Estado

Sob efeito da La Niña, primavera começa esta tarde

Segundo Inmet, fenômeno será de curta duração e não muito intenso

Fonte:EBC
22 de Setembro de 2021 as 12h 15min

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

 A primavera começa, oficialmente, hoje (22) à tarde no hemisfério Sul. Segundo especialistas, o chamado Equinócio de Primavera terá início às 16h21 desta quarta-feira e terminará às 12h59 de 21 de dezembro. O equinócio é a época em que a luz solar atinge os dois hemisférios do planeta com a mesma intensidade, fazendo com que os dias e noites tenham as mesmas 12 horas de duração, e ocorre também no outono.

É graças ao acúmulo de conhecimentos em Astronomia Fundamental, ou Astrometria, que os especialistas conseguem calcular, com tamanha exatidão, o instante em que o fenômeno sazonal acontece, conforme explicou à Agência Brasil o astrônomo Marcelo De Cicco.

"Temos, hoje, equações e métodos computacionais que nos permitem calcular o exato movimento da Terra com precisão de décimos de segundos. Considerando a inclinação do eixo da Terra e o fato de que a órbita terrestre ao redor do Sol não é perfeitamente circular, é possível determinar o dia e a hora exata dos equinócios e dos solstícios [época em que a distribuição da luminosidade solar ao redor do globo não é uniforme, ou seja, no Verão e no Inverno]”, explicou à Agência Brasil o pesquisador do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e astrônomo ligado ao Observatório Nacional.

No Brasil, a chamada Estação das Flores deverá ser impactada pela ocorrência da chamada La Niña, um fenômeno climático natural caracterizado pelo resfriamento das águas superficiais do Oceano Pacífico Equatorial.

Para especialistas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o fenômeno será de curta duração e não muito intenso. Ainda assim, deve afetar a regularidade das chuvas em várias regiões. “Estamos esperando [a ocorrência do] La Niña durante a primavera, mas deverá ser de curta duração e não muito intenso”, disse, ontem (21), a coordenadora de Meteorologia Aplicada, Desenvolvimento e Pesquisa do Inmet, Márcia dos Santos Seabra, durante evento virtual sobre as perspectivas climáticas para a estação.

No boletim meteorológico que divulgou na última segunda-feira (20), o Inmet prevê, para os próximos dias, a volta das chuvas em parte da Região Centro-Oeste – sobretudo no centro-norte do Mato Grosso e no centro-oeste de Goiás. Não há, contudo, previsão de chuva antes do dia 6 de outubro em Matopiba, área que compreende os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia e que é um importante celeiro agrícola nacional.

Além da possibilidade de chuvas em parte da Região Centro-Oeste, o Inmet prevê a intensificação das chuvas nas regiões Norte e Sul, bem como no sudeste de Minas Gerais e em praticamente toda a região Sudeste, onde a precipitação pluviométrica já vem ocorrendo de forma irregular desde o início do mês. Já na região Sul, a formação de frentes frias deverá favorecer a ocorrência de chuvas regulares.

Ainda de acordo com o Inmet, mesmo que voltando a chover em parte da região Centro-Oeste, as temperaturas mínimas tendem a subir nos próximos dias, principalmente em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Já na Região Norte, as menores temperaturas vão variar entre 22°C e 28°.

Por outro lado, até o próximo dia 27, as temperaturas mais baixas devem ocorrer nas regiões Sul e Sudeste, entre hoje e amanhã (23). Na Região Sul, os termômetros podem cair abaixo dos 8°C em algumas localidades de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, enquanto no Sudeste, as menores temperaturas devem se concentrar em áreas do sudeste de Minas Gerais, centro-leste de São Paulo e em alguns pontos do Rio de Janeiro, onde devem atingir os 16°C.

A Climatempo destacou que, por conta da La Niña, a primavera deverá registrar um aumento das chuvas na região Norte, onde, historicamente, costuma chover menos durante a estação. Outubro e novembro devem ser dois meses com o aumento da frequência e do volume de chuvas sobre as regiões Sudeste, Centro-Oeste e, principalmente, Norte do Brasil. Contudo, apesar de atingir importantes áreas para o abastecimento dos reservatórios, o volume de chuva ainda não será suficiente para regularizar a situação de escassez hídrica.

