Estado

Rio recebe central de reciclagem de lixo eletrônico

Até o fim de novembro, serão dez capitais com tais pontos de descarte

Fonte:EBC
11 de Outubro de 2021 as 09h 30min

© Marcello Casal jr/Agência Brasil

Rio de Janeiro recebe, nesta semana, uma central de coleta e reciclagem de lixo eletrônico. A capital fluminense será a sétima cidade brasileira a ofertar esse serviço para a população. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA),  a meta é que, até o fim de novembro, pontos semelhantes estejam instalados em um total de dez capitais.

As centrais começaram a ser instaladas em junho deste ano e, segundo o MMA, já estão presentes em Campo Grande, Florianópolis e Vitória, no Distrito Federal, em Maceió e Manaus. No Rio, a central será inaugurada quinta-feira (14). Curitiba, Goiânia e Fortaleza serão as próximas capitais a receber o serviço.

A Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos ficará em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro. Além do ponto de consolidação, a cidade passará a ser atendida pela entidade gestora com logística que garante a destinação adequada para a reciclagem de eletrônicos. “O descarte inadequado dos resíduos causa inúmeros impactos para a saúde da população e para o meio ambiente”, diz o secretário de Qualidade Ambiental do MMA, André França.

A pesquisa Resíduos eletrônicos no Brasil - 2021, divulgada na semana passada, revela que, apesar de ser o quinto maior gerador desse tipo de lixo no mundo, o Brasil recicla apenas cerca de 3% dos eletrônicos descartados. Muita gente não sabe sequer o que é lixo eletrônico e desconhece os riscos do descarte incorreto.

A destinação correta do lixo eletrônico está prevista na Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) e é regulamentada pelo Decreto Federal 10.240/2020. Esse dispositivo define metas para os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes sobre a quantidade de pontos de entrega voluntária (PEVs) que devem ser instalados, o número de cidades atendidas e o percentual de aparelhos eletroeletrônicos a serem coletados e destinados corretamente.

Pelo decreto, as empresas devem, gradualmente, até 2025, instalar PEVs nas 400 maiores cidades do Brasil e coletar e destinar o equivalente em peso a 17% dos produtos colocados no mercado em 2018, ano definido como base. Apenas no Rio, estarão disponíveis 41 pontos, em diversos locais da cidade, onde os eletrônicos podem ser descartados. Pelo site do MMA é possível acessar as listas dos pontos de coleta disponíveis em todo o país. 

Logística reversa 

A intenção é que seja consolidado no país o chamado ciclo da logística reversa. De forma simplificada, após serem descartados, os componentes são reciclados e transformados em novos aparelhos; e o que não é reciclado passa a ser dispensado da forma correta, por centrais especializadas.

O ciclo começa com a fabricação do produto, passa pelo uso pelo consumidor e chega ao descarte nos pontos de entrega quando o bem deixa de ser usado. A partir dai, ocorre a  tiragem e consolidação, a destinação para a reciclagem e, com isso, o retorno de matérias-primas secundárias para o fabricante e para outras indústrias de eletrônico. O que não é usado na reciclagem torna-se rejeito, que recebe a disposição adequada.

“Você consegue inserir esses eletroeletrônicos após descarte pelo consumidor, esgotada sua vida útil, na cadeia produtiva, gerando emprego e renda com sustentabilidade, ao mesmo tempo em que preserva os recursos naturais para outros usos e usos futuros, e evita o descarte inadequado no meio ambiente, o que compromete a saúde e a qualidade de vida da população”, diz França. 

Pelo decreto, as chamadas entidades gestoras, que são constituídas pelas fabricantes e importadoras de produtos eletroeletrônicos, são as responsáveis pela operacionalização do sistema de logística reversa. Há duas entidades gestoras em atuação no país, a Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (Abree) e a Gestora para Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos Nacional – Green Eletron.

Ao MMA cabe a articulação entre essas entidades, o Distrito Federal, os estados, municípios e os demais órgãos ambientais, além de compilação de informações e coordenação da política como um todo. 

Dicas para descarte 

O que é, afinal, considerado lixo eletrônico? O conceito de Resíduo de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (REEE) é todo produto elétrico ou eletrônico descartado por não ter mais utilidade. Inclui grandes equipamentos como geladeiras, freezers, máquinas de lavar; pequenos equipamentos como torradeiras, batedeiras, aspiradores de pó, ventiladores; equipamentos de informática como computadores e celulares, além de pilhas e baterias. 

França dá três dicas para a população na hora de fazer o descarte do eletrônico. A primeira é procurar um ponto de descarte ou fazer o agendamento da coleta domiciliar, especialmente no caso de grandes equipamentos. A segunda é sempre descartá-los desligados. A dica vale para aqueles que funcionam a base de pilhas e baterias.

E a última dica é, no caso de equipamentos que contenham dados, como computadores e celulares, verificar se foram todos apagados e removidos, pois, uma vez feito o descarte, não é possível recuperá-los. 


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Resolução detalha avaliação psicológica para porte de arma

Documento foi emitido pelo Conselho Federal de Psicologia

26 de Janeiro de 2022 as 11h30

Estado

Homicídios de mulheres em Mato Grosso deixam 70 filhos sem mães

Destes, 21 eram filhos das vítimas com os autores dos crimes; levantamento coordenado pela Gerência de Inteligência Estratégica mostra que violência é progressiva e letal

26 de Janeiro de 2022 as 11h00

Estado

Polícia Militar apreende armas e munições e prende homem por porte ilegal

Denúncias informaram que o suspeito estaria efetuando disparos de arma de fogo em um estabelecimento, na zona rural de Sinop

26 de Janeiro de 2022 as 10h15

Estado

Seduc e Prefeitura de VG assinam ordem de serviço para construção de nova escola

O nome da escola é uma homenagem ao ex-deputado estadual e ex-secretário de Estado de Cidades, Nico Baracat

26 de Janeiro de 2022 as 10h15

Estado

PM desarticula quadrilha e apreende 318 kg de maconha em Rondonópolis

A Polícia Militar chegou ao flagrante após uma denúncia anônima informar que uma grande quantidade de entorpecentes seria distribuída pela cidade

26 de Janeiro de 2022 as 09h00

Estado

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 31 milhões

Foram sorteadas as seguintes dezenas: 13 - 19 - 29 - 42 - 49 - 52

26 de Janeiro de 2022 as 06h00

Estado

Capes promove competição para alunos de alta capacidade

Talentos serão avaliados em prova e receberão prêmios de R$ 5 mil

26 de Janeiro de 2022 as 05h45

Estado

Rádio Nacional conquista maior audiência de 2021 em dezembro

Crescimento foi proporcionado pelos resultados da nova programação

25 de Janeiro de 2022 as 19h30

Estado

Hospitais estaduais suspendem visitas a pacientes internados para prevenção à Covid-19 e Influenza

Medida faz parte das ações de enfrentamento do avanço das Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) Covid-19 e Influenza em Mato Grosso

25 de Janeiro de 2022 as 17h30

Estado

Terça-feira (25): Mato Grosso registra 605.563 casos e 14.210 óbitos por Covid-19

Há 183 internações em UTIs públicas e 193 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 84% para UTIs e em 40% para enfermaria

25 de Janeiro de 2022 as 17h15

Estado

Benefícios do INSS com reajuste começaram a ser pagos hoje

O valor mínimo dos benefícios não será inferior a R$ 1.212

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Estado

Lacen-MT realiza pesquisa de vigilância genômica em assintomáticos

Pesquisa é realizada em Cuiabá e Várzea Grande e promoverá a coleta de 1.500 amostras

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Estado

Seduc publica portaria para atribuição de temporários em escolas especializadas

São professores com interesse em lecionar nas escolas com educação especial, educação do campo, quilombola, ensino médio integral (escolas plenas), Educação de Jovens e Adultos, Pre-Enem Digital e Sistema Prisional.

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Estado

Mato Grosso recebe 65.960 doses de vacina contra a Covid-19 nesta quarta-feira (26)

Estão previstas 33.200 doses para crianças de 05 a 11 anos e 32.760 doses para aplicação de reforço em adultos

25 de Janeiro de 2022 as 15h30

Estado

Coleta de dados do Censo Demográfico 2022 começa em 1º de agosto

Recenseadores trabalharão de uniforme e seguirão protocolos sanitários

25 de Janeiro de 2022 as 15h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO