Política

Vereadores aprovam a criação do Conselho Gestor de Mobilidade Urbana

O grupo será formado por representantes da prefeitura, Câmara de Vereadores e entidades

Conselho Gestor | 09 de Março de 2018 as 16h 12min
MT Agora - Marcello Paulino | Ascom

Os vereadores aprovaram na manhã desta sexta-feira (09), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei n. 04/18, que cria o Conselho Gestor de Mobilidade Urbana de Lucas do Rio Verde.

Formado por representantes do Poder Executivo, Legislativo e entidades, o conselho tem como objetivo, analisar, debater, planejar e propor políticas públicas que melhorem a mobilidade urbana do município.  

Segundo o presidente da Câmara, vereador Jiloir Pelicioli (Mano – PDT), o Conselho de Mobilidade Urbana será uma ferramenta importante no planejamento do trânsito, para os próximos anos.

Também foi aprovada uma emenda ao projeto original, que aumenta para 15, o número de membros dentro do conselho. Na proposta inicial, eram 13 representantes, sendo sete do Poder Executivo.

De autoria do presidente da Câmara, a emenda tem como objetivo, incluir entidades importantes nas discussões, garantindo o equilíbrio entre o poder público e as entidades que representam a comunidade.

“Antes, tinha uma representatividade de sete secretários e para sermos justos, aumentamos o número de participantes para que ficasse de igual pra igual, respeitando a vontade da maioria”, ressaltou Mano.

Foram incluídos, um representante do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-MT) e um representante do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU-MT).

Com a aprovação da emenda, o conselho será formado por sete membros do Poder Executivo, sendo um representante da Gerência de Desenvolvimento Econômico e Territorial e das secretarias municipais de Segurança Pública e Trânsito, Infraestrutura e Obras, Planejamento e Cidade, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Procuradoria do Município.

Também farão parte, um representante do Poder Legislativo, Associação Comercial e Empresarial (Acilve), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), transporte público, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Crea e CAU.

Ainda dentro da pauta de votações, estava o Projeto de Lei n. 120/17, que trata de autorização para operação de crédito financeiro no valor de R$ 12.6 milhões. A proposta foi retirada da pauta, por solicitação do prefeito Luiz Binotti.

COMENTARIOS

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

TEMPO AGORA

Hoje, Terça Feira

Lucas do Rio Verde, MT

Tempo nublado

22º

COTAÇÃO