Equipamento Cultural

Mato Grosso terá um Museu de História Natural

Espaço será um centro de referência com foco nas áreas de arqueologia e paleontologia e oferecerá atividades diversas.

Fonte:MT Agora - SEC-MT
02 de Setembro de 2016 as 00h 55min

O novo Museu de História Natural irá ampliar as ações, incluindo atividades de outros períodos que vão além da pré-história - Foto por: Junior Silgueiro/GCom-MT

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT) criará o Museu de História Natural de Mato Grosso, um centro de referência com foco nas áreas de arqueologia e paleontologia com atividades variadas como exposições, oficinas, palestras, workshops, cursos variados voltados aos profissionais dá área, estudantes e a sociedade em geral. O museu será instalado onde hoje está o Museu de Pré-História, na Avenida Beira Rio, em Cuiabá, que será integrado à nova instituição. O objetivo da SEC é ampliar as ações deste espaço, incluindo atividades de outros períodos que vão além da pré-história.

O Museu de História Natural de Mato Grosso deve ser inaugurado no início de 2017. Até lá o Museu de Pré-História terá o atendimento ao público suspenso para a realização de adequações do espaço. Durante este período também serão realizadas atividades internas de manutenção do acervo e inventariado das peças. A administração do novo museu se dará por meio da gestão compartilhada, cujo chamamento público será lançado na próxima semana pela Secretaria de Estado de Cultura.

“O novo Museu de História Natural será um espaço voltado para a valorização da diversidade étnica e do patrimônio cultural mato-grossense, em especial a preservação da memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira, suas formas de expressão, modos de criar, fazer e viver, e os sítios de valor histórico, arqueológico, paleontológico, e científico. Pretendemos promover um permanente intercâmbio entre profissionais da área, artistas, professores e personalidades de notório saber nestes segmentos, tanto no âmbito local quanto nacional e internacional, por meio da oferta de uma programação cultural e pedagógica acessível, de qualidade, que permita uma maior e melhor oferta cultural ao cidadão”, ressaltou o secretário de Estado de Cultura, Leandro Carvalho.

“O formato de gestão compartilhada, como se dá atualmente com outras instituições como o Museu de Arte, o Museu de Arte Sacra e o Museu Histórico, busca oferecer à população mato-grossense, de forma gratuita ou a preços acessíveis, atividades culturais e educacionais diversas, bem como uma programação educacional. Caberá à gestão do Museu de História Natural de Mato Grosso propiciar à cultura do Estado um cenário no qual os cidadãos encontrem meios para o desenvolvimento pessoal, cultural, científico e artístico e para a promoção da cidadania”.

Termo de colaboração

A Organização da Sociedade Civil (OSC) selecionada irá gerenciar o Museu em regime de mútua cooperação por meio da celebração de termo de colaboração para gestão administrativa, econômico-financeira e de formação profissional que garanta o pleno funcionamento do espaço. A seleção será realizada nos termos da Lei nº 13.019/2014 e suas alterações.

Caberá à instituição selecionada desenvolver atividades em duas áreas, de difusão e formação. A primeira envolve a gestão administrativa e econômico-financeira do espaço e uma programação que inclui curadoria, exposições de curta, média e longa duração, pesquisa, mapeamento, reserva técnica, gerenciamento de programação, e plano de comunicação.

Já a área de formação será destinada ao gerenciamento da oferta e demanda de cursos, oficinas, workshops, encontros, simpósios e similares. As atividades devem ser ofertadas de forma gratuita ou a preços populares, sendo que as receitas deverão ser revertidas para o desenvolvimento ou ampliação de ações da OSC no local. A Comissão de Acompanhamento e Avaliação, formada por servidores da SEC, acompanhará a execução da programação.

A criação do Museu de História Natural considera os objetivos do Plano Estadual de Cultura, Lei 10.363, de janeiro de 2016, que visa preservar e promover o patrimônio histórico e artístico, material e imaterial; valorizar e difundir a diversidade étnica e cultural mato-grossense; ampliar e fortalecer programas que promovam os setores e segmentos culturais; ampliar as ações de intercâmbio das artes e da cultura regional e democratizar o acesso da sociedade às artes e à cultura, entre outros.

O Museu

Inaugurado no dia 7 de dezembro de 2006 como Museu de Pré-História, a instituição gere um acervo permanente de arqueologia e paleontologia pertencente à Secretaria de Estado de Cultura e uma reserva técnica. A exposição paleontológica apresenta fósseis de animais da região, organizados cronologicamente, representando a evolução biológica por meio das eras geológicas, assim como fósseis como o do tatu (Pampatherium Humboldt), a preguiça gigante (Eremotherium Iaurillardi), dinossauros (Saurópoda), e animais marinhos.

O acervo arqueológico conta a história de Mato Grosso por meio de artefatos produzidos pelo homem, desde a pré-história até os dias atuais, incluindo instrumentos do homem caçador-coletor e do homem ceramista, como pontas de lança de pedra lascada, machadinhos de pedra polida e fragmentos de cerâmica. Encontram-se expostos também louças, cerâmicas neo-brasileira, moedas e outros objetos encontrados nos casarões de engenho de Mato Grosso.

O Museu funciona na Casa Dom Aquino, Patrimônio Histórico do Estado de Mato Grosso, tombado por meio da Portaria no 08/98, de 08 de junho de 1988. Trata-se de uma construção do século XIX, construída em 1842, à margem esquerda do rio Cuiabá pelo patriarca da família Murtinho para ser sede da grande fazenda Bela Vista. A casa em estilo colonial possui traçado arquitetônico em formato de “U” com 12 cômodos e fachada voltada para o rio Cuiabá, que se encontra a poucos metros de distância.

Essa característica da fachada de frente para o rio marca um momento da história da cidade de Cuiabá do século XIX, quando a cidade dependia do rio tanto como fonte de pescado como forma de transporte. Hoje está casa é a única edificação do século XIX da cidade de Cuiabá que guarda essas características. É também conhecida como a “Casa Predestinada”, pois nela nasceram duas personalidades ilustres do estado de Mato Grosso: Joaquim Duarte Murtinho e Dom Aquino Correa.


COMENTARIOS

Mais de Estado

Prisão

Justiça mantém prisão de fazendeiro acusado de matar agrônomo em MT

Silas Henrique Palmieri Maia, de 33 anos, foi assassinado dentro de um restaurante em fevereiro de 2019. Fazendeiro contou que se sentiu incomodado com a presença do engenheiro na fazenda, mas que não queria matá-lo.

26 de Fevereiro de 2020 as 15h02

FUGA

Motorista bate carro em canteiro de avenida, abandona veículo e foge em Cuiabá

As placas do veículo são de Belo Horizonte e há um adesivo de locadora. A suspeita é que o carro seja alugado.

26 de Fevereiro de 2020 as 14h57

Marido Suspeito

Marido suspeito de matar mulher ao encontrá-la com amante passa por audiência de custódia nesta quarta-feira em MT

Joana Paula Vieira Rodrigues, de 45 anos, foi esfaqueada nas mãos, ao tentar se defender, e no pescoço.

26 de Fevereiro de 2020 as 14h50

AGRESSÃO

Mulher esfaqueia o namorado após ser agredida durante briga em MT

Vítima disse que foi agredida com socos e chutes. O casal namorava há três anos.

26 de Fevereiro de 2020 as 14h43

Pedágio

Decisão do Governo sobre a BR-163 pode tornar MT ‘Estado inviável’ e aumentar pedágio, aponta estudo

A BR-163 foi licitada pelo menor custo tarifário, já que seu plano de investimento era sustentado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

24 de Fevereiro de 2020 as 13h28

Sífilis

Mato Grosso registrou 8,5 mil casos de sífilis entre 2015 e 2019

Por meio do teste rápido, é possível diagnosticar a infeção sexualmente transmissível, que tem tratamento e cura.

23 de Fevereiro de 2020 as 10h21

Substituição

Presidente do TCE substitui dois conselheiros após STF manter afastados 5 titulares acusados de corrupção em MT

Segundo o TCE, as trocas foram feitas para garantir a todos os conselheiros a oportunidade de atuar no Tribunal Pleno.

23 de Fevereiro de 2020 as 10h06

Carnaval 2020

Mais de 50 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Marechal Rondon em MT durante o carnaval

Fluxo de passageiros nesse período é 20% maior. A recomendação nesse período de grande fluxo é que os passageiros se programem para chegar mais cedo.

23 de Fevereiro de 2020 as 10h02

Cultivo de Maconha

Sitiante é preso suspeito de cultivar maconha em terreno em MT

Além dos pés de maconha, foram encontradas drogas prensadas. Suspeito afirmou à polícia que é para consumo próprio.

20 de Fevereiro de 2020 as 14h38

Investigação

Padre é investigado pela polícia por suspeita de importunação sexual a duas mulheres em MT

Inquérito foi aberto depois que as mulheres procuraram a polícia para denunciar que tinham sido vítimas do padre.

20 de Fevereiro de 2020 as 14h35

Vagas de Emprego

Estão abertas 859 vagas de empregos pelo Sine em MT; oportunidades estão em 28 municípios

Estão abertas 859 vagas de empregos pelo Sine em MT; oportunidades estão em 28 municípios

20 de Fevereiro de 2020 as 09h25

Sem Alvará

Justiça manda fechar academia que não possui alvará nem profissional habilitado em MT

A academia continuava sem a presença de profissional habilitado em período integral de funcionamento.

20 de Fevereiro de 2020 as 09h13

Denuncia

Associação de Fabricantes de Placas denuncia Detran-MT por supostas irregularidades no novo sistema de emplacamento padrão Mercosul

Segundo a entidade, a resolução do Conselho Nacional de Trânsito sobre a implantação das novas placas teria sido descumprida.

20 de Fevereiro de 2020 as 09h10

Assalto

PM preso suspeito de assaltar agência de Correios é investigado por abusar de adolescente de projeto social

Vítima era aluna do projeto social 'Luz do Amanhã', comandado pela própria Polícia Militar. O objetivo do projeto, o qual Edmilson também trabalhava, é tirar crianças e adolescente das ruas.

19 de Fevereiro de 2020 as 14h38

Prisão

Marido é preso suspeito de matar e enterrar corpo de mulher no quintal de casa em MT

Simone Ferreira estava desaparecida desde o dia 31 de janeiro. Suspeito disse à polícia que bateu a cabeça da mulher contra a parede durante uma briga do casal e depois a enterrou no quintal.

19 de Fevereiro de 2020 as 14h32

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO