Estado

População residente em área indígena e quilombola supera 2,2 milhões

A informação é resultado de estudo divulgado pelo IBGE

Fonte:EBC
15 de Outubro de 2021 as 12h 15min

© Marcello Casal JrAgência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima em 1.108.970 pessoas residentes em localidades indígenas e 1.133.106 moram em quilombos no Brasil. A publicação Dimensionamento emergencial de população residente em áreas indígenas e quilombolas para ações de enfrentamento à pandemia provocada pelo novo coronavírus foi produzida em caráter de urgência em 2020 a pedido do Ministério da Saúde, com o objetivo de planejar a imunização de grupos vulneráveis contra a covid-19.

Utilizando uma combinação de dados do Censo 2010 com a versão mais atualizada da Base Territorial, que estima o número de domicílios ocupados, o estudo levou em consideração áreas já mapeadas no planejamento do próximo Censo, a ser realizado em 2022.

“Muito do que foi divulgado só foi possível graças ao planejamento do próximo Censo, com o mapeamento e a criação de uma base territorial que contempla a autodeclaração das comunidades quilombolas. Isso é inédito”, disse, em nota, a analista responsável pelo Projeto de Povos e Comunidades Tradicionais do IBGE, Marta Antunes.

A pesquisadora destacou o caráter experimental da estimativa emergencial. “Somente com o Censo 2022 nós vamos conhecer a população quilombola. O que fizemos até aqui é uma metodologia de estimação muito específica, para um momento específico, com um uso específico. Esses dados não podem ser usados como estimativa populacional para outra finalidade”, afirmou Marta.

“Um detalhe que talvez passe despercebido – e que o relatório também esclarece – é que o dimensionamento emergencial não traz o total de população indígena ou quilombola, mas a quantidade de pessoas residindo em localidades indígenas ou quilombolas”, diz o IBGE.

O gerente de Territórios Tradicionais e Áreas Protegidas do IBGE, Fernando Damasco, ressaltou a importância da divulgação desses dados, em tempo hábil, para as secretarias de saúde e gestores locais.

“O grande avanço que essa estimação dá é revelar concentrações populacionais desses grupos nos municípios, porque muitas vezes não são conhecidos pelo poder público local. A própria prefeitura, que executa o Plano Nacional de Imunização, muitas vezes desconhece que essas comunidades estão lá”.

Os resultados, na avaliação dos pesquisadores, superam a missão de atender a uma demanda pontual. “Mesmo com limitações, a visibilidade da população quilombola é algo muito importante, que vai além do plano de imunização”, disse Marta.

Damasco acrescentou que “os resultados já dão indícios do que o Censo Demográfico vai trazer e, com isso, também dão pistas de como atuar para a captação dessas populações no próximo Censo”.

Áreas quilombolas

A estimativa mostrou que, de 1,13 milhão de residentes em localidades quilombolas no Brasil, 698,1 mil estão na região Nordeste, com destaque para os estados da Bahia (268,6 mil) e do Maranhão (170,9 mil), que juntos concentram quase metade da população brasileira em quilombos.

O terceiro estado em número de população é Minas Gerais (130,8 mil), seguido do Pará (129,8 mil). As regiões Sudeste e Norte têm, respectivamente, uma estimativa de 172 mil e 154,9 mil pessoas. A região Sul tem 73 mil, e a Centro-Oeste, 35 mil.

Apenas os estados do Acre e Roraima não têm essa população dimensionada. “O que percebemos é a presença de população em área quilombola em quase todos os estados, e isso mostra que é uma população bastante dispersa. Há um número significativo de municípios em que essa população está presente”, disse Fernando Damasco.

Áreas indígenas

Os estados com maior população estimada em áreas indígenas são Amazonas (284,5 mil), Mato Grosso (145,3 mil), Pará (105,3 mil) e Roraima (83,8 mil). Juntos, eles contabilizam 55,8% do total de residentes em áreas indígenas.

Pernambuco (80,3 mil) e Mato Grosso do Sul (78,1 mil) também registraram maior número de pessoas em áreas indígenas. As populações nos demais estados não ultrapassam 50 mil pessoas. Por regiões, a liderança é a região Norte (560,4 mil), seguida da Nordeste (234,7 mil), Centro-Oeste (224,2 mil), Sul (59,9 mil) e Sudeste (29,8 mil).


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

São Paulo instala neste ano mais cinco fábricas de Cultura

Novas unidades vão oferecer 12, 5 mil vagas em 667 cursos

18 de Janeiro de 2022 as 13h45

Estado

Ipem-MT testa 85 mil instrumentos de pesos e medidas em um ano

Em 2021 foram efetuadas 92.014 ações de fiscalizações em Mato Grosso com apoio da Decon, ANP, PM, Procon e PRF

18 de Janeiro de 2022 as 12h15

Estado

Governo de MT lamenta morte do jornalista Thomas Krause

O velório de Krause está sendo realizado na Capela Jardins, no bairro Bandeirantes, e o enterro será às 14h30, no Cemitério Bom Jesus de Cuiabá

18 de Janeiro de 2022 as 12h15

Estado

Detran-MT regulamenta isenção de taxas em mudança de veículos para o GNV

A regulamentação garante a isenção das taxas de emissão do CRV-e e CRLV-e, da vistoria veicular e da mudança de característica

18 de Janeiro de 2022 as 11h30

Estado

Batalhão Ambiental e Juvam apreendem 98 quilos de pescado ilegal no Rio Paraguai

Além do pescado, os policiais apreenderam uma embarcação, motor e redes utilizados para a pesca ilegal

18 de Janeiro de 2022 as 10h45

Estado

Saúde Estadual prorroga inscrições para o processo seletivo das unidades hospitalares

As vagas são destinadas aos oito hospitais geridos pela SES-MT

18 de Janeiro de 2022 as 09h30

Estado

Empaer apresenta vitrine tecnológica e homenageia pioneiros durante Dinetec

No estande, 350 pessoas conheceram 26 tipos de culturas e participaram de palestras sobre empreendedorismo e crédito rural

18 de Janeiro de 2022 as 08h45

Estado

Estado disponibiliza mais 10 leitos de UTI para tratamento da Covid-19 no hospital Metropolitano

Unidade hospitalar passará a contar com o total de 30 leitos de UTI e 30 leitos de enfermaria para o atendimento de pacientes com coronavírus

18 de Janeiro de 2022 as 08h15

Estado

Novos papiloscopistas da Politec iniciam curso de formação para o desempenho das atribuições

O curso tem duração de doze dias e abrange as áreas criminal e civil da identificação técnica

17 de Janeiro de 2022 as 18h15

Estado

Segunda-feira (17): Mato Grosso registra 579.494 casos e 14.130 óbitos por Covid-19

Há 131 internações em UTIs públicas e 133 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 72,38% para UTIs e em 28% para enfermaria

17 de Janeiro de 2022 as 17h45

Estado

Governo de MT dá posse aos gestores das DREs nesta terça-feira (18)

O governador Mauro Mendes e o secretário estadual de Educação, Alan Porto, empossam nesta terça-feira (18.01) os diretores, adjuntos, coordenadores...

17 de Janeiro de 2022 as 17h15

Estado

Estão abertas as inscrições para processo seletivo das unidades especializadas da SES

Seleção dos candidatos destina-se ao preenchimento de vagas e Formação de Cadastro de Reserva

17 de Janeiro de 2022 as 15h30

Estado

Gefron apreende mais de 105 quilos de cocaína em menos de 24 horas em Cáceres

Entorpecente foi aprendido em duas ocorrências diferentes e terminou com a prisão de três pessoas

17 de Janeiro de 2022 as 14h45

Estado

Governo atende pedido de empresas e suspende temporariamente processo licitatório das obras do BRT

A reabertura da licitação com novas datas será publicada no Diário Oficial

17 de Janeiro de 2022 as 13h30

Estado

Sedec inicia série de reuniões para discutir atualização do Mapa do Turismo

O objetivo é focar nas especificidades de cada uma das 14 regiões do Estado que integram o Mapa

17 de Janeiro de 2022 as 12h30

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO