Programa Mais Médicos Em MT

Quase 1/3 dos usuários do SUS em MT são atendidos pelo Mais Médicos

Médicos são responsáveis pelo atendimento de cerca de 900 mil pessoas. Profissionais estão lotados em 101 municípios, segundo coordenador.

MT Agora - G1 MT
03 de Novembro de 2015 as 21h 57min

Mais de dois anos após o seu lançamento, o programa Mais Médicos, do governo federal, já conta com 225 médicos atuando em Mato Grosso. Esses profissionais, somados aos 25 médicos do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab), são responsáveis pelo atendimento de aproximadamente 1 milhão de pessoas, o que representa um terço dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso, segundo o coordenador de tutoria do programa no estado, Reinaldo Mota.

“São dois programas que se complementam, ambos integram o sistema de provimento emergencial de médicos. Esses médicos atendem em 101 municípios do estado e cada um deles é responsável pelo atendimento de aproximadamente quatro mil usuários do SUS”, afirmou.

De acordo com o coordenador, 30 médicos estão distribuídos em áreas indígenas e cinco municípios desistiram do programa durante os últimos meses, optando por colocar outros médicos para atuarem em suas unidades de saúde. Reinaldo Mota afirmou que cerca de 190 profissionais que vieram ao estado por meio do Mais Médicos são estrangeiros, sendo que a maioria veio de Cuba.

O número atual de profissionais em Mato Grosso, segundo ele, é o suficiente para atender a demanda do estado até o momento. No entanto, quem deve fazer a avaliação é o gestor de cada cidade. Se houver necessidade e mais municípios aderirem ao programa, há possibilidade de chamarem mais médicos.

“A quantidade atual é o que, teoricamente, existia de necessidade. A cada três meses, abre-se um novo edital e os municípios podem aderir ao programa, desde que se encaixem no perfil. Os estrangeiros abasteceram as necessidades no primeiro e no segundo ciclo do programa, mas hoje há uma procura muito maior do médico brasileiro para fazer a adesão ao programa”, disse.

Conforme Reinaldo, se as alterações já iniciadas na formação dos médicos no país tiverem continuidade, com o foco na valorização da atenção básica nas faculdade e o programa de residência no setor por um ano, a expectativa é de que em 2026 não haja mais necessidade do programa no país.

"Atualmente, o médico brasileiro quase não é motivado, durante a formação, para atuar no Sistema Único de Saúde, o que ocasionou uma grande lacuna, de quase 18 mil vagas no país, que foram preenchidas pelo Mais Médicos.  Mas é um provimento emergencial, que vai servir somente até melhorarem a residência e os médicos brasileiros ocuparem essas vagas", afirmou.

Falta de estrutura

Segundo o coordenador, apesar de suprirem a demanda de falta de pessoal na atenção básica, a falta estrutura da rede de atenção básica prejudica a atuação dos médicos do programa e a população. Para Reinaldo Mota, os governos estadual e municipais acabam vendo o programa como algo político e de responsabilidade exclusiva do governo federal.

“Mato Grosso não vem estimulando a política de valorização da atenção básica, que quase não tem apoio dos escritórios regionais de saúde. Temos unidades precárias, poucos equipamentos e cidades com dificuldade de abastecimento de insumos e medicamentos”, criticou.

Para o coordenador, o programa tem aspectos positivos e limitantes no estado e deveria alavancar o atendimento do sistema de atenção básica, mas acaba sendo preterido pelo governo, “que prefere valorizar a atenção secundária e terciária pelo lucro que elas geram”.

“Não adianta colocar médico para trabalhar na atenção básica se você não tem uma rede de assistência adequada, não pode transportar paciente ou encaminhar para um exame. É necessário que se estruture bem para diminuir a precariedade que existe hoje. Tem município que depende quase 100% do programa para atender a sua atenção básica”, afirmou.

Resistência

A grande oposição que existiu no país quando do anúncio da vinda dos médicos estrangeiros para o país – principalmente os cubanos – continua, de acordo com Reinaldo. No entanto, conforme o coordenador, trata-se de uma resistência causada mais por ignorância do programa do que por falta de competência dos profissionais em atender à população.

“Inicialmente, os médicos cubanos foram muito desconsiderados pelo receio dos conselhos de medicina, mas hoje se reconhece que eles estão em áreas indígenas e comunidades distantes atuando de maneira bem satisfatória, apesar das adversidades que temos no SUS. Quem é assistido aprova os médicos cubanos porque sabe que eles foram formados para isso”, disse.

O programa

O programa Mais Médicos é formado por três eixos, segundo o coordenador: o provimento emergencial, que é a chegada dos médicos no país; o eixo estruturante, que é a expansão da rede de atenção básica nos municípios; e o eixo educacional, que traz propostas de mudança do perfil do médico brasileiro, fazendo-o manter um contato mais próximo com as comunidades que necessitam o programa, com o aumento de vagas de residência para os estudantes de medicina.

“Até 2026, teremos 16 mil vagas em programas de residência em medicina geral, de família e comunidade”, contou.


COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Primeiro banco de sangue animal de MT cadastra doadores caninos e felinos

Hemocentro deve entrar em funcionamento completo na próxima semana.

06 de Dezembro de 2019 as 17h29

Estado

Taxista é preso e confessa que ajudou dupla que assaltou empresa em MT

Wellyngton Figueiredo da Silva, de 34 anos, foi flagrado pelas câmeras de segurança e, após ser preso, confessou que participou do crime.

06 de Dezembro de 2019 as 17h26

Estado

Irmãos são presos suspeitos de matarem e ocultarem corpo de homem em 2018 em MT

Os suspeitos, Raimundo Nonato da Cunha Nascimento, 32 anos, e José Carlos da Cunha, 30 anos, estavam com as ordens de prisão decretadas pela Justiça.

06 de Dezembro de 2019 as 17h22

Estado

Menina de 9 anos morre afogada após entrar em lago em MT

Vítima estava acompanhada de outra criança de 7 anos. A suspeita é que elas voltavam da escola quando decidiram entrar no lago.

06 de Dezembro de 2019 as 17h19

Estado

Idoso é atropelado por motorista de aplicativo e socorrido em estado grave em MT

Idoso estava em uma moto e foi atingido pelo carro quando passava pela Rua 3-A. O motorista disse à polícia que não viu o motociclista, pois ele estaria com o farol desligado.

06 de Dezembro de 2019 as 17h16

Estado

Homem é preso por assediar assistente de papai noel em shopping de Cuiabá

A ocorrência foi atendida nesta quinta-feira (05.12) por policiais da base do bairro Santa Rosa.

06 de Dezembro de 2019 as 17h12

Estado

PM prende 2 homens e apreende adolescente com 127 porções de maconha

Policiais militares do 4º BPM de Várzea Grande prenderam na tarde desta quinta-feira (05.12) dois homens, identificados como L.H.S.O. (24 anos) e A.S.S. (28), e apreenderam um adolescente de 17 anos por tráfico de drogas, no bairro Asa Bela.

06 de Dezembro de 2019 as 17h07

Estado

Jovem está desaparecido há 5 dias após viajar a trabalho em MT

Rodney Saldanha de Sales, de 26 anos, é procurado desde o dia 29 de novembro quando foi visto em uma lanchonete na rodoviária em Sinop.

03 de Dezembro de 2019 as 15h44

Saúde

Anvisa libera venda de produtos à base de cannabis em farmácias

Com validade de três anos, resolução refere-se a uso medicinal. Manipulação da substância não será permitida, e compra poderá ser feita apenas com prescrição médica.

03 de Dezembro de 2019 as 15h30

Estado

Ex-marido é procurado suspeito de espancar e tentar estuprar mulher após ameaçá-la com arma em chamada de vídeo em MT

Ele não aceitava o do relacionamento e invadiu a casa da vítima. Agressões foram presenciadas pelos filhos do casal.

03 de Dezembro de 2019 as 15h22

Estado

Vendedor morre após picape capotar e ficar presa em cerca em MT

Segundo a Polícia Militar, Samir Carlos Oliveira, de 34 anos, capotou o veículo dele, uma Montana, nas proximidades de um motel.

03 de Dezembro de 2019 as 15h19

Estado

Homem é preso ao invadir fazenda e diz ter sido contratado para matar proprietário em MT

Suspeito teria confessado que mandante ofereceu R$ 100 para ocupação de propriedade rural, segunda polícia.

03 de Dezembro de 2019 as 15h09

Estado

MT registra 1.850 casos de agressão a crianças e adolescentes e 1.098 de estupro em nove meses

Também foram registrados 388 casos de maus tratos, 395 de abandono de incapaz e 44 de homicídios. A maioria dos casos registrados ocorreram na própria casa da família.

03 de Dezembro de 2019 as 15h04

Estado

Policiais prendem 3 homens e apreendem adolescente que tentaram roubar viatura

Policiais militares prenderam na noite desta segunda-feira (02.12) M.P.S. (22 anos), J.D.S.S.A. (19) e H.J.N.P. (21) e apreenderam um adolescente de 17 anos, que tentaram roubar uma viatura da PM, no bairro Nova Esperança, em Cuiabá. Eles estavam com um

03 de Dezembro de 2019 as 14h41

Estado

Homem é esfaqueado e deixado na porta de UPA em MT

Conforme o boletim de ocorrência, o homem conseguiu entrar na unidade de saúde e pedir socorro.

02 de Dezembro de 2019 as 15h57

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO