Economia

Governo autoriza integralização de cotas no fundo garantidor do Fies

Valor de R$ 500 milhões garante crédito em caso de inadimplência

Fonte:EBC
28 de Janeiro de 2022 as 10h 45min

© Marcello Casal JrAgência Brasil

O Ministério da Economia publicou hoje (28) portaria que autoriza a integralização de cotas pela União, no valor de R$ 500 milhões, para o Fundo Garantidor do Fundo de Financiamento Estudantil (FG-Fies). O valor será utilizado para garantir o crédito do Fies, em caso de inadimplência do estudante.

Criado pela Lei do Novo Fies em 2017, o FG-Fies começou a funcionar em 2018. A legislação que criou delimitou um total de R$ 3 bilhões para a integralização de cotas do FG-Fies por parte da União. Além da União, a legislação também prevê o aumento do repasse de recursos para o FG-Fies pelas mantenedoras de instituições de ensino que aderirem ao programa.

A utilização dos recursos ocorre quando o estudante estiver inadimplente há mais de 360 dias. Assim que for efetuado o pagamento, o FG-Fies torna-se credor do contrato do financiamento estudantil.

Nesses casos, as regras adotadas pelo comitê gestor do Fies prevêem a possibilidade de cobrança judicial dos contratos firmados até o segundo semestre de 2017, com dívida mínima de R$ 10 mil. Nos casos em que a dívida for inferior a R$ 10 mil, a cobrança ocorre por meo de processo administrativo. O devedor e os fiadores poderão ser acionados.

Renegociação

Em razão dos impactos econômicos e sociais da pandemia de covid-19, o governo federal publicou, no final do ano passado, uma medida provisória que estabelece regras para a renegociação de dívidas do Fies. A expectativa é que a iniciativa atenda pouco mais de 1 milhão de estudantes, que representam contratos no valor de R$ 35 bilhões.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), os números levam em conta o total de 2,6 milhões de contratos ativos do Fies, abertos até 2017, com saldo devedor de R$ 82,6 bilhões. Desse total, 48,8% (1,07 milhão) estão inadimplentes há mais de 360 dias. O texto que facilita o pagamento dos atrasados foi editado no último dia de 2021 e ainda precisa de um decreto regulamentador.

Dentre as principais propostas estão o parcelamento das dívidas em até 150 meses (12 anos e meio), com redução de 100% dos encargos moratórios e a concessão de 12% de desconto sobre o saldo devedor para o estudante que realizar a quitação integral da dívida. O desconto será de 92% da dívida consolidada, no caso dos estudantes que estão no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) ou foram beneficiários do auxílio emergencial. Para os demais estudantes, o desconto será de 86,5%.

Pelos números do MEC, os estudantes com contratos do Fies que estão no CadÚnico ou que receberam Auxílio Emergencial somam 548 mil contratos. Os demais estudantes inadimplentes somam outros 524,7 mil contratos de financiamento.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil para beneficiários com NIS final 6

O valor mínimo do benefício é R$ 400

25 de Maio de 2022 as 08h15

Economia

INSS paga a segunda parcela do 13º salário a partir desta quarta

Aposentados e pensionistas receberão até o dia 7 de junho

25 de Maio de 2022 as 05h15

Economia

BNDES lança edital de seleção de startups de impacto socioambiental

Programa apoiará até 45 startups

24 de Maio de 2022 as 12h15

Economia

Prévia da inflação oficial fica em 0,59% em maio

Segundo o IBGE, taxa é inferior ao 1,73% de abril

24 de Maio de 2022 as 10h00

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil para beneficiários com NIS final 5

Atualmente 17,5 milhões de famílias recebem o benefício

24 de Maio de 2022 as 08h00

Economia

Receita abre consulta ao 1º lote de restituição do Imposto de Renda

Crédito será feito para 3,38 milhões de contribuintes

24 de Maio de 2022 as 05h15

Economia

Governo federal anuncia troca presidente da Petrobras

Caio Mário Paes de Andrade assume no lugar de José Ferreira Coelho

23 de Maio de 2022 as 22h30

Economia

Governo reduz imposto de importação de vários produtos

Serão afetados pela medida produtos como arroz, feijão, carne, massas

23 de Maio de 2022 as 20h00

Economia

Com terceira queda seguida, dólar fecha o dia cotado a R$ 4,80

Ibovespa teve o melhor resultado em quase um mês

23 de Maio de 2022 as 17h00

Economia

Brasil quer agregar valor a exportações à China, diz vice-presidente

Mourão busca abertura para produtos ligados à soja e petróleo

23 de Maio de 2022 as 12h15

Economia

Prazo para aderir ao Relp termina dia 31, alerta Receita Federal

Pagamento pode ser feito em até 180 vezes

23 de Maio de 2022 as 11h15

Economia

Caixa paga parcela do Auxílio Brasil para Beneficiários NIS final 4

O valor mínimo do benefício é R$ 400

23 de Maio de 2022 as 08h30

Economia

Agência Brasil explica: como fazer declaração retificadora do IR

Alterações podem ser feitas para corrigir erros de informação 

23 de Maio de 2022 as 06h15

Economia

Conselho do PPI confirma qualificação da PPSA/Pré-Sal no programa

Medida foi anunciada na sexta-feira

21 de Maio de 2022 as 12h30

Economia

Trabalhadores nascidos em julho podem sacar até R$ 1 mil no FGTS

Caixa fará o depósito em poupança digital

21 de Maio de 2022 as 08h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO