Economia

Comércio de itens usados cresce 48,5% na pandemia

Pandemia e preocupação com meio ambiente podem ser causas de alta

Fonte:EBC
05 de Setembro de 2021 as 18h 15min

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

A abertura de estabelecimentos que comercializam produtos de segunda mão teve um crescimento de 48,58%, entre os primeiros semestres de 2020 e 2021, de acordo com levantamento do Sebrae, com base em dados da Receita Federal. Para a entidade, a pandemia de covid-19, que aumentou o controle financeiro das famílias, e a preocupação cada vez maior com a preservação do meio ambiente, podem ter sido fatores que impulsionaram o mercado de usados no país.

A empresária Carolina Fonseca, de 39 anos, viu isso ocorrer na prática. Ela é proprietária do brechó de roupas Musa Moda Circular, em Brasília, e relata o aumento nas vendas e na abertura de brechós nesse período, principalmente de lojas online.

Para ela, as pessoas estão normalizando a compra de itens usados e revendo hábitos de consumo, principalmente aqueles que ficaram em homeoffice durante a pandemia. “As pessoas me traziam grande quantidade de desapegos. Elas passaram a rever o que tinham no guarda-roupa e viram que não faz mais sentido manter todas essas roupas. Além de passar mais tempo em casa e, teoricamente, ter esse tempo de repensar a própria vida. Vi esse movimento minimalista”, disse Carolina.

Segundo o Sebrae, foram abertas, no primeiro semestre desse ano, 2.104 novas empresas no segmento, sendo 1.875 microempreendedores individuais (MEI) e 229 empresas de pequeno porte. No mesmo período do ano passado, haviam sido criados 1.298 MEI e 118 pequenas empresas. “Esse incremento na abertura de novos negócios no comércio de itens usados, verificado entre os seis primeiros meses de 2020 e 2021, é o maior em seis anos”, destacou a entidade.

O levantamento abrange o comércio varejista de moedas e selos de coleção, livros e revistas e outros artigos usados, como móveis, utensílios domésticos, eletrodomésticos, roupas e calçados e material de demolição.

Tendências de mercado

De acordo com o Sebrae, essa é uma tendência mundial e pesquisas feitas em outros países comprovam que o mercado de usados ainda tem espaço para crescimento. A entidade cita a pesquisa feita pela ThreadUP, uma das principais plataformas de revenda de roupas nos Estados Unidos, que apontou que os valores movimentados nesse segmento dobraram desde 2019 e a projeção é que tripliquem até 2025.

A pesquisa da ThreadUP também detectou que os principais varejistas de vestuário já estão planejando como potencializar esse mercado e um dos caminhos escolhidos é a formação de parcerias. Para 60% deles, por questões logísticas, a forma mais viável de alcançar novos mercados é se unir às empresas já especializadas no segmento. Ainda assim, 28% dizem que pretendem estruturar uma operação própria.

Para os empreendedores brasileiros, o Sebrae recomenda conhecer seus nichos de mercado, além de estabelecer presença no mundo digital, que pode favorecer uma captação maior de clientes e maior recorrência de compras das mercadorias.

Carolina, por exemplo, hoje só trabalha com o comércio digital. Por questões de segurança, no início da pandemia de covid-19, em março de 2020, decidiu fechar o showroom que tinha em casa, onde atendia por hora marcada, e concentrou os esforços na promoção do seu site da loja Musa e da página no Instagram.

“Quando migrei totalmente para o online vi que funcionava melhor, tinha uma frequência maior de vendas e as pessoas estavam mais abertas por causa da pandemia”, disse, explicando que, como todo comércio digital, oferece garantia das peças e possibilidade de devolução em sete dias. “A pandemia deu essa brecha e eu aproveite”, ressaltou.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Juros cobrados de empresas e famílias sobem em outubro, diz BC

Taxa chegou a 32,8% ao ano, a maior desde março de 2020

26 de Novembro de 2021 as 10h45

Economia

Ministério divulga estudo prevendo “revolução” no setor energético

Áreas em que há digitalização ficam mais competitivas e eficientes

26 de Novembro de 2021 as 10h15

Economia

Pedidos de cancelamento do IPVA 2021 são deferidos de forma automática pela Sefaz

Processos serão auditados posteriormente pela secretaria para verificar o cumprimento dos requisitos para fruição do benefício

26 de Novembro de 2021 as 10h00

Economia

Pretos e pardos têm maior perda de qualidade de vida que brancos

IBGE apresenta índice multidimensional pela primeira vez

26 de Novembro de 2021 as 09h45

Economia

BC regulamenta Pix Saque e Pix Troco

Novas modalidades estarão disponíveis na próxima segunda-feira

26 de Novembro de 2021 as 09h15

Economia

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 8

Valor médio do benefício é de R$ 217,18

26 de Novembro de 2021 as 05h45

Economia

Empresas estaduais e municipais poderão pegar R$ 3 bi emprestados

Novo sublimite foi aprovado pelo Conselho Monetário Nacional

25 de Novembro de 2021 as 20h30

Economia

Petrobras investirá R$16 bilhões na Bacia de Campos em 5 anos

Montante é 23% do total de investimentos previstos para o período

25 de Novembro de 2021 as 20h00

Economia

Atividade econômica cresceu 2% em outubro, mostra novo indicador

Ministério da Economia passará a divulgar estimativa todos os meses

25 de Novembro de 2021 as 16h15

Economia

Reajustes salariais mantêm-se abaixo da inflação em outubro, diz Fipe

São Paulo e Minas concentram maioria dos acordos negocuiados

25 de Novembro de 2021 as 14h45

Economia

Contas externas têm saldo negativo de US$ 4,5 bilhões em outubro

Em 12 meses, o déficit em transações correntes é de US$ 26,7 bilhões

25 de Novembro de 2021 as 12h30

Economia

Índice de Confiança da Construção recua pelo segundo mês, diz FGV

Essa foi a segunda queda consecutiva do indicador

25 de Novembro de 2021 as 09h45

Economia

IPCA-15: prévia da inflação sobe 1,17% em novembro

Acumulado em 12 meses fica em 10,73%, impactado pela alta na gasolina

25 de Novembro de 2021 as 09h15

Economia

Caixa paga hoje Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 7

Valor médio do benefício é de R$ 217,18

25 de Novembro de 2021 as 05h15

Economia

Petrobras anuncia investimentos de US$ 68 bilhões nos próximos 5 anos

Valor é 24% superior ao investido no plano anterior

24 de Novembro de 2021 as 21h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO