Economia

Arrecadação federal atinge a R$ 137,169 bilhões em junho

Resultado foi impulsionado por recolhimentos atípicos de empresas

Fonte:EBC
21 de Julho de 2021 as 13h 15min

© Marcello Casal JrAgência Brasil

A União arrecadou R$ 137,169 bilhões no mês passado, de acordo com dados divulgados hoje (21) pela Receita Federal. Na comparação com junho do ano passado, houve um crescimento de 46,77% descontada a inflação, em valores corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O valor é o segundo maior para os meses de junho desde o início da série histórica da Receita Federal, em 1995, em valores corrigidos pela inflação. Apenas em junho de 2011 a arrecadação foi maior, de R$ 143.793 bilhões.

Nos seis primeiros meses de 2021, a arrecadação federal soma R$ 881,996 bilhões, com alta de 24,49% acima da inflação pelo IPCA, recorde para o período.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, comentou os resultados e disse que as altas expressivas na arrecadação mostram o forte impulso da economia. “Todos os sinais que estão vindo da Receita, exportações, importações, ritmo de pagamento de impostos em todas as variedades, todos dão sintomas clássicos de uma vigorosa retomada de crescimento econômico”, disse.

Guedes destacou que, dos 86 setores, apenas seis ainda estão com arrecadação abaixo do período pré-pandemia. "São eventos, agências de viagem, bares e restaurantes, por exemplo, porque ainda existem vetores importantes de distanciamento social, cuidados, muitas prefeituras e estados em regime de exceção à mobilidade”, explicou.

Resultado

De acordo com a Receita, o resultado da arrecadação federal pode ser explicado, principalmente, pelos fatores não recorrentes (que não se repetirá em outros anos), como recolhimentos extraordinários de aproximadamente R$ 20 bilhões em Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e em Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), de janeiro a junho de 2021.

No mesmo período do ano passado, os recolhimentos extraordinários foram de R$ 2,8 bilhões. No mês, o crescimento foi de 76,88% acima da inflação, com pagamento atípico de R$ 4 bilhões por empresas de diversos setores econômicos.

Nos últimos meses, esses recolhimentos fora de época têm impulsionado a arrecadação, por causa de empresas que registraram lucros maiores que o previsto e tiveram de pagar a diferença.

Os valores contrabalançaram a elevação de R$ 6,675 bilhões (em valores corrigidos pelo IPCA) nas compensações tributárias entre junho de 2020 e de 2021. O aumento foi de 89% em junho deste ano em relação a junho de 2020 e cresceram 51% no período acumulado.

Por meio da compensação tributária, uma empresa que previu lucros maiores do que o realizado e pagou IRPJ e CSLL por estimativa em um exercício pode pedir abatimento nas parcelas seguintes, caso tenha prejuízo ou lucro menor que o esperado. Por causa da pandemia da covid-19, que impactou o resultado das empresas, o volume de compensações aumentou de R$ 7,471 bilhões, em junho de 2020, para R$ 14,146 bilhões, em junho de 2021.

Outros fatores

Além do IRPJ e CSLL, os destaques do mês foram as altas registradas na arrecadação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), 116,25% em valores reais – corrigidos pela inflação. Além da alta de 26,20% no volume de vendas e de 23% no volume de serviços, a receita desses tributos subiu porque o recolhimento de PIS/Cofins foi postergado três meses no ano passado por causa da pandemia.

A arrecadação da Previdência Social aumentou 49,28% acima da inflação por causa do adiamento do recolhimento das contribuições patronais e do Simples Nacional.

Também houve crescimento da arrecadação dos tributos de comércio exterior, em razão, principalmente, do crescimento da taxa de câmbio e do valor em dólar das importações, que teve elevação de 73,81% em entre maio de 2020 a maio de 2021.

O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) teve aumento de 60,97% em relação a junho de 2020, especialmente nos setores de metalurgia, comércio atacadista e fabricação de produtos de borracha e material plástico. O resultado é explicado, principalmente, pelo crescimento de 25,79% na produção industrial.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Economia

Economia

Prévia da inflação ficou em 1,20% em outubro

É a maior variação para o mês desde 1995

26 de Outubro de 2021 as 09h45

Economia

Custo da construção sobe 0,80% em outubro, informa FGV

Taxa é superior à de setembro mas inferior à de outubro de 2020

26 de Outubro de 2021 as 09h15

Economia

Copom inicia sétima reunião do ano para definir juros básicos

Expectativa é que taxa Selic suba de 6,25% para 7,5% ao ano

26 de Outubro de 2021 as 06h45

Economia

Preços de gasolina e diesel aumentam hoje nas refinarias

Litro da gasolina pura fica em R$ 3,19 em média

26 de Outubro de 2021 as 06h45

Economia

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em junho

Também recebem hoje inscritos no Bolsa Família com NIS 7

26 de Outubro de 2021 as 05h00

Economia

Ministro diz que privatização da Petrobras ampliaria investimentos

Paulo Guedes fez declaração em evento com presidente Bolsonaro

25 de Outubro de 2021 as 19h45

Economia

Falta de material e custos impactam a indústria da construção

Situação persiste pelo quinto trimestre seguido

25 de Outubro de 2021 as 15h15

Economia

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

Prazo era de 5 dias e 9 horas e hoje está em 47 horas

25 de Outubro de 2021 as 13h45

Economia

Juros para famílias e empresas sobem em setembro, diz BC

Taxa média para pessoas físicas no crédito livre chegou a 41,3% ao ano

25 de Outubro de 2021 as 12h45

Economia

Confiança do comércio cai 3,1% em outubro, diz CNC

Setor aponta dificuldades na performance da economia

25 de Outubro de 2021 as 11h30

Economia

Mercado prevê que taxa básica de juros feche o ano em 8,75%

Expectativa é que o Copom eleve a Selic esta semana para 7,5%

25 de Outubro de 2021 as 10h00

Economia

Governo pede abertura de crédito de R$ 9,4 bilhões para Auxílio Brasil

Proposta remaneja saldo do Bolsa Família para novo programa

25 de Outubro de 2021 as 09h45

Economia

FGV: confiança do consumidor volta a subir após dois meses em queda

Alta foi puxada pela melhora de perspectivas das famílias

25 de Outubro de 2021 as 08h00

Economia

MME reitera que horário de verão não resulta em economia de energia

Medidas adotadas são suficientes para os períodos seco e úmido

23 de Outubro de 2021 as 11h00

Economia

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril e maio

Benefício varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família

23 de Outubro de 2021 as 07h15

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO