Crime

Gaeco apura indícios de crime na concessão de benefícios fiscais no Mato Grosso

Há indícios de supostos crimes cometidos por funcionários de empresas distribuidoras de medicamentos em associação com servidores públicos estaduais.

Fonte: CenárioMT
04 de Setembro de 2020 as 15h 58min

Foto Por Internet

  Integrantes do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado no Estado do Mato Grosso (Gaeco) estão investigando indícios de supostos crimes cometidos por funcionários de empresas distribuidoras de medicamentos em associação com servidores públicos estaduais.

  As evidências já reunidas motivaram o Ministério Público estadual (MP-MT) e a Polícia Militar (PM) a deflagrar hoje (4) uma operação para cumprir quatro mandados de busca e apreensão em endereços ligados a alguns dos investigados, cujos nomes não foram divulgados. Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá.

  Segundo o MP, as provas recolhidas esta manhã, na chamada Operação Sem Receita, contribuirão para o aprofundamento da investigação de supostos crimes de corrupção passiva e ativa, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

  Ainda de acordo com membros do Gaeco, agentes públicos erram corrompidos para conceder a distribuidoras de remédios benefícios fiscais previstos no Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial do Estado de Mato Grosso (Prodeic), criado em 2003 e então administrado pela extinta Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme).

  As supostas fraudes na concessão dos incentivos teriam ocorrido em 2014, mas as vantagens financeiras foram obtidas nos anos seguintes e podem ter causado um prejuízo aos cofres públicos estaduais superior a R$ 27 milhões.

  Em nota, a secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec) informou que o processo de concessão dos benefícios fiscais foi reformulado em 2019. “A lei estadual nº 631/2019 transformou a concessão de incentivos fiscais em uma adesão. Desta forma, qualquer empresário pode acessar o site da Sedec ou da Sefaz e aderir aos benefícios, tornando o processo seguro, transparente e isonômico”, informou a pasta.

  Operação Sodoma
  Denúncias de irregularidades na concessão de benefícios fiscais por meio do Prodeic vêm sendo investigadas há anos, tendo levado para a prisão o já então ex-governador Silval Barbosa (2010-2014) e secretários de estado da equipe de Barbosa, alvos da Operação Sodoma.

  A operação, cujo nome foi escolhido em referência à cidade de Sodoma (cuja destruição o Velho Testamento atribui ao comportamento dos habitantes), foi deflagrada em setembro de 2015, em virtude de um inquérito policial que apurou a existência de uma organização criminosa instalada no alto escalão do Poder Executivo mato-grossense.

  Já na época, o Ministério Público estadual apontou que, entre 2011 e 2014, membros do governo receberam propina de empresas privadas em troca da concessão de incentivos do Prodeic e da manutenção de contratos de prestação de serviços.

  A Operação Sodoma teve ainda outras fases, durante as quais investigadores afirmam ter reunido evidências de que as práticas ilícitas envolvendo agentes públicos estaduais do primeiro escalão ocorriam já em gestões anteriores.

  Investigado também no âmbito da Operação Ararath – deflagrada em 2013, pela Polícia Federal (PF), para apurar crimes financeiros -, Barbosa assinou um acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR), em 2017.

  A partir das informações fornecidas pelo ex-governador, procuradores concluíram que empresários e políticos locais tinham formado uma organização criminosa para garantir a “manutenção da governabilidade e o pagamento de dívidas de campanha”, cobrando propinas em obras do governo.

  Em 2017, Barbosa foi condenado a 13 anos e sete meses de prisão por fatos apurados no âmbito da Operação Sodoma. No entanto, por ter confessado seus crimes e assinado o acordo de delação com a PGR, o ex-governador passou apenas cerca de dois anos detido no Centro de Custódia de Cuiabá antes de obter progressão para o regime de prisão domiciliar.

  Um dos citados na delação de Barbosa foi seu antecessor no governo mato-grossense, o ex-governador e ex-senador pelo Mato Grosso, Blairo Maggi, a quem a PGR denunciou  por corrupção, em 2018. Maggi nega as acusações. Quando foi denunciado, o então ministro da Agricultura alegou que os fatos já tinham sido apurados e as suspeitas descartadas, com o arquivamento do inquérito por falta de provas.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Mudança na Constituição

Governador pede mudança na Constituição de MT para concessão de terras públicas sem aval da AL e STF dá 10 dias para Assembleia se manifestar

A ação foi protocolada no Supremo no dia 19 deste mês e está sob a relatoria da ministra Rosa Weber. Nesta quarta-feira (25), a magistrada deu o prazo de 10 dias para que a Assembleia Legislativa se manifeste sobre a ação.

26 de Novembro de 2020 as 15h25

Denúncia

Lei obriga estabelecimentos a denunciar a violência contra a mulher em MT

Segundo um levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Mato Grosso é o estado com o maior aumento no número de feminicídios durante o isolamento social com um aumento de 400% se comparado até o mês de março de 2019.

26 de Novembro de 2020 as 15h22

Escolas Desativadas

Secretário de Educação de MT diz na AL que 19 escolas serão desativadas e não 300

Alan Porto foi à Assembleia Legislativa a convite dos deputados Henrique Lopes (PT) e Lúdio Cabral (PT) para prestar esclarecimentos acerca do comunicado recebido por escolas do estado sobre o encerramento das atividades.

26 de Novembro de 2020 as 15h19

Investimento

Governo propõe investir mais na segurança pública do que na educação em MT

O governo destinou mais receita de investimentos à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) do que à Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

26 de Novembro de 2020 as 07h06

Covid-19

Quatro mortes por Covid e 760 novos casos da doença são registrados nas últimas 24h em MT

Com as novas confirmações, o estado notificou, até esta quarta-feira (25), 156.937 casos e 4.111 óbitos em decorrência do coronavírus no estado.

26 de Novembro de 2020 as 07h05

Covid-19

MT registra 18 mortes por Covid e 725 novos casos da doença nas últimas 24h

Desde o início da pandemia, já foram notificados 156,1 mil casos e 4.107 mortes. Desse total, 5.276 estão em isolamento domiciliar e 146.353 estão recuperados.

25 de Novembro de 2020 as 06h43

LOA

Orçamento de 2021 prevê investimentos de R$ 2,1 bilhões em infraestrutura em MT

A primeira audiência pública para debater o tema foi realizada de forma on-line pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa (CCJR), nesta terça-feira (24).

25 de Novembro de 2020 as 06h41

Covid-19

MT registra 85 novos casos de Covid-19 e 7 mortes nas últimas 24 horas

Dos 154.924 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.021 estão em isolamento domiciliar e 145.387 estão recuperados.

23 de Novembro de 2020 as 06h43

Empreendedoras

Pesquisa aponta que mulheres são donas de 31% das empresas em Mato Grosso

Segundo dados da pesquisa, as mulheres donas de negócios têm maior escolaridade que os homens (16% maior) e também um nível de formalização maior que o dos homens já que 31% possuem CNPJ, enquanto no grupo dos homens, apenas 29% são formalizados.

23 de Novembro de 2020 as 06h31

Covid-19

Mato Grosso registra 243 novas confirmações e um óbito em 24h

Quase 155 mil pessoas tiveram a doença desde março, quando começou a pandemia em Mato Grosso

22 de Novembro de 2020 as 09h02

Entrevista da Semana

Governo de MT facilita acesso do agricultor familiar à tecnologia e faz justiça social, afirma Silvano Amaral

O secretário de Agricultura Familiar analisa que os investimentos no setor são necessários para desenvolver as cadeias produtivas de todo o Estado

22 de Novembro de 2020 as 08h52

Covid-19

Mato Grosso registra 154.839 casos e 4.082 vidas perdidas por Covid-19

Dos 154.839 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.071 estão em isolamento domiciliar e 145.257 estão recuperados.

22 de Novembro de 2020 as 08h46

Fiscalização

Operação fiscaliza 17 propriedades em MT e aplica R$ 4,2 milhões em multas na região Amazônica

Também foram flagrados instalação de atividade pecuária sem licença e desmatamento em área embargada.

22 de Novembro de 2020 as 08h43

Covid-19

Após oito meses de pandemia, média móvel de casos de Covid por dia volta a crescer em MT

A média móvel chegou a 640 casos por dia nesta semana, um aumento de 30% em relação a semana anterior. A média de mortes teve um aumento de 118% em relação as duas últimas semanas.

20 de Novembro de 2020 as 21h20

Pantanal

Mato Grosso disponibiliza R$ 160 milhões para recuperação da pecuária do Pantanal

O planejamento é disponibilizar até R$ 440 milhões até 31 de dezembro de 2021 em diversos pontos elencados pelo Plano Emergencial.

17 de Novembro de 2020 as 21h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO