Finanças

Governo vai oferecer nova linha de crédito consignado ao servidor público

O objetivo é não deixar que o servidor fique desprovido da possibilidade de adquirir créditos suplementares a sua renda durante o período de transferência e implantação do novo sistema de gerenciamento de consignação em folha.

Fonte:MT Agora - Seges-MT
11 de Agosto de 2016 as 16h 18min

A partir da próxima semana, o servidor público efetivo do Poder Executivo Estadual terá acesso a uma nova linha de crédito consignado junto ao Banco do Brasil, com a mesma taxa de juros oferecida no processo regular de consignação em folha. O objetivo é não deixar que o servidor fique desprovido da possibilidade de adquirir créditos suplementares a sua renda durante o período de transferência e implantação do novo sistema de gerenciamento de consignação em folha. Outra novidade, visando exclusivamente o benefício ao servidor público, é que o período de carência para debitar as parcelas no pagamento será de cinco meses.

O secretário de Estado de Gestão, Júlio Modesto, explicou que quando o Estado renovou o contrato da compra de folha de pagamento do Estado com o Banco do Brasil, em setembro do ano passado, foi previsto na cláusula quarta, parágrafo 6º, que o banco pudesse operar com alguns meses de carência. “Agora que o Estado entrou neste momento de suspensão temporária das consignações por dois meses, nós fomos ao Banco do Brasil para buscar justamente a possibilidade de usar o que está previsto contratualmente. E esta é a novidade para o servidor público. Ele não vai sentir, neste momento de transição, a perda de acesso ao recurso consignado, que é a modalidade mais barata que o mercado financeiro oferece, e ainda terá cinco meses de carência para pagar a primeira parcela”, ressaltou.

De acordo com Modesto, o servidor público estadual efetivo poderá buscar as agências do Banco do Brasil a partir da próxima semana. “Estamos agora trabalhando e costurando os processos internos para atender aos pedidos dos novos empréstimos ou até mesmo de migração de portabilidade de empréstimos existentes. As modalidades continuam e o que importa agora é como fazê-las. A partir da procura no banco, a Seges juntamente com o Banco do Brasil irá validar a margem que o servidor tem para poder tomar de crédito”, explicou.

Modesto lembrou que o Banco do Brasil é o principal parceiro financeiro do Estado, pois as contas de recebimento de salário dos servidores, em sua maioria, sejam elas conta corrente ou conta salário, são da entidade financeira devido ao contrato existente com o Executivo Estadual. “E é por meio deste contrato que previmos que num momento de transição, que acontece agora, poderíamos usar dessa prerrogativa. E o Banco atendeu essa demanda e está oferecendo nesse momento, não dois meses de carência, mas cinco meses. Isso irá oportunizar ao servidor um fôlego ainda maior nesse período”, completou.

O secretário disse ainda que o Estado está trabalhando para que em dois meses o sistema de consignação em folha volte a sua normalidade para que possa operar com todas as entidades consignatárias, sejam elas financeiras ou não, podendo até mesmo reduzir o prazo, mas que neste momento é importante destacar a alternativa encontrada junto ao Banco do Brasil com um produto e prazo diferenciado para atender o servidor. “O Estado não iria, de forma alguma, deixar o servidor desamparado. Nós estamos oferecendo esta linha de crédito em parceria para mostrar que estamos preocupados sim com o servidor público, e isto irá fortalecer ainda mais a questão da educação financeira do nosso servidor. Ofertar crédito barato é uma política de Estado. Ofertar o acesso a esse crédito é nossa política de Estado. E nós estamos buscando essa parceria com o Banco do Brasil nesse primeiro momento”, concluiu.

O gerente geral da Agência Setor Público do Banco do Brasil, Whellen Gonçalo de Arruda, esclareceu que diante da contingência e da mudança da empresa que atualmente representa o sistema de consignados, e atendendo a um chamamento do Governo, foi proposta uma alternativa, mas para o servidor em si não muda a forma de adquirir empréstimos. “A taxa de juros será a mesma e, na verdade, tudo que ele já tem de benefícios no Banco do Brasil, ele continuará tendo. Basta que ele procure uma rede de agências na medida em que precisar de um empréstimo. Nosso pessoal estará orientado para realizar as operações. A Seges vai fazer a gestão em relação à liberação das operações, conforme a margem do servidor”.

Arruda explicou ainda que a nova linha de crédito consignado irá valer tanto para novos empréstimos, quanto para renovações e mesmo para outros empréstimos que venham a ser fruto de compra de dívida. “O importante é dizer ao servidor que, diante da situação, o Banco procurou trazer uma oportunidade de realizar o empréstimo junto à instituição financeira oficial do Governo do Estado, a fim de que o governo e o próprio servidor sintam o menos possível esta situação”, finalizou.


COMENTARIOS

Mais de Estado

Coronavírus em Sorriso

Sorriso tem primeiro caso suspeito de coronavirus em homem que esteve na Europa

O paciente deu entrada com sintomas da doença na quarta-feira (26) em um hospital particular da cidade

28 de Fevereiro de 2020 as 21h17

Acidente

Caminhão atropela PMs em moto durante atendimento a ocorrência em MT

Eles estavam acompanhando uma ocorrência de um carro que teria sido roubado quando sofreram o acidente.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h57

Trânsito

Rios transbordam e interrompem o trânsito em duas BRs em MT

Trechos das BRs 174 e 242 estão intransitáveis. Com as chuvas intensas, o nível dos rios subiu e estradas alagaram.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h49

Matrículas da Rede Estadual

Matrículas web para novos alunos da rede estadual de ensino começam na 3ª em MT

Os pais precisam ficar atentos para o preenchimento do cadastro que é obrigatório, para assim efetuar a matrícula em escolas que iniciarão o ano letivo em 23 de março de 2020.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h45

PROCESSO SELETIVO

Prefeitura de Barra do Garças (MT) abre processo seletivo com 139 vagas

Os profissionais que forem efetivados terão a remuneração de R$ 1,3 mil a R$ 2,6 mil, em regime de 24 a 40 horas semanais.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h42

Reforma

Moradores vão reformar escola que está desativada em comunidade rural de MT

A escola é utilizada para reuniões e cursos para moradores e local de votação para eleições em Poconé.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h40

Furto ou Assalto

Carro é abandonado após motorista bater em poste e é encontrado sem as rodas e bateria em avenida de Cuiabá

Não há informações se o carro havia sido furtado ou assaltado. A chave do automóvel foi deixada ao lado do veículo.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h37

Esfaqueamento

Jovem de 18 anos grita por socorro e é morta a facadas em MT; ex-marido é suspeito do crime

Testemunhas contaram à polícia que Laiany Lemos Almeida, de 18 anos, e o suspeito moravam juntos e tinham dois filhos. O casal havia se separado há pouco tempo.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h34

Acidente

Bancária bate em viatura da polícia em Cuiabá

A mulher dirigia um carro SUV, que teve a parte da frente destruída pela batida.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h29

Investigação

Operação investiga roubos de veículos e venda de peças na Grande Cuiabá

Grupo investigado tem a prática de manter as vítimas reféns nos crimes de roubo a caminhões e cargas.

28 de Fevereiro de 2020 as 13h26

Medidas Tomadas

Secretaria de Saúde acompanha ações locais sobre coronavírus

As condutas seguem o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde para o COVID-19, que visa à proteção individual e coletiva

28 de Fevereiro de 2020 as 07h58

Desenvolvimento

Cooperação entre Governo e prefeituras vai possibilitar pavimentação de 86 km de rodovias

As obras serão possíveis graças a parceria com as prefeituras de Porto dos Gaúchos e Ipiranga do Norte

28 de Fevereiro de 2020 as 07h56

Operação Carnaval

Mesmo com aumento de pontos festivos, índices criminais têm redução em MT

O número de homicídios registrou queda de 17%; nenhum dos casos ocorreu em locais de festividade

28 de Fevereiro de 2020 as 07h54

Prisão

Justiça mantém prisão de fazendeiro acusado de matar agrônomo em MT

Silas Henrique Palmieri Maia, de 33 anos, foi assassinado dentro de um restaurante em fevereiro de 2019. Fazendeiro contou que se sentiu incomodado com a presença do engenheiro na fazenda, mas que não queria matá-lo.

26 de Fevereiro de 2020 as 15h02

FUGA

Motorista bate carro em canteiro de avenida, abandona veículo e foge em Cuiabá

As placas do veículo são de Belo Horizonte e há um adesivo de locadora. A suspeita é que o carro seja alugado.

26 de Fevereiro de 2020 as 14h57

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO