Operação Onda Verde

Fiscalização ambiental interrompe furto de madeira em Terras Indígenas de Mato Grosso

Uma ação ocorreu no interior da Terra Indígena Manoki, da etnia Irantxe, entre os dias 23 e 24 de novembro.

Fonte:MT Agora - Assessoria
20 de Dezembro de 2015 as 01h 24min

Dentro da Operação Onda Verde, no final do mês de novembro, foram realizadas ações de fiscalização em terras indígenas do noroeste mato-grossense, combatendo ilícitos ambientais como desmatamento e furto de madeira. As ações foram executadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em conjunto com a Fundação Nacional do Índio (Funai), com a Força Nacional de Segurança Pública e com o Batalhão da Polícia Ambiental, nas Terras Indígenas Manoki, município de Brasnorte, e Kawahiva do Rio Pardo, município de Colniza, distantes 580 e 1060 km de Cuiabá.
 
Uma ação ocorreu no interior da Terra Indígena Manoki, da etnia Irantxe, entre os dias 23 e 24 de novembro. A fiscalização ambiental se deparou com uma grande área de extração ilegal de madeira. Os infratores se evadiram do local e abandonaram nas áreas de exploração dois tratores, uma caminhonete e uma motocicleta. Foi localizado um acampamento no meio da floresta com produtos alimentícios e equipamentos para permanência no mato, como colchões, redes, vestuários, fogão e utensílios de cozinha.
 
Parte da equipe se deslocou até a aldeia indígena Irantxe mais próxima na busca de apoio para a retirada dos maquinários. O cacique e mais um indígena acompanhou a equipe até o local e cooperou na execução dos trabalhos.
 
Devido as péssimas condições dos tratores antigos, com equipamentos de segurança avariados, com ausência de luzes de sinalização, sem frenagem e oferendo riscos de acidente aos operadores, a equipe decidiu pela inutilização dos dois maquinários com uso de fogo. A caminhonete e a motocicleta foram apreendidas e retiradas do local, sendo depositadas na associação dos índios Irantxe. O acampamento foi destruído para dificultar a permanência dos invasores.
 
A Terra Indígena Manoki teve seus limites definidos em agosto de 2008, pelo Ministério da Justiça, e posteriormente foi demarcada pela Funai. Está localizada no município de Brasnorte, em região de expansão de lavouras agrícolas de grande porte, inclusive em seu interior. Devido a demora no processo de retirada dos ocupantes não índios, as atividades agropecuárias continuam sendo exercidas no interior da terra indígena. Mas o mais grave é o roubo de madeiras, principalmente por quadrilhas dos municípios de Nova Maringá/ MT e Brasnorte/ MT, ocasionando a dilapidação das matas nativas, o que pode comprometer a sobrevivência da população indígena do local.
 
Índios isolados
A outra ação foi na Terra Indígena Kawahiva do Rio Pardo, criada em março de 2007 e que possui extensão de 411.848 hectares, e está localizada na margem esquerda do rio Aripuanã, divisa com o estado do Amazonas. Os índios Kawahiva são considerados isolados, pois evitam o contato com a “sociedade civilizada”.
 
“A pressão sobre a floresta desta região tem aumentado uma vez que são maciços florestais que ainda possuem espécies nobres, de alto valor comercial, como o ipê”, aponta o gerente executivo do IBAMA em Juina, Evandro Selva. “Nossa função é reagir na mesma medida e frear este processo de devastação ambiental”, complementa Selva. Com a intensificação da fiscalização na região noroeste, as quadrilhas não estão fazendo estradas de acesso enquanto se faz o corte e arraste das toras, a estrada só é feita quando do transporte. E esse transporte é realizado rapidamente nos finais de semana, com o uso de grande quantidade de caminhões.
 
Em um dos locais identificados pelo IBAMA foram encontrados um acampamento, um trator adaptado para arraste de toras e 161 toras das espécies de ipê, cerejeira e garapeira. Para chegar no local de extração foram rompidos 32 bloqueios montados pelos madeireiros invasores, o que demorou um dia e meio.
 
O acampamento e o trator foram destruídos, conforme prevê a legislação, para evitar que a extração ilegal prosseguisse. As toras de madeira foram inutilizadas com fogo e motosserra para inviabilizar o uso comercial. A quadrilha de invasores se evadiu com a chegada da fiscalização.
 
O Ibama continuará monitorando a região para impedir novas ações de desmatamento e furto de madeira de terras indígenas e outras áreas protegidas.

COMENTARIOS

Mais de Estado

Prisão

Justiça mantém prisão de fazendeiro acusado de matar agrônomo em MT

Silas Henrique Palmieri Maia, de 33 anos, foi assassinado dentro de um restaurante em fevereiro de 2019. Fazendeiro contou que se sentiu incomodado com a presença do engenheiro na fazenda, mas que não queria matá-lo.

26 de Fevereiro de 2020 as 15h02

FUGA

Motorista bate carro em canteiro de avenida, abandona veículo e foge em Cuiabá

As placas do veículo são de Belo Horizonte e há um adesivo de locadora. A suspeita é que o carro seja alugado.

26 de Fevereiro de 2020 as 14h57

Marido Suspeito

Marido suspeito de matar mulher ao encontrá-la com amante passa por audiência de custódia nesta quarta-feira em MT

Joana Paula Vieira Rodrigues, de 45 anos, foi esfaqueada nas mãos, ao tentar se defender, e no pescoço.

26 de Fevereiro de 2020 as 14h50

AGRESSÃO

Mulher esfaqueia o namorado após ser agredida durante briga em MT

Vítima disse que foi agredida com socos e chutes. O casal namorava há três anos.

26 de Fevereiro de 2020 as 14h43

Pedágio

Decisão do Governo sobre a BR-163 pode tornar MT ‘Estado inviável’ e aumentar pedágio, aponta estudo

A BR-163 foi licitada pelo menor custo tarifário, já que seu plano de investimento era sustentado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

24 de Fevereiro de 2020 as 13h28

Sífilis

Mato Grosso registrou 8,5 mil casos de sífilis entre 2015 e 2019

Por meio do teste rápido, é possível diagnosticar a infeção sexualmente transmissível, que tem tratamento e cura.

23 de Fevereiro de 2020 as 10h21

Substituição

Presidente do TCE substitui dois conselheiros após STF manter afastados 5 titulares acusados de corrupção em MT

Segundo o TCE, as trocas foram feitas para garantir a todos os conselheiros a oportunidade de atuar no Tribunal Pleno.

23 de Fevereiro de 2020 as 10h06

Carnaval 2020

Mais de 50 mil passageiros devem passar pelo Aeroporto Marechal Rondon em MT durante o carnaval

Fluxo de passageiros nesse período é 20% maior. A recomendação nesse período de grande fluxo é que os passageiros se programem para chegar mais cedo.

23 de Fevereiro de 2020 as 10h02

Cultivo de Maconha

Sitiante é preso suspeito de cultivar maconha em terreno em MT

Além dos pés de maconha, foram encontradas drogas prensadas. Suspeito afirmou à polícia que é para consumo próprio.

20 de Fevereiro de 2020 as 14h38

Investigação

Padre é investigado pela polícia por suspeita de importunação sexual a duas mulheres em MT

Inquérito foi aberto depois que as mulheres procuraram a polícia para denunciar que tinham sido vítimas do padre.

20 de Fevereiro de 2020 as 14h35

Vagas de Emprego

Estão abertas 859 vagas de empregos pelo Sine em MT; oportunidades estão em 28 municípios

Estão abertas 859 vagas de empregos pelo Sine em MT; oportunidades estão em 28 municípios

20 de Fevereiro de 2020 as 09h25

Sem Alvará

Justiça manda fechar academia que não possui alvará nem profissional habilitado em MT

A academia continuava sem a presença de profissional habilitado em período integral de funcionamento.

20 de Fevereiro de 2020 as 09h13

Denuncia

Associação de Fabricantes de Placas denuncia Detran-MT por supostas irregularidades no novo sistema de emplacamento padrão Mercosul

Segundo a entidade, a resolução do Conselho Nacional de Trânsito sobre a implantação das novas placas teria sido descumprida.

20 de Fevereiro de 2020 as 09h10

Assalto

PM preso suspeito de assaltar agência de Correios é investigado por abusar de adolescente de projeto social

Vítima era aluna do projeto social 'Luz do Amanhã', comandado pela própria Polícia Militar. O objetivo do projeto, o qual Edmilson também trabalhava, é tirar crianças e adolescente das ruas.

19 de Fevereiro de 2020 as 14h38

Prisão

Marido é preso suspeito de matar e enterrar corpo de mulher no quintal de casa em MT

Simone Ferreira estava desaparecida desde o dia 31 de janeiro. Suspeito disse à polícia que bateu a cabeça da mulher contra a parede durante uma briga do casal e depois a enterrou no quintal.

19 de Fevereiro de 2020 as 14h32

Guia MT

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO