Economia

Ministro pede que corte no orçamento seja revisto "urgentemente"

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações perdeu R$ 600 milhões

Fonte:EBC
11 de Outubro de 2021 as 14h 30min

© José Cruz/Agência Brasil

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, comentou, no último fim de semana, o corte no orçamento da pasta, aprovado pelo Congresso Nacional por solicitação do Ministério da Economia. O projeto retirou R$ 690 milhões do ministério comandado por Pontes e repassou para outros setores. 

Com a redução, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) perdeu 90% do seu orçamento, incluindo recursos que serviriam para o pagamento de bolsas de pesquisa, o que pode impactar projetos em andamento. 

Em nota conjunta, entidades científicas como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Academia Brasileira de Ciências (ABC), Academia Nacional de Medicina (ANM) e Associação Nacional de Estudantes de Pós-Graduação (ANPG) criticaram a mudança de destinação de recursos. 

"Quando mais precisamos da ciência, a equipe econômica age contra a lei, com manobras que sugerem a intenção deliberada de prejudicar o desenvolvimento científico do Brasil. Além de não liberar os R$ 690 milhões à revelia dos compromissos firmados com setor, cerca de R$ 2 bilhões do FNDCT [Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico] seguem pendentes de destinação, em claro descumprimento da Lei Complementar n° 177/2021. É incompreensível que o Congresso Nacional permita que suas decisões, manifestadas democraticamente na aprovação de leis para o país, sigam sendo descumpridas por meio de manobras de último momento. É preciso priorizar a ciência. Ciência é vida!", diz a nota.

Nota do Ministério da Economia

Em nota, o Ministério da Economia informou, na sexta-feira (8), que proposta de alteração na programação orçamentária "ocorreu para cumprir decisão governamental quanto à necessidade de remanejar recursos neste momento, a qual foi referendada pela Junta de Execução Orçamentária (JEO)". 

"Não são recursos originados da reserva de contingência do FNDCT. Entre essas demandas, consta o atendimento de R$ 89,8 milhões para o MCTI. Desse total, R$ 63 milhões serão destinados para despesas com produção e fornecimento de radiofármacos no país. Outros R$ 19 milhões vão para o funcionamento das instalações laboratoriais que dão suporte operacional às atividades de produção, prestação de serviços, desenvolvimento e pesquisa. Estão contempladas ainda despesas do Ministério da Saúde, Educação (R$ 107 milhões para a concessão de bolsas de estudo no ensino superior e outros R$ 5 milhões para o apoio ao desenvolvimento da educação básica), Cidadania, Comunicações, Desenvolvimento Regional (R$ 150 milhões para ações de proteção e Defesa Civil associadas à distribuição de água potável às populações atingidas por estiagem e seca (Operação Carro-Pipa), R$ 100 milhões para a integralização de cotas de moradia do Fundo de Arrendamento Residencial e R$ 2,2 milhões para obras de infraestrutura hídrica) e Agricultura, Pecuária e Abastecimento", informou a pasta.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Prévia da inflação, IPCA-15 de janeiro fica em 0,58%, informa IBGE

Índice desacelerou com queda na gasolina, apesar da alta nos alimentos

26 de Janeiro de 2022 as 10h00

Economia

Índice de Confiança da Construção recua 3,9 pontos em janeiro

Em médias móveis trimestrais, o índice caiu 1,1 ponto

26 de Janeiro de 2022 as 09h45

Economia

Índice Nacional de Custo da Construção sobe 0,64% em janeiro

Com o resultado, o índice acumula alta de 13,7% em 12 meses

26 de Janeiro de 2022 as 09h00

Economia

BNDES amplia para R$ 150 milhões Fundo Socioambiental

Perspectiva de captação passa de R$ 200 milhões para R$ 300 milhões

26 de Janeiro de 2022 as 09h00

Economia

Projeto preserva cultura da pesca artesanal de mexilhões em Niterói

Resultados práticos devem ser apresentados em três meses

26 de Janeiro de 2022 as 05h45

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

Valor mínimo para cada família é R$ 400

26 de Janeiro de 2022 as 05h15

Economia

Correntistas resgatam R$ 900 mil esquecidos em bancos, segundo BC

Cerca de 79 mil pessoas consultaram nova ferramenta do Registrato

25 de Janeiro de 2022 as 18h30

Economia

Arrecadação federal soma R$ 1,87 trilhão e bate recorde em 2021

Recuperação da economia e impostos sobre lucros garantem crescimento

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Economia

Governo destina R$ 500 mil para 126 entidades sociais através do Programa Nota MT

O resultado das doações está disponível no site do Nota MT, na opção Doe Sua Nota

25 de Janeiro de 2022 as 16h00

Economia

Confiança do empresário do comércio sobre 1,4% em janeiro, diz CNC

Indicador alcançou maior nível desde o início da pandemia de covid-19

25 de Janeiro de 2022 as 11h45

Economia

Tesouro Direto atinge vendas de R$ 3,293 bilhões em dezembro

Vendas superaram resgates no mês

25 de Janeiro de 2022 as 11h45

Economia

Demanda inesperada de acessos derruba site do Banco Central

Instituição informa que está ajustando a capacidade de atendimento

25 de Janeiro de 2022 as 10h15

Economia

Confiança do consumidor recua 1,4 ponto em janeiro, aponta FGV

Indicador é calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia

25 de Janeiro de 2022 as 10h00

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 6

Valor mínimo para cada família é R$ 400

25 de Janeiro de 2022 as 05h15

Economia

Cidadão pode verificar valores a receber de bancos no Registrato

Sistema do Banco Central permite consultar dados bancários e dívidas

24 de Janeiro de 2022 as 19h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO