Estado

Professora é arrastada e detida em festa de igreja em MT; veja vídeo

Associação dos professores da Unemat emitiu nota alegando truculência por parte de policiais e participantes do evento. Polícia diz que ela foi detida por causar tumulto e desacato.

Fonte: G1 MT
16 de Outubro de 2019 as 17h 11min

Professora foi arrastada e detida em festa de igreja em Campos de Júlio — Foto: Arquivo pessoal

  Uma professora foi detida e arrastada em uma festa de uma igreja católica na cidade de Campos de Júlio, a 692 km de Cuiabá. Lisanil Conceição Patrocínio Pereira é professora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e participava do evento no domingo (13) quando subiu no palco e foi retirada à força por um grupo de pessoas, inclusive policiais.

  Os participantes e organizadores alegaram que ela causou tumulto e confusão no local e, por isso, chamaram a polícia. Eles acusam a professora de estar transtornada e embriagada. A Polícia Civil disse que ela foi detida por causar tumulto e desacato (veja nota no final da matéria).

  A Associação dos Docentes da Universidade do Estado de Mato Grosso –(Adunemat) emitiu nessa terça-feira (15) uma nota de repúdio sobre o ocorrido. A entidade alegou violência e truculência por motivação política.

  Vídeos gravados por participantes da festa mostram o momento em que um policial civil aborda a professora no palco e tenta retirá-la à força. Pelo menos outros quatro homens também tentam segurá-la. Ela é puxada pelos braços e arrastada pela escada do palco.

  O G1 ligou para a professora, que afirmou que vai se posicionar por meio da associação da classe. Ela disse estar abalada emocionalmente e não quis comentar sobre o que aconteceu.

  Em nota, a Adunemat declarou que 'a professora foi vítima da mais absurda violência física e moral, caracterizando violação de sua dignidade humana enquanto docente do ensino superior, trabalhadora, mãe, chefe de família'.

  Lisanil é professora há 15 anos e dá aulas em Juara, a 690 km de Cuiabá. Ela estava em Campos de Júlio a trabalho e foi para a festa para poder almoçar.

  A festa religiosa era em comemoração ao Dia de Nossa Senhora Aparecida, lembrado no sábado (12), e era realizado em um pavilhão de uma igreja católica da cidade.

  A professora, que vestia uma camiseta com as frases 'Lute como uma Garota' e 'Lula Livre', disse à Adunemat que foi 'abordada de forma ostensiva pelos participantes que comentavam e a olhavam com estranheza e desdém pelas marcas de sua orientação política, estampada na camiseta'.

  Lisanil disse que subiu no palco para pedir que tocassem músicas mato-grossenses. A maioria dos participantes era de origem gaúcha.

  O grupo decidiu retirar a professora do local e chamou a polícia. Ela foi arrastada pelo palco e pela escada e levada algemada à delegacia.

  “Que crime a professora cometeu? Que periculosidade tinha uma mulher sozinha, desarmada e sem qualquer habilidade física para enfrentar os brutamontes que a atacaram? O que justificou tamanha violência senão o ódio às mulheres consideradas perigosas por serem autônomas e por terem posição política e a coragem de enfrentar um estado ainda patriarcal e violento?”, questionou a Adunemat na nota.

  Para os professores, Lisanil foi ameaçada e agredida por causa da posição política dela.

Organizadores da festa
  O G1 conversou com representantes e organizadores da festa, que pediram para não serem identificados.

  Eles disseram que a professora estava embriagada e comportamento alterado no evento. Conforme os organizadores, a professora não dizia palavras que faziam sentido e teria xingado e desacatado os policiais.

  No entanto, os organizadores negam que algum integrante da festa tenha tocado, arrastado ou abordado a professora, como foi registrado nas filmagens.

  Os representantes também negaram que a situação ocorreu por motivações políticas, como foi dito pela associação que representa a professora.

Polícia Civil
  A Polícia Civil, por meio de assessoria, explicou que a professora foi detida e autuada em flagrante pelos crimes de pertubação do sossego, desacato e resistência.

  Ela pagou fiança de R$ 2,5 mil na segunda-feira (14) e foi solta.

  A instituição negou relação política, afirmou que ela tinha ingerido bebida alcoólica e causado tumulto na festa.

  Ainda de acordo com a Polícia Civil, a professora agrediu e xingou os dois policiais civis que foram ao local. A Polícia Civil não se manifestou sobre a acusação de truculência.


COMENTARIOS

Mais de Estado

Ranking

Sema avança cinco posições no ranking nacional de transparência ambiental

Portal transparência da Sema é top três em disponibilização de informações sobre pecuária, regularização ambiental e situação fundiária de unidades de conservação

22 de Maio de 2020 as 14h28

Previdência

Mato Grosso replica as regras de aposentadoria dos servidores federais

Mensagem em tramitação na AL prevê mudanças na idade e tempo de serviço para a previdência dos servidores do Estado

22 de Maio de 2020 as 14h25

Formação

Seduc realiza curso de formação online para professores da rede estadual

Ao todo, participam da formação 8.417 professores, que fizeram as inscrições nos 15 Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação (Cefapros)

22 de Maio de 2020 as 14h22

Operação Policial

Polícia Civil deflagra segunda fase de operação que reprime tráfico de drogas na baixada cuiabana

A operação contou com a participação de 50 policiais civis, sendo 27 da DRE, 12 da Gerência de Operações Especiais (GOE), oito da 3ª Delegacia de Polícia de Várzea Grande e três do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer)A operação c

22 de Maio de 2020 as 14h16

Audiências Públicas

Audiências públicas para debater concessão de rodovias ocorrem nos dias 26, 27 e 28 de maio

As audiências serão transmitidas pela internet através do canal da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística no Youtube

22 de Maio de 2020 as 14h14

Pneumonia

Sesp-MT esclarece morte de reeducando de Alta Floresta

Ele já sofria de doença pulmonar crônica e hipertensão há alguns anos e o primeiro teste de Covid-19 deu negativo

22 de Maio de 2020 as 14h11

INSCRIÇÕES

Seduc disponibiliza vídeo passo a passo para inscrições no Enem 2020

Para os alunos que se preparam para o Enem, a Seduc disponibiliza videoaulas pela TV Assembleia, com com uma série de conteúdos focados nas quatro áreas de conhecimento

22 de Maio de 2020 as 14h09

Impacto Reduzido

“Ajuste fiscal iniciado em 2019 permitiu que enfrentássemos a pandemia com mais serenidade”, afirma governador

Em entrevista à CNN Brasil, Mauro Mendes destacou que Governo tem conseguido manter as contas em dia

22 de Maio de 2020 as 14h06

Coronavírus

PM envasa álcool 70% que atende órgãos estaduais

A instituição militar também já entregou mais de 17 mil máscaras, uma média de três para cada policial

22 de Maio de 2020 as 09h40

Valorização

Festival Cultura em Casa divulga talentos do interior de Mato Grosso

Cerca de 45 projetos de municípios do interior fazem parte do festival online e ajudam a fortalecer a economia da cultura por todo o Estado

22 de Maio de 2020 as 09h37

Youtube

CGE reabre inscrições para ciclo virtual de orientações

O ciclo de orientações será realizado na próxima terça e quarta-feira (dias 26 e 27/05), mediante transmissão ao vivo pelo Youtube da CGE, a partir das 8h15

22 de Maio de 2020 as 09h34

Coronavírus

JBS doará R$ 26,7 milhões para o enfrentamento do coronavírus em Mato Grosso

A JBS vai doar R$ 26,7 milhões para o enfrentamento do coronavírus em Mato Grosso.

22 de Maio de 2020 as 09h18

Coronavírus

MT tem bom nível de transparência das compras emergenciais, indica ranking

De uma pontuação de 0 a 100, Mato Grosso obteve 62 pontos e ficou na 11ª posição no levantamento da "Transparência Internacional – Brasil"

21 de Maio de 2020 as 14h20

Atendimento Presencial

Detran-MT contabiliza mais de 100 mil agendamentos em todo Estado

As vagas para atendimento presencial são limitadas por dia e estão disponíveis na página de agendamento para consulta do cidadão

21 de Maio de 2020 as 14h14

Infraestrutura

Governo conclui restauração da MT-235 e avança na execução de melhorias na região Oeste

Além da conclusão do serviço em Campo Novo do Parecis, a restauração acontece nas cidades de Tangará da Serra, Denise e Barra do Bugres

21 de Maio de 2020 as 14h11

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO