção de protocolo clínico no SUS para prevenir retinopatia diabética

Marcello Casal Jr/Agência Brasil O controle da glicemia é uma das etapas do protocolo As comissões de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa; e de S...

12 de Agosto de 2022 as 14h30

Política

Às vésperas do fim do prazo, número de candidatos a deputado federal supera 7 mil

Thiago Fagundes/Agência Câmara As eleições para Câmara dos Deputados devem contar com pelo menos 7.169 candidatos que já se inscreveram na Justiç...

12 de Agosto de 2022 as 13h45

Política

Proposta reduz para 18 anos a idade mínima para trabalhar como mototaxista ou motoboy

Billy Boss/Câmara dos Deputados Charles Evangelista espera dar mais oportunidades de emprego  aos jovens O Projeto de Lei 1821/22 reduz de 21 par...

12 de Agosto de 2022 as 13h15

Política

Projeto que muda norma geral para concursos públicos retorna ao Senado

Chegou para análise do Senado o Projeto de Lei 2.258/2022 (PL 252/2003), que trata de regras para a realização de concursos públicos em todas as et...

12 de Agosto de 2022 as 11h45

Política

Novas regras eleitorais visam menos fragmentação e mais diversidade

As principais mudanças nas regras para as eleições de 2022, aprovadas pelo Senado no ano passado, visam aprimorar a representação popular no Parlam...

12 de Agosto de 2022 as 11h45

Política

Comissão debate assédio sexual no ambiente de trabalho

Elói Corrêa/GOVBA Dados apontam registro de mais de um caso de assédio por dia A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câma...

12 de Agosto de 2022 as 10h00

Política

Proposta prevê adicional no salário do motorista de transporte de carga

Marina Ramos/Câmara dos Deputados Gleisi Hoffmann: “A proposta pretende evitar práticas abusivas” O Projeto de Lei 1770/22 determina que o acrésc...

12 de Agosto de 2022 as 10h00

Sorriso

Marlon pede o retorno do “Casamento Comunitário” em Sorriso

O projeto é realizado pela Secretaria de Assistência Social

12 de Agosto de 2022 as 10h00

Política

Congresso Nacional na cor rosa celebra o Dia Mundial de Combate ao Colesterol

Samuel de Souza/Câmara dos Deputados O Congresso costuma ganhar iluminação colorida em datas especiais A fachada do prédio do Congresso Nacional ...

12 de Agosto de 2022 as 08h45

Política

Projeto inclui acesso a saneamento básico como direito social

O senador Jader Barbalho apresentou um projeto (PL 1.952/2022) para atualizar a Lei do Saneamento Básico, incluindo o saneamento como direito socia...

12 de Agosto de 2022 as 08h45

Política

Relatora busca acordo com museólogos e arquitetos para regulamentar a profissão de restaurador

Billy Boss/Câmara dos Deputados Erika Kokay: "Tentemos uma formulação que seja consensual” Diante de dúvidas quanto à abrangência do texto, a rel...

11 de Agosto de 2022 as 19h30

Política

Projeto estabelece paridade no investimento público em categorias esportivas femininas e masculinas

O Projeto de Lei 1891/22 estabelece que, a partir de 2025, haverá paridade de investimento dos recursos públicos nas modalidades de prática esporti...

11 de Agosto de 2022 as 19h15

Política

Veto é natural no processo legislativo e LDO serve como parâmetro, diz consultor

Fruto do PLN 5/2022, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o próximo ano (Lei 14.436, de 2022) foi sancionada pelo presidente da República, ...

11 de Agosto de 2022 as 17h45

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO