Trabalhadores têm direito à revisão do FGTS

As perdas ocorreram devido à correção errada da Taxa de Referencial, que é aplicada sobre os saldos depositados no Fundo.

17/01/2014 - 05:52:00

   

O Supremo Tribunal Federal (STF) considerou a Taxa Referencial (TR), responsável pela correção monetária de precatórios e do FGTS entre os anos de 1999 e 2013, como inconstitucional.

Os trabalhadores brasileiros que mantiveram, durante este período, contrato de trabalho em regime CLT, contribuindo com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, podem pedir revisão pleiteando a diferença na justiça.

As perdas ocorreram devido à correção errada da Taxa de Referencial, que é aplicada sobre os saldos depositados no Fundo. Por esse motivo, todas a pessoas que trabalharam nos últimos 14 anos, incluindo os aposentados, têm o direito de entrar com ação judicial pedindo correção. Segundo estimativas, a diferença percentual entre o que o trabalhador recebeu e o que de fato deveria ter recebido varia de 60% a 80%, dependendo da jornada de trabalho.

Os aposentados e contribuintes que já tenham sacado o FGTS também tem o direito de revisão.

MT Agora

Mais Noticias

Ranking

Lucas do Rio Verde está entre os 11 municípios de MT responsáveis por 5% dos R$ 90 bi exportados no país

Ranking

Nova Mutum se destaca entre os 50 maiores exportadores do país

Perspectivas

FMI melhora pela 1ª vez previsão para o PIB do Brasil em 2016

Poucas Expectativas

Faltando menos de 20 dias para Arena Cultural, comércio de Lucas está sem muitas perspectivas

13/07/2016 -

Estudo de empresa chinesa aponta viabilidade de ferrovia bioceânica que passará por Lucas

Planejada para ser construída em nove anos e com quase cinco mil quilômetros de extensão, a ferrovia começará em Goiás e passará por Lucas do Rio Verde.

11/07/2016 -

Mato Grosso emplaca 10 empresas entre as maiores companhias do país em venda líquida

Entre os empreendimentos estão empresas na área do agronegócio, transporte, varejo, serviços de saúde e infraestrutura.

09/07/2016 -

Presidente da CNI fala em mudar lei trabalhista e cita jornada de 80 horas

Robson Braga usou como exemplo reforma trabalhista adotada na França. Reforma prevê jornada semanal de 60h (e não 80) em casos excepcionais.

09/07/2016 -

Revista Exame destaca o Sicredi entre as Melhores & Maiores 2016

Pelo 5º ano consecutivo, ranking que reúne as 1.000 maiores empresas do Brasil traz a instituição financeira cooperativa em diversas categorias como a 3ª posição em Crédito Rural e, pela 1ª vez, 6ª posição em Crédito para Médias Empresas

08/07/2016 -

Governador apresenta finanças a procuradores e discute Pacto por Mato Grosso

O governador Pedro Taques esteve reunido com o Colégio de Procuradores da Justiça, nesta quinta-feira (07.07), na sede do Ministério Público Estadual (MPE), ocasião em que apresentou todos os dados fiscais do Executivo.

08/07/2016 -

Mato Grosso propõe que empresas em parceria público-privada acessem recursos do FDCO

Governo federal anunciou, na ocasião, que vai ampliar prazo de pagamento dos financiamentos para o setor agropecuário.

08/07/2016 -

Secretaria da Fazenda divulga índice preliminar dos municípios de Mato Grosso

Prefeituras terão o prazo de 30 dias corridos, contados a partir da publicação da Portaria nº 125/2016, para apresentar impugnações

07/07/2016 -

Estado de MT contabiliza prejuízos da greve

Pelo cálculo do governo, das 28 categorias que aderiram ao movimento grevista – por conta do não pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) em 11,28% -, 10 já retornaram ao trabalho.

01/07/2016 -

Empresas geram mais empregos pelo 2º mês seguido em Lucas do Rio Verde

No acumulado do ano, Lucas soma 512 empregos gerados a mais, já que houve 5.203 admissões e 4.691 desligamentos.

30/06/2016 -

Desemprego fica em 11,2% no trimestre encerrado em maio

É a maior taxa de desocupação desde o início da pesquisa, em 2012. De março a maio, havia cerca de 11,4 milhões de pessoas desocupadas.

30/06/2016 -

Governo anuncia reajuste médio de 12,5% para Bolsa Família

Impacto é de R$ 270 milhões ao mês, mais de R$ 3 bilhões ao ano. Reajuste maior do que o anunciado por Dilma vale a partir de 18 de julho.

30/06/2016 -

Lâmpadas incandescentes deixam o mercado nacional no dia 1° de julho

As de 60 W, que eram as mais usadas, já estão proibidas desde 2015. Comerciante que descumprir pagará multa de R$ 100 a R$ 1,5 milhão.

29/06/2016 -

Bandeira tarifária continua na cor verde em julho, diz Aneel

O mês de julho será o quarto consecutivo sem a cobrança extra na conta de luz.

29/06/2016 -

Governo decide criar novo grupo para discutir reforma da Previdência

Grupo anterior era maior e incluía várias entidades de trabalhadores. Segundo Casa Civil, objetivo é aprovar reforma ainda neste ano.

23/06/2016 -

Ferrovia ligando Lucas a Sinop e Pará também pode entrar em pacote de concessões

A ferrovia que deve ligar Lucas do Rio Verde, passando por Sinop e chegando a Itaituba (PA), distrito de Miritituba.