“Nossa expectativa é de temperaturas acima da média em praticamente todo o país, salvo algumas regiões, como o centro-sul de Mato Grosso do Sul e o noroeste do Pará. Quanto às chuvas, também esperamos [precipitação] acima da média em algumas áreas, principalmente no centro-sul, norte e uma pequena faixa da região Centro-Oeste do país. Mas após vários períodos úmidos com chuvas abaixo da média, não será um único período acima da média que resolverá a situação", declarou o meteorologista Filipe Pungirum ao podcast O Clima Entre Nós, produzido pela própria Climatempo.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Resolução detalha avaliação psicológica para porte de arma

Documento foi emitido pelo Conselho Federal de Psicologia

26 de Janeiro de 2022 as 11h30

Estado

Homicídios de mulheres em Mato Grosso deixam 70 filhos sem mães

Destes, 21 eram filhos das vítimas com os autores dos crimes; levantamento coordenado pela Gerência de Inteligência Estratégica mostra que violência é progressiva e letal

26 de Janeiro de 2022 as 11h00

Estado

Polícia Militar apreende armas e munições e prende homem por porte ilegal

Denúncias informaram que o suspeito estaria efetuando disparos de arma de fogo em um estabelecimento, na zona rural de Sinop

26 de Janeiro de 2022 as 10h15

Estado

Seduc e Prefeitura de VG assinam ordem de serviço para construção de nova escola

O nome da escola é uma homenagem ao ex-deputado estadual e ex-secretário de Estado de Cidades, Nico Baracat

26 de Janeiro de 2022 as 10h15

Estado

PM desarticula quadrilha e apreende 318 kg de maconha em Rondonópolis

A Polícia Militar chegou ao flagrante após uma denúncia anônima informar que uma grande quantidade de entorpecentes seria distribuída pela cidade

26 de Janeiro de 2022 as 09h00

Estado

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 31 milhões

Foram sorteadas as seguintes dezenas: 13 - 19 - 29 - 42 - 49 - 52

26 de Janeiro de 2022 as 06h00

Estado

Capes promove competição para alunos de alta capacidade

Talentos serão avaliados em prova e receberão prêmios de R$ 5 mil

26 de Janeiro de 2022 as 05h45

Estado

Rádio Nacional conquista maior audiência de 2021 em dezembro

Crescimento foi proporcionado pelos resultados da nova programação

25 de Janeiro de 2022 as 19h30

Estado

Hospitais estaduais suspendem visitas a pacientes internados para prevenção à Covid-19 e Influenza

Medida faz parte das ações de enfrentamento do avanço das Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) Covid-19 e Influenza em Mato Grosso

25 de Janeiro de 2022 as 17h30

Estado

Terça-feira (25): Mato Grosso registra 605.563 casos e 14.210 óbitos por Covid-19

Há 183 internações em UTIs públicas e 193 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 84% para UTIs e em 40% para enfermaria

25 de Janeiro de 2022 as 17h15

Estado

Benefícios do INSS com reajuste começaram a ser pagos hoje

O valor mínimo dos benefícios não será inferior a R$ 1.212

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Estado

Lacen-MT realiza pesquisa de vigilância genômica em assintomáticos

Pesquisa é realizada em Cuiabá e Várzea Grande e promoverá a coleta de 1.500 amostras

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Estado

Seduc publica portaria para atribuição de temporários em escolas especializadas

São professores com interesse em lecionar nas escolas com educação especial, educação do campo, quilombola, ensino médio integral (escolas plenas), Educação de Jovens e Adultos, Pre-Enem Digital e Sistema Prisional.

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Estado

Mato Grosso recebe 65.960 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (26)

Estão previstas 33.200 doses para crianças de 05 a 11 anos e 32.760 doses para aplicação de reforço em adultos

25 de Janeiro de 2022 as 15h30

Estado

Coleta de dados do Censo Demográfico 2022 começa em 1º de agosto

Recenseadores trabalharão de uniforme e seguirão protocolos sanitários

25 de Janeiro de 2022 as 15h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO