“Strip” do Villa Mix rompe silêncio e acusa camarim de Gustavo Lima

Priscila Lopes, 25, afirmou que só tirou a roupa durante show sertanejo porque estava drogada; ela acredita que tenham colocado droga em sua bebida

26/03/2014 - 08:54:00

   

O caso de Priscila Lopes tem sido omais comentado desde o último fim de semana em Mato Grosso. Para uns é baixaria, para outros foi brincadeira de mau gosto e para a estudante de enfermagem de 25 anos, natural de Primavera do Leste, é algo constrangedor que começou com muita bebida durante a noite.

A musa do Villa Mix, como ficou conhecida Priscila, é moradora de Cuiabá e contou com exclusividade aoHiperNotícias o que aconteceu naquela madrugada de 23 de março após o evento sertanejo realizado no Sesi Papa, em Cuiabá, e de cara manda recado para os 'críticos': "Quem nunca errou que atire a primeira pedra".

“Eu estava no camarote prime, lembro que bebi muito e, no fim, fui convidada para ir ao camarim do cantor Gustavo Lima. Acredito que lá colocaram alguma coisa na minha bebida porque eu já sai meio tonta. Eu sou acostumada a beber e não seria apenas algumas doses de uísque que iriam me deixar em estado ultrapassado. Lembro que estavam gritando tira, tira e eu fiz o que todo mundo já viu. Fiquei pelada”, lembra a estudante.

A situação foi filmada por várias pessoas e Priscila conta que só se recuperou após perceber o tumulto que se formava. Inclusive um dos seguranças do cantor ajudou a jovem a se vestir, colocou-a em um táxi que a deixou na porta de casa.

“Ninguém abusou de mim, não. Eu apenas me assustei quando vi as câmeras. Eu afirmo e acredite quem quiser, eu estava fora de mim e tenho certeza que alguém colocou alguma droga em minha bebida”, ressalta.

Quanto às afirmações de que ela teria se suicidado, sido espancada pelo pai ou teria sido mandada para fora de casa, Priscila afirma que é tudo boato. “De verdade, eu chorei, pensei em muitas coisas, mas morrer ainda não. Estou muito nova. Dos meus pais eu não apanhei porque nem aqui eles moram”, afirmou Priscila, que não sabe nem o que justificar aos pais quando conseguir conversar com eles.

“Eu ainda nem pensei no que dizer. Eu sei que errei e isso eu afirmo quantas vezes for preciso. Se minha família me condenar por isso eu apenas vou seguir minha vida. E pode ter certeza que isso é apenas momento”, pontuou.

Ainda constrangida, Priscila Lopes diz que não esperava passar pelo ocorrido e se tivesse a condição de escolher voltar no tempo, não teria ido ao show.

“Eu queria que isso fosse um sonho e num passe de mágica eu acordasse. Se pudesse escolher voltar no tempo, eu não iria nesse show. Isso me causou muita coisa que está sendo difícil de enfrentar. Hoje na rua o povo me olha diferente. Não sei se me condena ou olha por olhar, porque ser comparada com o que me comparam é muito constrangedor”, disse a estudante.

Dentre tantas as críticas que ouviu após a exposição, a que mais parece incomodar a estudante é sobre a afirmação de que ela não é adepta da depilação. Isso porque a jovem fez questão de esclarecer que “tenho uma única tatuagem que é na minha virilha. A minha borboleta é escura e eu me depilo sim. Quem está me criticando por isso precisa prestar mais atenção, principalmente pra me criticar”, respondeu com um largo sorriso no rosto.

Já sobre possíveis propostas para posar nua para uma revista masculina e morar fora de Mato Grosso, Priscila ainda evita falar. “Recebo ligações de todo canto do país, mas estou preferindo filtrar. Não recebo todos os telefonemas, me colocaram em um monte de grupo do Whatsapp e não param de me mandar à cena que me fez ficar assim, conhecida por todos”, contou.

Por fim, a estudante manda um recado para as jovens que assim como ela, podem ser protagonista de histórias iguais a dela.

“Eu oriento as meninas que gostam de shows, eventos, festinhas com amigos, que evitem beber de mais e que fiquem de olho em quem te serve e o que te serve. Eu cai numa brincadeira de mau gosto e por sorte não fui abusada. Me arrependo de ter caído na boca do povo assim, sei que errei, mas novamente eu digo: que atire a primeira pedra quem nunca errou nesse mundo”, concluiu.

De agora em diante, Prisicila afirmou que pretende não mais sair de casa sozinha e se dedicar mais aos estudos e sua profissão. Um dos passos para a nova vida é manter as verdadeiras amizades em uma nova rede social e seguir. “Sou nova, sei que quem me critica hoje ainda vai me aplaudir no futuro”, finalizou a estudante Priscila Lopes.

MT Agora - HiperNotícias

Mais Noticias

Policiais

Polícia Militar emprega 3 mil policiais durante Operação Final de Ano

Suposto Esquema

Outras oito gráficas também são investigadas pela Polícia Civil

Operação Edição Extra

Irmãos acusados negam fuga e se apresentarão hoje à Polícia

Trio Preso

Camioneta levada de família luverdense seria trocada por droga na Bolívia, diz delegado

17/12/2014 -

Polícia apura lista de militares 'marcados para morrer'

O policial, que estava fardado e foi atingido com disparos pelas costas quando trafegava em sua motocicleta Honda Titan

16/12/2014 -

Dupla armada rende funcionários e assalta loja no centro de Lucas do Rio Verde

Funcionários foram presos em uma das dalas da loja de perfumes. Valor levado pelos bandidos não foi informado

16/12/2014 -

Pai tenta impedir filho de ser preso e acaba detido por associação ao tráfico de drogas

Jovem foi detido com motocicleta furtada. Diante da ação do pai, o suspeito conseguiu fugir, mesmo algemado. Porém, foi detido em região de mata na região do Primavera 2 em Lucas do Rio Verde.

16/12/2014 -

Antes de furtar moto, ladrões invadiram casa e levaram chave reserva, diz vítima

Mulher mostrou alívio com a recuperação do veículo, ocorrida na tarde desta segunda-feira. Casa da vítima, que mora no Primavera 2, foi invadida na sexta-feira.

15/12/2014 -

Motorista sem CNH atropela mulheres em canteiro e uma morre em MT

Amigas estavam sentadas em gramado quando foram atropeladas por carro. Condutor tinha deficiência no braço e estaria aparentemente embriagado.

15/12/2014 -

Sinop: carro roubado fica bastante danificado em acidente após perseguição

Quatro criminosos armados renderam alguns moradores que chegavam em uma residência

15/12/2014 -

Lei Seca flagra mais de 500 motoristas embriagados em rodovias

Os policiais rodoviários federais devem intensificar a fiscalização para combater esse tipo de crime durante as festas de final de ano

12/12/2014 -

Informações de testemunhas podem levar a assassino de travesti em Lucas

O rapaz teria o habito de roubar objetos de clientes dos garotos e garotas de programa, assim como dos travestis e prostitutas.

08/12/2014 -

Sob proteção policial, peça-chave da operação da PF diz receber ameaças

A pressão é todo dia

08/12/2014 -

Diretor diz que a Fiagril não negocia lotes e considera prisão um absurdo

"Fomos pegos de surpresa, mas temos segurança que atuamos dentro da mais absoluta legalidade."

08/12/2014 -

Preso usando tornozeleira eletrônica some após pular em rio de MT

Preso do semiaberto entrou no rio Paraguai e não foi mais localizado. Ele foi perseguido pela polícia por suspeita de ter cometido furto em loja.

06/12/2014 -

Polícia Civil estoura boca de fumo e prende dois na região do Cemitério de Lucas

O rapaz e a moça, com 18 e 19 anos, foram conduzidos com uma quantidade considerada grande de entorpecentes.

05/12/2014 -

TRF diz que prisões foram baseadas em "meras suposições"

Magistrado Pablo Zuniga Dourado considerou que presos sofreram "constrangimento ilegal"

02/12/2014 -

Operação Integrada Lei Seca contabiliza 207 prisões por embriaguez neste ano

Em 2015, a operação será expandida para todo o Estado de Mato Grosso.

01/12/2014 -

TRF nega liberdade a dez presos acusados de esquema

Entre os detidos estão os produtores Natal Deliberalli e Rui Schenkel (PR), vice-prefeito de Itanhangá