Estado

Construção da 1ª ferrovia estadual de Mato Grosso é destaque nacional

A obra será iniciada em até seis meses após a emissão da licença ambiental de instalação

Fonte:Secom Mato Grosso
23 de Julho de 2021 as 10h 00min

Governador Mauro Mendes anuncia edital de chamamento público para construção de ferrovia estadual em Mato Grosso - Foto por: Mayke Toscano/Secom-MT

A construção da primeira ferrovia estadual em Mato Grosso, anunciada na segunda-feira (19.07) pelo governador Mauro Mendes, ganhou destaque e repercussão em vários veículos de imprensa nacional. A ferrovia estadual vai interligar Cuiabá a Rondonópolis, bem como Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, além de se conectar com a malha ferroviária nacional.

A decisão de lançar o chamamento público para a construção é uma iniciativa inédita do Governo de Mato Grosso e foi apontada pelo Jornal Folha de São Paulo como boa alternativa para o setor ferroviário, pois trata-se da retomada da política pública para promover a construção e a operação de ferrovias situadas integralmente nos seus respectivos territórios, para movimentação tanto de cargas quanto de passageiros.

Conforme artigo produzido pelo ex-subchefe-adjunto para assuntos jurídicos da Casa Civil da Presidência da República, Luís Felipe Valerim Pinheiro, na edição do dia 22 de julho, “o esforço destes estados partiu de sólido e cuidadoso embasamento constitucional, legislativo e regulamentar, que tem seguido um criterioso rito para conferir toda a segurança jurídica a estes empreendimentos de competência eminentemente estadual”.

Todo o processo para a implantação da rodovia é dotado de segurança jurídica e visa alavancar a estrutura ferroviária e trazer desenvolvimento. ARevista Exame, em sua edição do dia 22 de julho, aborda o lançamento da ferrovia em um Estado que produziu mais 70 milhões de toneladas de grãos na safra 2020/2021 e pontua que a obra funcionará também como uma ponte econômica interligando indústria e comércio.

“É um passo importante para alavancarmos Mato Grosso e suas potencialidades”, declarou o governador Mauro Mendes. “Apesar de adversidades como a distância de outros grandes centros e a falta de infraestrutura, o Estado se tornou competitivo frente aos players nacionais e mundiais no agronegócio. Se mesmo sem as ferramentas adequadas conseguimos chegar tão longe, com essa expansão na malha ferroviária a expectativa é gigante”, afirmou o governador Mauro Mendes para a revista.

No dia 21 de julho, o Jornal O Globo publicou um artigo do doutor em direito Marçal Justen Filho, que considera muito bem-vindas as iniciativas de estados brasileiros para implantar ferrovias estaduais. Segundo ele, são soluções que, se somando às ações do governo federal, podem gerar efeitos positivos.

“Aguardar a iniciativa da União pode ser muito demorado. Não há impedimento a que o estado tome a iniciativa e promova essas novas conexões. Pelos mesmos motivos, muitas demandas são atendidas por meio de rodovias estaduais, essenciais ao desenvolvimento e para satisfazer as necessidades das populações locais”, diz trecho do artigo.

O desenvolvimento econômico e social também foi citado. “A implantação de ferrovias estaduais, conectadas às federais, ampliará a capacidade de transporte, reduzirá custos e destravará investimentos indispensáveis ao desenvolvimento. A ampliação da infraestrutura ferroviária brasileira é um objetivo comum de todos os entes federados. A colaboração dos esforços entre eles é indispensável. No cenário brasileiro, nenhuma conjugação de esforços e de recursos para ampliar os meios de transporte ferroviário pode ser rejeitada ou impedida”, finalizou Marçal.

O JornalCorreio Brazilienserepercutiu o lançamento do edital e o investimento R$ 12 bilhões para a construção da ferrovia. A obra impulsionará o agronegócio da unidade da Federação por facilitar o transporte de alimentos.

“Uma ferrovia que sai da região sul do estado e chega à capital Cuiabá e à região central do estado vai melhorar muito a nossa condição logística, a competitividade das nossas empresas e do próprio produtor. Tenho certeza que, com essa melhoria de logística, ele pode ter uma redução no custo do frete”, disse o governador Mendes, ao Correio.

 

Confira em anexo o artigo da Folha de São Paulo

Confira abaixo à integra do artigo no Jornal O Globo

 

Ferroviais estaduais são ótima solução

Por Marçal Justen Filho


A União ampliou os seus esforços para incentivar a construção de ferrovias, indispensáveis para superar os gargalos da infraestrutura. Mas os esforços da União têm limites. E há muito a ser feito no setor.

São muito bem-vindas as iniciativas de estados brasileiros para implantar ferrovias estaduais. São soluções que, se somando às ações do governo federal, somente podem gerar efeitos positivos.

Durante as últimas décadas, as ferrovias brasileiras têm sido implantadas como resultado da atuação federal. Mas a competência da União envolve ferrovias interestaduais. Os estados dispõem de autonomia para tratar do assunto nos seus territórios.

Em muitos casos, o transporte local não é prioridade ou até mesmo considerado no planejamento da União para construção de ferrovias. Há conexões estaduais internas essenciais para atendimento das necessidades dos produtores locais.

Aguardar a iniciativa da União pode ser muito demorado. Não há impedimento a que o estado tome a iniciativa e promova essas novas conexões. Pelos mesmos motivos, muitas demandas são atendidas por meio de rodovias estaduais, essenciais ao desenvolvimento e para satisfazer as necessidades das populações locais.

Não há motivo — nem jurídico, nem econômico — para reservar à União o monopólio dos transportes ferroviários. É claro que essas ferrovias estaduais se conectarão com as federais. O fim último é levar as cargas até os grandes centros e portos marítimos. O acesso ao destino final depende da interconexão da ferrovia estadual com a federal. Isso não significa que a estadual se transforme em federal.

O tráfego nas federais continuará sujeito à competência regulatória federal, assim como o tráfego nas estaduais será regulado pelo ente estadual.A implantação de ferrovias estaduais, conectadas às federais, ampliará a capacidade de transporte, reduzirá custos e destravará investimentos indispensáveis ao desenvolvimento.

A ampliação da infraestrutura ferroviária brasileira é um objetivo comum de todos os entes federados. A colaboração dos esforços entre eles é indispensável. No cenário brasileiro, nenhuma conjugação de esforços e de recursos para ampliar os meios de transporte ferroviário pode ser rejeitada ou impedida.
*Doutor em direito


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Estado

Estado

Detran é um dos órgãos que mais atendem às recomendações de controle interno, segundo a CGE

O Detran aparece com 94,11% de aderência às recomendações da Controladoria Geral do Estado no índice global de adesão dos órgãos e entidades do Governo de Mato Grosso

26 de Outubro de 2021 as 11h45

Estado

Detran é um dos órgãos que mais atende as recomendações de controle interno, segundo a CGE

O Detran aparece com 94,11% de aderência às recomendações da Controladoria Geral do Estado no índice global de adesão dos órgãos e entidades do Governo de Mato Grosso

26 de Outubro de 2021 as 11h15

Estado

Unidades penais de Cuiabá e Sinop reforçam segurança com drone

Com mais esta turma, somam 60 profissionais qualificados em Cuiabá e Sinop

26 de Outubro de 2021 as 10h30

Estado

Operação da PF combate fraudes em pregões eletrônicos do Dnit

A investigação começou em 2020, conforme auditoria do TCU

26 de Outubro de 2021 as 10h30

Estado

"Setor de base florestal apoia plenamente o programa Carbono Neutro MT ", afirma presidente do Cipem

Entidade assinou termo de adesão como apoiadora da meta de neutralizar a emissão de gases do efeito estufa até 2035

26 de Outubro de 2021 as 09h45

Estado

SP tem aumento de estupros, latrocínios, roubos e furtos em setembro

Já os homicídios dolosos tiveram queda com relação ao ano passado

25 de Outubro de 2021 as 18h00

Estado

Setasc realiza chamamento público para organizações com projetos relacionados à Política Nacional de Assistência Social

O período de seleção ocorrerá por meio de proposta a ser entregue presencialmente até o dia 28 de outubro

25 de Outubro de 2021 as 18h00

Estado

Mato Grosso vai à COP 26 apresentar ao mundo que é possível produzir e conservar o meio ambiente

Além de Mauro Mendes, outros nove servidores compõem a comitiva do Governo de Mato Grosso na conferência

25 de Outubro de 2021 as 17h45

Estado

Documentário que homenageia Agostinho Bizinoto será lançado nesta quarta-feira (27)

Documentário “Um Semeador de Arte e Cultura – Agostinho Bizinoto” foi contemplado no edital Conexão Mestres da Cultura, da Secel

25 de Outubro de 2021 as 17h45

Estado

Operação da PM apreende 35 veículos e prende motorista por embriaguez na MT-235

A fiscalização aconteceu no último domingo, na rodovia estadual, região dos Rio dos Patos, município de Santa Rita do Trivelato

25 de Outubro de 2021 as 17h30

Estado

Covid-19: corrida de São Silvestre exigirá comprovante de vacinação

A presença do público na chegada será impedida pela organização

25 de Outubro de 2021 as 17h15

Estado

Segunda-feira (25): Mato Grosso registra 545.526 casos e 13.915 óbitos por Covid-19

Há 76 internações em UTIs públicas e 36 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 27% para UTIs e 6% em enfermarias

25 de Outubro de 2021 as 17h15

Estado

Dia de Campo mostra manejo de pastagem e melhoramento genético para bovinocultura leiteira

O evento contou com a participação de 65 produtores de Araputanga, Cáceres, Figueirópolis D´Oeste, Mirassol D´Oeste e Vale de São Domingos

25 de Outubro de 2021 as 17h15

Estado

Indea capacita médicos veterinários em diagnóstico de síndromes hemorrágicas de suínos

Receberam o treinamento, profissionais de todas as Unidades Regionais de Supervisão do Instituto

25 de Outubro de 2021 as 17h15

Estado

Mais MT Muxirum atende 38 turmas em Nossa Senhora do Livramento

Em 2021, o programa superou o número de inscritos da última edição no município

25 de Outubro de 2021 as 17h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO