Condenação

Justiça condena trio que sequestrou e matou mãe e 2 filhos em Juína (MT)

Cada um dos três réus foi condenado a mais de 140 anos de prisão. Crime ocorreu em 2015; jovem de 18 anos foi estuprada antes de ser morta.

MT Agora - G1 MT
23 de Setembro de 2016 as 00h 48min

Mulher e dois filhos adolescentes foram torturados e mortos em mata fechada em Juína (Foto: Juína News)

O juiz Vagner Dupim Dias, da 3ª Vara de Juína, município a 737 km de Cuiabá, condenou a mais de 140 anos de prisão cada um dos três homens acusados de sequestrarem, torturarem e matarem a pauladas uma mulher de 50 anos e seus dois filhos, de 14 e 18 anos, em dezembro de 2015, em uma fazenda naquele município. Os réus foram condenados pelos crimes de extorsão mediante restrição de liberdade, sequestro com resultado morte e estupro – tendo este último sido cometido pelos condenados contra a vítima de 18 anos.

A condenação foi requerida pelo Ministério Público Estadual (MPE) e a sentença foi proferida no último dia 19. Jânio de Souza Meireles foi condenado a 146 anos, 6 meses e 14 dias de prisão, enquanto Carmo Júlio de Souza foi sentenciado à pena de 140 anos, 5 meses e 18 dias de reclusão. Apontado como mentor do crime, José Carlos Luz Lopes foi condenado a 146 anos, 8 meses e 24 dias de prisão. Todos os condenados já estão presos. O G1 não conseguiu localizar as defesas dos réus.

O crime ocorreu no dia 23 de dezembro do ano passado. Segundo o MP, na ocasião, José Carlos, que era amigo há anos da família, fingia visitar a fazenda quando os outros dois acusados invadiram a residência e renderam as vítimas, amarrando-as, e ainda fingiram render o acusado José Carlos. Com o uso de armas de fogo, o grupo a extorquiu, obrigando-a a entregar um cartão de crédito e a senha de sua conta-corrente, de onde foram sacados R$ 1,5 mil, valor dividido entre os condenados.

Conforme o MP, José Carlos se aproveitou da amizade que mantinha com a família para planejar o crime e ludibriar as vítimas, afirmando ser obrigado a ser um 'intermediário nas negociações' entre as vítimas e os sequestradores.

“O acusado José Carlos agia com 'certa hierarquia' em relação aos demais acusados, seja na condição de tio do acusado Carmo, seja na condição de empregador do acusado Jânio, existindo, ainda, laços de amizade e intimidade entre todos os acusados, o que justifica de forma suficiente o vínculo existente entre os mesmos”, afirmou o MP, na denúncia.

Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que o trio tinha a informação de que o irmão da mulher havia vendido uma fazenda em Juara por R$ 700 mil e decidiu sequestrar a família, exigindo R$ 900 mil para libertá-los. Na denúncia, o MP destacou que o trio decidiu, em determinado momento, separar a mãe e os dois filhos do pai, que foi mantido sob vigia dentro da residência, cabendo ao réu Jânio a tarefa de ordenar ao homem o pagamento de resgate.

“Incumbiu-lhe, ainda, a tarefa de executar a vítima [o pai], após constatarem que não conseguiriam obter a quantia monetária exigida em troca da liberdade das vítimas [a mãe e os dois filhos], somente não logrando êxito em seu objetivo por circunstâncias alheias à sua vontade, eis que a vítima [o pai] entrou em luta corporal e conseguiu desarmá-lo e rendê-lo”, diz trecho da denúncia.

Estupro

Conforme o MP, a vítima de 18 anos foi estuprada pelo trio antes de ser morta a pauladas. Logo após ser violentada pelo grupo em um curral, localizado nos fundos da fazenda onde morava a família, a jovem ainda teria sido obrigada a relatar o crime ao pai, que era feito refém dentro da casa. Posteriormente, o pai relatou a violência sexual sofrida pela filha ao MP e à Justiça.

Um dos bandidos foi preso em flagrante e mostrou onde estavam os corpos

“Na ocasião, a vítima declarou de forma cabal ter sido estuprada pelos acusados José Carlos e Carmo, bem como por um terceiro que ela não conhecia”, diz trecho da denúncia.

Na denúncia, o Ministério Público ressalta que o réu Jânio foi responsável por levar a jovem de 18 anos ao local onde ela foi estuprada por Carmo e José Carlos. “O acusado Jânio também a constrangeu a manter relação sexual consigo, sendo certo, inclusive, que guardou a calcinha da vítima no bolso da calça que trajava”, diz a denúncia.

O crime

Segundo a polícia, a família vivia em uma fazenda localizada na BR-174, entre Juína e Vilhena (RO) quando o crime ocorreu. Durante o sequestro, a mulher e os dois filhos foram levados para a mata, enquanto o marido foi mantido refém dentro da casa, como forma de garantir o pagamento.

Segundo o sobrevivente, ele foi levado para o mato na manhã do dia 23 de dezembro, após várias negociações. Quando teve autorização do bandido para tomar água em um riacho próximo, conseguiu dominar o sequestrador, pegar a espingarda que ele portava e levá-lo até uma fazenda vizinha, onde conseguiu ajuda para amarrá-lo e acionar a polícia. O suspeito levou os policiais até onde a mulher e os dois filhos foram mantidos reféns, mas todos já haviam sido assassinados.


COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Primeira UTI aérea de MT deve começar a operar em fevereiro, diz Sesp

O governo estima que, com a aeronave, deve economizar R$ 10 milhões ao ano, com transporte de paciente em situação de emergência.

13 de Dezembro de 2019 as 15h24

Estado

Suspeito de matar professor de educação física a tiros após briga é preso em MT

Suspeito foi ouvido e encaminhado ao Centro de Ressocialização de Sorriso (CRS). Três formaturas escolares foram adiadas em decorrência do assassinato do professor.

13 de Dezembro de 2019 as 15h19

Estado

Homem é preso em flagrante suspeito de furtar betoneira de obra em MT

Policiais encontraram o suspeito saindo da obra com o equipamento na carroceria de um carro.

13 de Dezembro de 2019 as 15h15

Estado

Suspeitos de matar jovem e atirar em adolescente são presos em Cuiabá quase um ano após o crime

O crime ocorreu no dia 29 de janeiro, às 23h50, no Bairro Santa Terezinha II, em Cuiabá.

13 de Dezembro de 2019 as 15h09

Estado

Jovem e adolescente são feitas reféns e levadas a motel após roubo de caminhonete e suspeitos são presos em MT

Vítimas foram liberadas após cinco horas de negociação entre os suspeitos e a polícia.

13 de Dezembro de 2019 as 15h05

Estado

Polícia prende 12 pessoas e recupera mais de R$ 2 milhões em defensivos agrícolas roubados em MT

A operação visava dar cumprimento a 16 ordens judiciais, entre mandados de prisão e busca e apreensão, em Cuiabá, Primavera do Leste, Poxoréu, Sinop, Sorriso e Lucas do Rio verde.

13 de Dezembro de 2019 as 15h00

Estado

PM apreende 187 kg de pescado e apetrechos de pesca predatória

Policiais militares apreenderam nesta quinta-feira (12.12) em Barão de Melgaço e Distrito da Guia, 187 quilos de pescado de várias espécies.

13 de Dezembro de 2019 as 14h48

Estado

Duas passageiras são detidas com R$ 32,4 mil em táxi boliviano na fronteira de MT

O crime se caracterizou como evasão de divisa, uma vez que as passageiras não souberam comprovar a origem do dinheiro.

12 de Dezembro de 2019 as 16h01

Estado

Acusado de matar namorada e amiga dela é inocentado pela Justiça após passar 5 anos preso em MT

Adolescentes, de 16 e 14 anos, foram encontradas mortas nuas dentro de uma quitinete em 2014. Namorado de uma delas foi apontado como principal suspeito.

12 de Dezembro de 2019 as 15h55

Estado

Homem é preso suspeito de ter matado o irmão após flagrá-lo agredindo a mãe em MT

Durante as diligências para apurar a ocorrência, os policiais civis conseguiram localizar o suspeito, que foi conduzido para Delegacia de Nova Xavantina.

12 de Dezembro de 2019 as 15h51

Estado

Casal e filha de 4 anos sofrem acidente no PA e são transferidos de avião para hospital de MT

Mulher está na UTI e o estado de saúde dela é considerado estável. O marido dela aguarda uma cirurgia e a filha já recebeu alta.

12 de Dezembro de 2019 as 15h47

Estado

Psicóloga é detida suspeita de atirar em marido policial enquanto ele tomava banho em MT

Policial disse que ela atirou após uma briga motivada por conversas no celular. Advogado da mulher afirma que ela sofria violência doméstica.

12 de Dezembro de 2019 as 15h44

Estado

PM e PRF intecerptam suspeitos de roubo e recuperam caminhonete em Primavera do Leste

Policiais militares de Primavera do Leste (a 231 km de Cuiabá) e agentes da Polícia Rodoviária Federal prenderam na noite desta quarta-feira (11.12) três homens por roubo.

12 de Dezembro de 2019 as 15h19

Estado

PM prende suspeito de roubar loja de produtos agrícolas; comparsa morreu após ameaçar policiais

Policiais militares do 12º BPM de Sorriso (a 420 km de Cuiabá) prenderam um homem, identificado como A.G.R.S.B.S. (20 anos), pelo roubo a uma loja de produtos agrícolas. O comparsa dele, L.P.S. (27), foi morto após ameaçar atirar nos policiais.

12 de Dezembro de 2019 as 15h16

Estado

Advogada é detida suspeita de entrar em penitenciária com relógio inteligente e câmera espiã em Cuiabá

Priscilla Braga Alves, de 30 anos, negou que entregaria acessórios a qualquer preso. Agentes também encontraram um papel com instruções de como ligar, gravar e desligar a câmera espiã.

11 de Dezembro de 2019 as 14h39

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Enquete

veja +

COTAÇÃO