Saúde

Vacinação em crianças indígenas traz esperança a aldeia em São Paulo

Grupo está entre os prioritários na imunização contra covid-19

Fonte:EBC
20 de Janeiro de 2022 as 17h 15min

© Rovena Rosa/Agência Brasil

A indígena Bianca Para Poty, de 9 anos, recebeu a primeira dose da vacina pediátrica contra covid-19 nesta terça-feira (18) na Unidade Básica de Saúde (UBS) Aldeia Jaraguá Kwaray Djekupe, que fica na aldeia de etnia Guarani localizada no Pico do Jaraguá, região noroeste da cidade de São Paulo. Segundo a prefeitura de São  Paulo, vivem na aldeia 616 indígenas.

A mãe de Bianca, Jacqueline de Castro, disse que está feliz com a vacinação da filha. “A gente, como mãe, se preocupa muito com a saúde dos filhos. Vacinei a minha filha para o bem dela, me preocupa muito a saúde dela. E a vacina é muito importante para nossos filhos, fiquei muito feliz por ter vacinado minha filha. É uma proteção para [a doença] não atingir minha filha.”

Bianca e outras crianças indígenas da aldeia estão entre os grupos prioritários para receber a dose pediátrica da vacina da Pfizer contra covid-19.

O infectologista pediátrico e presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade de Pediatria de São Paulo, Eitan Berezin, explicou que crianças indígenas têm prioridade na vacinação por serem mais vulneráveis. “Estudos mostram que as crianças indígenas tiveram cerca de duas vezes mais chances de morte relacionadas à covid-19 que as não indígenas. Então, as crianças indígenas acabam sendo mais suscetíveis que a população não indígena. Isso faz com que elas se tornem prioritárias, assim como as quilombolas, que também são prioritárias por serem mais suscetíveis e com maior tendência à pobreza”, disse o médico.

Berezin lembrou a importância de vacinar todas as crianças contra a covid-19. “Apesar de o número de casos descritos de covid-19 na infância ser menor que na idade adulta, ainda assim a doença tem importância, faz com que haja perda de dias de escola, e há problemas de contaminação, já que a criança pode ser um veículo e contaminar professores e familiares. Então, a vacinação da criança se torna indispensável para completar o ciclo de prevenção.”

A indígena Valéria da Silva também levou a filha para vacinar. Paola Poty de Castro da Silva, de 9 anos, tomou a primeira dose na UBS da aldeia. “É importante tomar a vacina para não pegar covid, porque essa doença, que agora está vindo com nova variante, é muito forte. Por isso, é importante tomar a vacina, é importante para ela e para mim.”

Segundo o cacique da aldeia, Sérgio Fernandes dos Santos Oliveira, são cerca de 100 crianças na faixa etária elegível para receber a vacina na Aldeia Jaraguá Kwaray Djekupe.

Leonice Reté de Quadro, mãe de Ivandro Karai de Quadro Martins, de 11 anos, que também tomou a primeira dose, disse que ficou feliz e que a vacina é importante para todo mundo, “O Ivandro tomou a vacina e meus cinco filhos, também. Todo a família tomou já, graças a Nhanderu!” Em guarani, “Nhanderu etê” significa “Deus verdadeiro”.

Em São Paulo, as crianças de 5 a 11 anos com qualquer tipo de comorbidades ou deficiência permanente, e indígenas aldeadas podem receber a primeira dose da vacina contra a covid-19 em uma das 469 UBSs e Assistências Médicas Ambulatoriais AMAs/UBSs Integradas, que funcionam das 8h às 19h.

Pais ou responsáveis têm que acompanhar as crianças no ato da vacinação e apresentar documento de identificação, carteira de vacinação e comprovante de condição de risco, em caso de comorbidade, que pode ser exame, receita, relatório ou prescrição médica, contendo o CRM do médico e com até dois anos de emissão. Os documentos podem ser físicos ou digitais.

Também são aceitos como comprovantes de deficiência laudos médicos, cartão de gratuidade no transporte público, documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas, ou documento oficial de identidade com a indicação da deficiência.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Ciência e Saúde

Saúde

Senado aprova redução na idade mínima para laqueadura

Esterilização voluntária poderá ser feita a partir dos 21 anos

10 de Agosto de 2022 as 16h45

Saúde

Brasil registra 365 mortes e 30,2 mil casos de covid-19 em 24 horas

Informações são do boletim atualizado do Ministério da Saúde

09 de Agosto de 2022 as 17h45

Saúde

Bio-Manguinhos vai fornecer remédio usado por 60 mil pacientes do SUS

Medicamento será fornecido a partir de agosto de 2022

09 de Agosto de 2022 as 17h30

Saúde

Covid-19: São Paulo libera quarta dose para toda população adulta

Mais de 900 mil pessoas estão aptas a receber nova dose

09 de Agosto de 2022 as 16h00

Saúde

Anvisa prorroga importação de radiofármacos

Medida tem caráter temporário e excepcional

09 de Agosto de 2022 as 15h15

Saúde

Rio vai paralisar imunização de crianças de 3 e 4 anos contra covid-19

Ministério da Saúde não enviou doses solicitadas

08 de Agosto de 2022 as 20h45

Saúde

Covid-19: Brasil registra 170 óbitos e 17,4 mil casos em 24 horas

País já aplicou 469,5 milhões de doses de vacina contra a doença

08 de Agosto de 2022 as 20h00

Saúde

Anvisa proíbe uso do fungicida carbendazim em produtos agrotóxicos

Eliminação do produto, tido como cancerígena, será gradual

08 de Agosto de 2022 as 16h00

Saúde

Alimentos ultraprocessados podem contribuir para perda cognitiva

Pães de forma, salgadinhos e refrigerantes se encaixam na categoria

08 de Agosto de 2022 as 10h15

Saúde

Covid-19: Brasil registra 7.198 casos e 57 mortes em 24 horas

No total, há 34,01 milhões de casos e 679.996 óbitos pela doença

07 de Agosto de 2022 as 18h15

Saúde

Ministério da Saúde lança Campanha Nacional de Multivacinação    

Campanha terminará em 9 de setembro

07 de Agosto de 2022 as 10h15

Saúde

Covid-19: Brasil registra 181 óbitos e 16,7 mil casos em 24 horas

Número total de infectados é 34,01 milhões e de mortes, 679.939

06 de Agosto de 2022 as 18h45

Saúde

No Rio, apenas 30% dos adultos receberam 2º reforço contra covid-19

Cobertura também é baixa na população idosa

06 de Agosto de 2022 as 14h00

Saúde

Um em cada cem nascidos tem cardiopatia congênita em todo o mundo

Diagnóstico precoce é fundamental para um tratamento adequado

06 de Agosto de 2022 as 12h15

Saúde

Covid-19: média de mortes diárias está acima de 200 há cinco semanas

Número de hospitalizações caiu nas regiões Sul e Sudeste

06 de Agosto de 2022 as 11h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO