Economia

Conab: Programa Modernização do Mercado Hortigranjeiro tem 1º boletim

Ceasas registram queda no preço da batata e alta da cebola

Fonte:EBC
20 de Janeiro de 2022 as 10h 30min

© Valter Campanato/Agência Brasil

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) registrou oferta recorde de batata nas centrais de Abastecimento (Ceasas), no mês de dezembro. De acordo com o 1º Boletim do Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro (Prohort), divulgado hoje (20) pela companhia, o cenário proporcionou queda de preços em quase todos os mercados atacadistas analisados.

A exceção foi apenas Rio Branco (AC), onde houve alta mensal de 8,11%. Nas demais, as reduções chegaram a 36,86% em Curitiba (PR), 30% no Rio de Janeiro, 27,3% em São Paulo, 22,92% em Belo Horizonte e 15,23% em Campinas (SP), detalha o boletim. Com isso, a batata foi vendida, em média, a R$ 0,77 o quilo no Rio de Janeiro e a R$ 1,48 em Belo Horizonte, estados onde a hortaliça saiu mais barata. Ainda segundo o levantamento, outros mercados também apresentaram cotações mais baixas. É o caso de Brasília (4,21%),  do Recife (4%) e de Fortaleza (3,77%).

O Boletim Prohort faz levantamento de dados estatísticos da Conab, tendo por base nove das principais centrais de abastecimento do país. Entre as hortaliças e frutas analisadas estão alface, batata, cebola, cenoura, tomate, banana, laranja, maçã, mamão e melancia.

A cebola segue registrando preços altos em todas as Ceasas avaliadas. Esses aumentos superaram a margem de 30% em pelo menos três mercados atacadistas: Recife (37,44%), Rio de Janeiro (32,29%) e Brasília (30,08%). A alta do produto ficou em 24,69% na Ceasa de Rio Branco; 23,50% na de Curitiba; 20,79% em São Paulo; 20,10% em Campinas; 20% em Fortaleza; e 19,68% em Belo Horizonte.

Recuperação de mercado e inflação

De acordo com o diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, Sergio De Zen, os resultados mostram que está em curso um realinhamento de preços, uma vez que o país exportou, ano passado, volume maior que o registrado nos outros anos. Na avaliação do diretor, isso indica “recuperação de mercados existentes e abertura de novos”.

"Outro ponto positivo do setor de hortifruti é que não estamos notando pressão inflacionária muito forte, porque temos produtos em alta, como a cebola, sendo compensados por preços em baixa,como a batata. Há equilíbrio entre preços. Como esses produtos têm participação nos índices de inflação, acabamos tendo equilíbrio entre preços”, disse.

Frutas

Situação semelhante foi observada nas frutas. “Laranja e melancia estão em queda, enquanto banana e mamão estão em alta. Isso é típico de fatores sazonais”, informou De Zen referindo-se à compensação desses produtos para o equilíbrio dos índices inflacionários. O boletim registrou baixa nos preços da melancia, graças à maior oferta do produto no último mês de dezembro.

De acordo com a Conab, o aumento de preço da banana foi causado pela “menor produção da variedade prata, por problemas climáticos e pelas exportações, que continuaram aquecidas”. No caso do mamão, além da queda na oferta, principalmente da variedade formosa, houve “aumento no valor dos insumos para produção, doenças fúngicas em decorrência das chuvas e as exportações, que aumentaram novamente”. A demanda segue regular para outras frutas típicas de fim de ano, como é o caso da ameixa e do pêssego. “O volume foi bem absorvido no varejo”, diz o levantamento.

Segundo a gerente de Estudos do Mercado Hortigranjeiro da Conab, Joyce Fraga, a laranja foi a única fruta que teve redução na comercialização externa, na comparação com 2020. “A redução foi de 49% em relação ao ano anterior. Em termos financeiros, a redução ficou em 78%”.

Alface

O diretor de Política Agrícola informou que houve casos de produtos que apresentaram “comportamentos erráticos”, devido a “fatores como intensidade de chuvas ou de granizo em cada região do país”.

Esses produtos têm “comportamento de oferta completamente diferente, o que faz com que preços flutuem de maneira disforme no total do país”. É o caso da alface que, segundo Joyce, mesmo diante da flutuação registrou aumento de 8% na oferta.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Rio de Janeiro reduz para 18% alíquota do ICMS sobre combustíveis

Procon fará operação para fiscalizar queda de preço nos postos

01 de Julho de 2022 as 14h30

Economia

Intenção de consumo das famílias cresce 2,9%

Na comparação com junho de 2021, expansão é de 18,8%

01 de Julho de 2022 as 11h00

Economia

Rio e União assinam acordo de recuperação fiscal

Plano não impede realização de concursos públicos

01 de Julho de 2022 as 09h15

Economia

Geladeiras devem exibir hoje nova etiqueta de eficiência energética

Etiqueta indica diferença de conumo de até 30% entre produtos

01 de Julho de 2022 as 05h45

Economia

BC admite oficialmente estouro da meta de inflação em 2022

Informação consta do Relatório de Inflação do segundo trimestre

30 de Junho de 2022 as 17h00

Economia

Rio: STF estica prazo de entrega de documentos para Recuperação Fiscal

Acordo entre estado e União deve ser assinado ainda hoje

30 de Junho de 2022 as 17h00

Economia

FGV: Quase 30% da população recebia menos de R$500 por mês em 2021

Cenário foi impactado por crises, entre elas a pandemia, diz estudo

30 de Junho de 2022 as 15h30

Economia

Sefaz avança na implantação dos Programas de Educação Fiscal junto aos municípios da região Noroeste

Objetivo é estimular e implementar atividades que incentivem a cidadania fiscal entre os cidadãos

30 de Junho de 2022 as 15h30

Economia

Indicador de Incerteza da Economia sobe 0,5 ponto em junho

Índice chegou a 116,4 pontos com impacto do componente mídia

30 de Junho de 2022 as 15h15

Economia

Micro e pequenas empresas já podem aderir ao Pronampe

Portaria com as regras para concessão do crédito foi publicada hoje

30 de Junho de 2022 as 15h00

Economia

Setor público registrou superavit de R$358 bilhões em 2021

Resultado se deve a aumento de receitas e à redução de gastos

30 de Junho de 2022 as 15h00

Economia

Governo conclui pagamento da parcela de junho do Auxílio Brasil

Beneficiários com NIS final 0 recebem hoje

30 de Junho de 2022 as 14h00

Economia

Receita paga hoje restituições do segundo lote do IR 2022

Estão sendo depositados R$ 6,3 bilhões a 4,25 milhões de contribuintes

30 de Junho de 2022 as 14h00

Economia

Prazo de entrega da declaração anual do MEI termina hoje

Documento deve ser entregue mesmo por quem declarou Imposto de Renda

30 de Junho de 2022 as 14h00

Economia

Presidente volta a prometer zerar pedágio para motocicletas em BRs

Bolsonaro dá exemplo da Presidente Dutra, onde medida já foi adotada

28 de Junho de 2022 as 15h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO