Flexibilização

Defensoria Pública e MPMT solicitam que Prefeitura de Lucas do Rio Verde reconsidere flexibilizações

DPMT e MPMT enviaram nota recomendatória ao município de Lucas do Rio Verde, na sexta-feira passada (15), solicitando a revisão da flexibilização de medidas de enfrentamento ao novo coronavírus no município, que já registrou 32 casos e dois óbito

Fonte: Cenário MT
20 de Maio de 2020 as 23h 32min

A Defensoria Pública de Mato Grosso e o Ministério Público Estadual encaminharam à Prefeitura de Lucas do Rio Verde, na última sexta-feira (15), uma notificação recomendatória conjunta solicitando que o poder público municipal revise flexibilizações ao funcionamento do comércio e outras medidas para impedir o avanço do novo coronavírus no município.

Segundo Boletim de Enfrentamento ao Coronavírus de Lucas do Rio Verde, mostrou no final da tarde de ontem, terça-feira, 19 de maio, 38 casos confirmados para o novo coronavírus e dois óbitos confirmados por Covid-19 em Lucas do Rio Verde. Um homem de 54 anos e uma mulher com 77 anos foram as vítimas do vírus na cidade.

Segundo o defensor público Claudiney Serrou, que assina o documento em conjunto com o promotor Daniel Mariano, a notificação foi necessária diante dos recentes boletins apresentados pela Secretaria Municipal de Saúde, que indicam um aumento exponencial nos casos confirmados no município.

Diante disso, procedeu-se a notificação do poder público municipal para que, no prazo de 48 horas, reveja e decida sobre as flexibilizações até então concedidas”, afirmou o defensor.

Aumento exponencial – De acordo com os boletins do comitê municipal de enfrentamento ao coronavírus, de 9 a 14 de maio, houve um aumento de 20 para 31 casos confirmados em Lucas do Rio Verde, o que chamou a atenção da Defensoria Pública e do MPMT.

“Tendo em vista esse aumento acelerado, resolvemos aplicar uma notificação recomendatória conjunta para o prefeito de Lucas do Rio Verde objetivando a revisão de certas flexibilizações sob pena de ajuizamento das medidas civis, administrativas e criminais cabíveis”, explicou Claudiney Serrou.

A DPMT e o MPMT fixaram um prazo de 48 horas para que o prefeito reveja essas flexibilizações com o intuito de desacelerar o crescimento do número de casos de coronavírus no município.

“Sabemos que se ocorrer essa aceleração no número de casos em pouco tempo, o sistema de saúde, tanto municipal quanto estadual, pode não suportar todos esses atendimentos de forma abrupta. Assim, devem ser revistas certas flexibilizações para tentar desacelerar esse crescimento rápido de casos no município”, alertou o defensor.

Recomendações – Confira abaixo as recomendações enviadas pela Defensoria Pública e pelo Ministério Público à Prefeitura de Lucas do Rio Verde:

a) fechamento de parques e locais públicos, bem como proibição de eventos de qualquer natureza, que proporcione aglomeração de pessoas;

b) fechamento das academias (a depender dos relatórios da vigilância que deverá ser trazido na reunião – quantas fiscalizações foram realizadas e como foi cada em cada uma);

c) redução para 30% da capacidade dos restaurantes, alternativamente permitir apenas o sistema “pegue e leve” e entregas, bem como a proibição de que o cliente se sirva, assim como exposição de comida (seguindo todos os países);

d) fechamento dos bares – eis que constatado “in loco” nos bairros Rio Verde e Cidade Nova, sexta e sábado, às 17h e às 20h, diversos bares abertos, lotados, sem utilização de máscaras (no rosto);

e)  prorrogação da abertura das escolas públicas e privadas (todos são iguais perante a lei e a CR/88) para 16/06 ou indefinido, aguardando a definição da Comissão Especial instituída na Assembleia Legislativa com participação de toda a educação e outros órgãos fiscalizadores, utilizando também como parâmetro as diretrizes do MEC, SEDUC e SME de Cuiabá;

f)  prorrogação do concurso para o segundo semestre, a fim de se evitar trazer ainda mais vírus, bem como impedir que bons profissionais possam comparecer;

g) não realização de eventos que aglomerem mais de 20 pessoas;

h) seja apresentado relatório completo de todas as fiscalizações realizadas e seus resultados desde o início das flexibilizações.

Clique aqui para acessar o documento na íntegra.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Judiciário

Liminar

Justiça defere liminar para fazendeiro reformar imóvel e quilombolas dizem estar sendo ameaçados em MT

Segundo Gonçalina Almeida, moradora da comunidade, supostos empregados dos fazendeiros estariam ameaçando os moradores para que eles deixem o local.

23 de Novembro de 2020 as 06h36

Jogo do Bicho

Ministério da Justiça leiloa 434 cabeças gado apreendidas de ex-chefe do jogo de bicho em MT

Leilão está aberto para lances até o dia 24 de novembro. Em um ano, o estado arrecadou mais de R$ 5 milhões com a venda de bens confiscados de criminosos.

20 de Novembro de 2020 as 21h16

Pedido Negado

STF nega pedido de conselheiros afastados do TCE-MT para estender decisão que favoreceu colega

Afastamento foi determinado depois que o ex-governador Silval Barbosa disse, em acordo de delação premiada, que o governo pagava propina aos membros do TCE.

18 de Novembro de 2020 as 11h42

Superfaturamento

TCE-MT aponta superfaturamento de R$ 6,2 milhões em contrato para a instalação de estruturas temporárias na Arena Pantanal

O contrato firmado em 2014 para atender o Mundial de futebol tinha o valor de R$ 36.280 milhões.

18 de Novembro de 2020 as 11h40

Denúncia

Juíza recebe denúncia e pais de menina que atirou em Isabele viram réus em MT

MP denunciou pai e mãe da jovem pelos crimes de homicídio culposo, entrega de arma de fogo a pessoa menor, fraude processual e corrupção de menores.

17 de Novembro de 2020 as 20h47

Homicídio Culposo

MP denuncia pais de adolescente que matou amiga em condomínio de luxo em Cuiabá por homicídio culposo

MP denunciou pai e mãe da jovem pelos crimes de homicídio culposo, entrega de arma de fogo a pessoa menor, fraude processual e corrupção de menores.

06 de Novembro de 2020 as 22h13

Busca e Apreensão

Justiça suspende decisão de presidente da Aprosoja e determina busca e apreensão de documentos

Por meio de nota, a Aprosoja afirmou que não irá se pronunciar quanto ao processo que culminou em buscas de documentações na sede da entidade, na tarde de quinta-feira (5), visto que corre em sigilo.

06 de Novembro de 2020 as 22h09

Nova Avaliação

Defesa de Arcanjo pede nova avaliação de fazenda entregue a leilão em MT e afirma que propriedade vale R$ 98 milhões

A propriedade seria leiloada nos próximos meses por R$ 29 milhões.

06 de Novembro de 2020 as 08h09

Defensoria Pública

Candidato único, chefe da Defensoria Pública de MT é reeleito para comandar órgão no próximo biênio

Clodoaldo Queiroz foi reeleito pela categoria na tarde desta quinta-feira (5) com 90,7% dos votos válidos.

06 de Novembro de 2020 as 08h07

Preço Abusivo

Posto é condenado por vender combustível a preço abusivo em MT

Indenização de R$ 50 mil é por danos morais coletivos. Margem média de lucro de posto foi de 24,55%, segundo a decisão.

06 de Novembro de 2020 as 07h55

Eleições 2020

Justiça retira do ar reportagens com informações falsas sobre impugnação de pesquisa em Lucas

Conforme decisão, a pesquisa realizada pelo instituto Segmenta Dados foi questionada na Justiça. Porém, diferente do noticiado, não há parecer ministerial

02 de Novembro de 2020 as 17h08

Revista Íntima

STF suspende julgamento sobre legalidade de revista íntima em presídio

Julgamento foi suspenso com placar em 3 a 1, após Toffoli pedir vista

29 de Outubro de 2020 as 21h26

Justiça

Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra

Cármem Lúcia disse que “vivemos um tempo de urgência”

29 de Outubro de 2020 as 18h28

Eleições 2020

TSE rebate notícias falsas sobre urna de 2018 que voltaram a circular

A identificação das notícias falsas que votaram a circular foi feita por uma coalização firmada entre a Justiça Eleitoral e nove agências de checagem compostas por jornalistas profissionais.

19 de Outubro de 2020 as 10h43

Eleições 2020

Justiça nega pedido de Miguel Vaz para impedir divulgação de R$ 7,5 mi em dívidas de gestão

As denúncias são sobre o débito de R$ 7,5 milhões de reais deixados pela administração, além do cancelamento de todos os contratos, inclusive de médicos, em 31 de dezembro de 2016.

16 de Outubro de 2020 as 15h20

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO