Economia

Entidades do setor produtivo criticam aumento de juros

O aumento de 0,75 ponto percentual da taxa Selic (juros básicos da economia), para 3,5%, ao ano recebeu crí...

Fonte:EBC Economia
05 de Maio de 2021 as 19h 50min

© REUTERS/Bruno Domingos/Direitos Reservados

O aumento de 0,75 ponto percentual da taxa Selic (juros básicos da economia), para 3,5%, ao ano recebeu críticas de entidades do setor produtivo. Segundo elas, a alta da inflação é temporária, e o governo deveria estar estimulando o crédito, principalmente num momento de agravamento da pandemia de covid-19.

Em nota, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) classificou de "equivocada" a decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) de reajustar a Selic. Na avaliação da entidade, a atividade econômica, que vinha se recuperando no início do ano, voltou a desacelerar por causa da segunda onda de casos de covid-19, com a atividade industrial caindo 3,4% em março na comparação com fevereiro.

"O setor produtivo ainda sofre com os efeitos negativos ocasionados pela pandemia. Nesse momento, as medidas deveriam ser para estimular o crédito para consumidores e para empresas, no entanto, esse segundo aumento da Selic, de forma bastante expressiva, aumenta o custo do financiamento e não contribui para a retomada da economia", destacou, em nota, o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) também criticou o novo aumento de juros. A entidade ressaltou que existem setores como os serviços que continuam vulneráveis por causa das recentes medidas restritivas tomadas por vários estados e que precisariam de juros mais baixos neste momento.

"Neste cenário, a subida de juros promovida pelo Banco Central eleva a incerteza e pode intensificar os impactos negativos do fechamento de atividades econômicas, além de prejudicar a retomada do emprego verificada nos últimos meses", informou a Fiesp.

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) considerou o aumento em 0,75 ponto percentual da taxa básica de juros Selic como compatível com o cenário econômico atual. O aumento não surpreendeu, diz nota à imprensa da instituição.

"A despeito dos sinais de uma recuperação da atividade mais lenta, diante da situação da pandemia e do lento processo de imunização, o cenário fiscal e a escassez de insumos têm contribuído para o aumento das expectativas de inflação", analisou a Firjan.

A entidade esclarece que no contexto de incerteza, devem ser prioridades medidas estruturais que retomem a confiança do empresário e alavanquem a economia. "É preciso avançar com urgência na discussão sobre reformas que levem a um cenário fiscal menos nebuloso, mitigando a desconfiança do investidor e contribuindo para que o país supere a crise gerada pela covid-19", sinalizou a Firjan.

*Colaborou a repórter da Agência Brasil no Rio de Janeiro, Alana Gandra

Edição: Denise Griesinger


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Concursos públicos oferecem mais de 6,5 mil vagas em todo o país

São oportunidades para diferentes áreas de atuação e níveis de escolaridade, desde o fundamental ao superior

14 de Junho de 2021 as 01h15

Economia

Ministério lança Rota da Fruticultura no Distrito Federal

Investimento é de R$ 1 milhão

12 de Junho de 2021 as 13h45

Economia

Devolução do auxílio emergencial supera R$ 900 milhões no IR 2021 

Foram 311.931 pagamentos DARF de contribuintes que receberam o benefício, mas tiveram rendimentos acima de R$ 22.847,76

12 de Junho de 2021 as 09h15

Economia

Dia dos Namorados: casais contam como dividir vida a dois e negócios

Neste sábado (12) é comemorado o Dia dos Namorados. Conheça histórias de afinidade e cumplicidade também na vida empresarial

12 de Junho de 2021 as 01h30

Economia

Vendas do comércio têm crescimento de 1,6% em maio

O setor de materiais de construção voltou a ser destaque

11 de Junho de 2021 as 15h35

Economia

Rio repagina campanha para comemorar Dia dos Namorados

A campanha O Rio não Para, lançada pelo setor produtivo do turismo em 2019, foi retomada agora, com a meta de propo

11 de Junho de 2021 as 11h10

Economia

Desestatização da Codesa trará cerca de R$ 1 bilhão em investimentos

O governo federal publicou as regras para a desestatização da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa). De acord

11 de Junho de 2021 as 11h10

Economia

Setor de serviços cresce em abril, mas segue abaixo do nível pré-pandemia

Após cair 3,1% em março, o desempenho do setor de serviços se recuperou e cresceu 0,7% em abril, de acordo com dad

11 de Junho de 2021 as 11h10

Economia

Indicador antecedente de emprego da FGV sobe 4,7 pontos em maio

O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), apresentou crescimento de 4,

11 de Junho de 2021 as 11h10

Economia

Serviços crescem 0,7% em abril no país, diz IBGE

O volume de serviços no país teve alta de 0,7% em abril deste ano, na comparação com o mês anterior. Com o resul

11 de Junho de 2021 as 11h10

Economia

MME publica diretrizes para leilões de energia existente A-1 e A-2

O Ministério de Minas e Energia (MME) publicou hoje (11) no Diário Oficial da União (DOU) as diretrizes para a rea

11 de Junho de 2021 as 11h10

Economia

PGE já negociou R$ 45,17 milhões com contribuintes em atraso

Em vigência desde 10 de maio, o Refis Extraordinário do Governo do Estado, exclusivo para contribuintes em débito

10 de Junho de 2021 as 04h23

Economia

IBGE: custos da construção sobem 1,78% em maio

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) fechou o mês de maio com alta de 1,78%, ficando 0,09 ponto percent

10 de Junho de 2021 as 04h23

Economia

Lançamentos e vendas de imóveis crescem no 1º trimestre

Apesar da pandemia, os primeiros meses do ano foram positivos para as maiores incorporadoras do Brasil, que registrar

10 de Junho de 2021 as 04h23

Economia

Brasileiros mantêm em média 3,6 contas bancárias, aponta Ipec

O brasileiro com acesso à internet mantém 3,6 contas em bancos e outras instituições financeiras ao mesmo tempo,

10 de Junho de 2021 as 04h23

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO