Economia

Ministro pede apoio de servidores públicos à reforma administrativa

Possibilidade de apoio é zero, diz entidade que representa categoria

Fonte:EBC
24 de Novembro de 2021 as 14h 00min

© Wilson Dias/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu hoje (24) o apoio dos servidores públicos à proposta de reforma administrativa encaminhada pelo governo ao Congresso Nacional em setembro de 2020. Segundo o ministro, se aprovada, a proposta não vai atingir “nenhum direito do funcionalismo público federal”.

Guedes fez o pedido ao participar do 1º Seminário da Corregedoria do Ministério da Economia. “Propusemos uma reforma administrativa que não iria atingir nenhum direito do funcionalismo público atual. Apenas íamos criar um filtro para valorizar o funcionalismo”, disse o ministro.

Entre as mudanças contidas na proposta, Guedes destacou o fato de o servidor não obter estabilidade ao passar no concurso público. Para conseguir a estabilidade, a pessoa aprovada em concurso terá de “ser avaliada na sua integridade, na prestação de serviço, assiduidade, capacidade de trabalhar em equipe”. explicou o ministro. “Só então ele vai merecer a estabilidade de emprego que os quadros atuais já têm.”

Portanto, acrescentou Paulo Guedes, “peço apoio do nosso funcionalismo [à proposta de reforma administrativa], porque o que estamos falando é de modernização do serviço público, digitalização, maior produtividade e meritocracia”. Dirigindo-se aos corregedores que participaram do seminário, Guedes fez elogios à “contribuição que o funcionalismo deu ao interromper, por um ano e meio, os reajustes de salários” durante a pandemia. “Mantivemos o Brasil girando, trabalhando, boa parte, em home office”, afirmou.

Contatado pela Agência Brasil, o secretário-geral da Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Condsef), Sergio Ronaldo da Silva, disse que “a possibilidade de os servidores públicos apoiarem a proposta de reforma administrativa é zero”, uma vez que ela seria a “configuração de um desmonte do serviço público, com o intuito de repassar o que é público ao privado, por meio da Lei de Terceirização”.

“[A proposta] não terá apoio porque, em primeiro lugar, um gestor que considera funcionários públicos como inimigos ou como parasitas não merece apoio. Em segundo lugar, porque ele [Guedes], até hoje, não apresentou dados críveis. Começou dizendo que a economia com a reforma administrativa seria de R$ 300 bilhões em dez anos. Depois disse que seria de R$ 450 bilhões, e agora diz que é de R$ 800 bilhões. Cada hora ele fala um número diferente. Não dá para acreditar”, argumentou o secretário-geral da Condsef.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Prévia da inflação, IPCA-15 de janeiro fica em 0,58%, informa IBGE

Índice desacelerou com queda na gasolina, apesar da alta nos alimentos

26 de Janeiro de 2022 as 10h00

Economia

Índice de Confiança da Construção recua 3,9 pontos em janeiro

Em médias móveis trimestrais, o índice caiu 1,1 ponto

26 de Janeiro de 2022 as 09h45

Economia

Índice Nacional de Custo da Construção sobe 0,64% em janeiro

Com o resultado, o índice acumula alta de 13,7% em 12 meses

26 de Janeiro de 2022 as 09h00

Economia

BNDES amplia para R$ 150 milhões Fundo Socioambiental

Perspectiva de captação passa de R$ 200 milhões para R$ 300 milhões

26 de Janeiro de 2022 as 09h00

Economia

Projeto preserva cultura da pesca artesanal de mexilhões em Niterói

Resultados práticos devem ser apresentados em três meses

26 de Janeiro de 2022 as 05h45

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

Valor mínimo para cada família é R$ 400

26 de Janeiro de 2022 as 05h15

Economia

Correntistas resgatam R$ 900 mil esquecidos em bancos, segundo BC

Cerca de 79 mil pessoas consultaram nova ferramenta do Registrato

25 de Janeiro de 2022 as 18h30

Economia

Arrecadação federal soma R$ 1,87 trilhão e bate recorde em 2021

Recuperação da economia e impostos sobre lucros garantem crescimento

25 de Janeiro de 2022 as 16h30

Economia

Governo destina R$ 500 mil para 126 entidades sociais através do Programa Nota MT

O resultado das doações está disponível no site do Nota MT, na opção Doe Sua Nota

25 de Janeiro de 2022 as 16h00

Economia

Confiança do empresário do comércio sobre 1,4% em janeiro, diz CNC

Indicador alcançou maior nível desde o início da pandemia de covid-19

25 de Janeiro de 2022 as 11h45

Economia

Tesouro Direto atinge vendas de R$ 3,293 bilhões em dezembro

Vendas superaram resgates no mês

25 de Janeiro de 2022 as 11h45

Economia

Demanda inesperada de acessos derruba site do Banco Central

Instituição informa que está ajustando a capacidade de atendimento

25 de Janeiro de 2022 as 10h15

Economia

Confiança do consumidor recua 1,4 ponto em janeiro, aponta FGV

Indicador é calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia

25 de Janeiro de 2022 as 10h00

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 6

Valor mínimo para cada família é R$ 400

25 de Janeiro de 2022 as 05h15

Economia

Cidadão pode verificar valores a receber de bancos no Registrato

Sistema do Banco Central permite consultar dados bancários e dívidas

24 de Janeiro de 2022 as 19h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO