Artigo

A LGPD e a responsabilidade das empresas

Nunca foi tão importante saber como as pessoas pensam, se expressam e se comportam

Fonte: Fernanda Monteiro Moreira
07 de Outubro de 2020 as 20h 06min

A Lei Geral de Proteção de Dados (Lei n. 13.709/2018), após diversos adiamentos, entrou em vigor em 18 de setembro trazendo novidades em relação ao sigilo das informações pessoais.

Hoje, os dados pessoais são um dos bens mais importantes, podendo sem dúvida, serem considerados uma fonte de riqueza do século XXI. O avanço tecnológico, com informações detalhadas de milhões de pessoas, pode predizer tendências de compras e pensamentos políticos, por exemplo.

Dessa forma, nunca foi tão importante saber como as pessoas pensam, se expressam e se comportam. E é nisso que a análise desses dados direciona como um produto ou um serviço será oferecido no mercado. E mais, ações de marketing estratégicas podem atingir, cada vez mais rápido, nichos específicos de consumidores.

Esse é o ponto que fez nascer a LGPD, com a finalidade de trazer mais transparência, visando garantir que direitos fundamentais dos cidadãos sejam respeitados e para que as pessoas possam ter controle sobre as informações que circulam sobre elas.

Neste sentido, com sua entrada em vigor, qualquer outra lei, decreto, medida provisória, resolução ou portaria já existentes que dispuser sobre dados pessoais deverá levar em consideração a nova lei e terá sua aplicação subsidiária e supletiva.

Diante desse cenário, existe uma realidade que requer atenção, pois todas as empresas realizam algum tipo de operação com dados pessoais, seja na coleta, armazenamento, transmissão ou utilização e isso é inerente à atividade empresarial.

Com a vigência da LGPD, as empresas terão que se adequar às novas regras, como por exemplo, solicitar o consentimento do usuário para coletar informações, bem como informar sua finalidade, criando, com isso, mais segurança jurídica.

Isso já pode ser percebido nos sites de internet com janelas pop-ups pedindo o aceite do internauta para o uso de cookies (pequenos arquivos que ficam armazenados no navegador para informar padrões de comportamento do usuário).

Outro aspecto a ser observado pelas empresas é que a LGPD não estipulou limites sobre as informações que os empregadores têm sobre seus empregados, diferentemente, do Regulamento Europeu de Proteção de Dados – RGPD, por exemplo. Entretanto, pode-se contextualizar as disposições da LGPD com as questões trabalhistas, a fim de evitar problemas futuros para a empresas.

Ou seja, pode-se verificar uma aplicação na relação trabalhista, uma vez que para a celebração do contrato existe a coleta de informações sobre o candidato desde o currículo até a execução do contrato de trabalho, com a tecnologia facilitando os processos de contratação. Contudo, deve-se ter cuidado para que as empresas, ao requererem informações para traçar o perfil do candidato, não ultrapassem os limites da privacidade.

Também é preciso estar atento em relação ao repasse de informações do empregado a órgãos públicos ou empresas como as de planos de saúde, bancos, seguradoras e consultorias contratadas pela empresa. Isso porque toda transmissão de dados pessoais a terceiros deverá ser feita os termos da lei. Isso significa que as empresas terão mais responsabilidades para obter informações pessoais, dar transparência para seu uso e assegurar que os dados não serão vazados.

A regulamentação exata da nova lei vai depender da Autoridade Nacional de Proteção de Dados - ANPD, que ainda não foi criada e deverá orientar as empresas sobre as medidas técnicas de proteção. A ausência desse órgão no momento cria certa insegurança para as empresas, principalmente para as micro e pequenas, que direcionaram recursos para promover a sobrevivência do negócio e a manutenção de empregos durante a pandemia.

Ainda assim, as empresas deverão ter mais cautela, tendo em vista que a LGPD estabelece punições para quem descumprir as disposições da Lei, com multas que podem chegar a R$ 50 milhões. Essas penas somente passarão a ser aplicadas a partir de agosto de 2021, que é o limite estipulado pelo governo para adequação empresarial.

Percebe-se que a finalidade da LGPD não é criar obstáculos para a coleta e tratamento de dados, mas garantir segurança, transparência, impor limites e proteger os dados pessoais.

É uma história que está começando a ser escrita no Brasil.

*Fernanda Monteiro Moreira é advogada com atuação em Direito e Processo do Trabalho e Empresarial. Possui MBA em Direito Empresarial pela FGV e é integrante do escritório JMS Advogados Associados


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Coluna

Artigo

É tempo de fazer mais

A eleição ficou para trás, mas os compromissos permanecem

16 de Novembro de 2020 as 14h22

Artigo

Quando é a Black Friday?

As lojas têm sede de vender e os clientes querem bons produtos a preços relativamente baixos

15 de Outubro de 2020 as 14h35

Artigo

LGPD entra em vigor após muitos anos de discussões

Entrou vigor no último mês de setembro a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Após quase uma década de concepção e disputas para ser criada, a legislação regulamenta o tratamento de dados pessoais por parte de empresas públicas e privadas.

15 de Outubro de 2020 as 10h26

Artigo

Taxa Selic e o mercado imobiliário

Pela nona vez consecutiva a taxa Selic foi reduzida, atingindo o índice de 2%, o menor patamar histórico do Brasil

19 de Agosto de 2020 as 16h51

Artigo

Lucas do Rio Verde: Uma grande cidade, feita de suor e coragem

Esses 32 anos só nos mostram o potencial de crescimento que ainda existe na região.

06 de Agosto de 2020 as 14h48

Artigo

Ferrogrão: do sonho à realidade

Entre as vantagens estão a capacidade de carga dos trens, menor custo em grandes distâncias, maior segurança em relação ao rodoviário, menor frete, entre outros fatores

06 de Agosto de 2020 as 14h41

Artigo

Aceleração digital e os impactos nos negócios

A internet permite que se tenha acesso a todos os produtos e serviços e instituiu, nos últimos três meses, novas formas de trabalho e atendimento das demandas nos negócios.

24 de Julho de 2020 as 13h49

Artigo

Doem alimentos: restaurantes, lanchonetes, hotéis, padarias, etc

Empresas, no final do dia, simplesmente descartavam sobras no lixo

09 de Julho de 2020 as 08h32

Artigo

Eleições 2020 - Não haverá coligação para candidatos a vereador?

Neste ano eleitoral a grande mudança a ser implantada é que não haverá coligação nas candidaturas proporcionais, ou seja, para vereadores. Leia o texto e entenda no essa mudança implica.

02 de Julho de 2020 as 13h40

Artigo

Trabalho, responsabilidade e transparência no combate à COVID-19

Os casos aumentaram e as medidas que tomamos nos últimos 15 também foram duras, mas entendemos que foram acertadas

02 de Julho de 2020 as 07h06

Artigo

O futuro de Mato Grosso é o etanol

Mato Grosso representa a maior área cultivada do país, com 5,4 milhões de hectares

01 de Julho de 2020 as 08h56

Artigo

A retomada da economia vem do agro

O agronegócio será o único setor a ter crescimento positivo no ano, com projeção de 2,5%, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA.

22 de Junho de 2020 as 16h10

Artigo

Advogado tributarista revela o motivo que levou mais de 780 mil empresas à falência no Brasil durante a pandemia da covid-19

O advogado tributarista e empreendedor Eliézer Marins analisa os reais motivos que têm levado milhares de empresas durante a quarentena e a pandemia da covid-19.

22 de Junho de 2020 as 15h41

Artigo

A burocracia exacerbada nos Cartórios de Registro de Imóveis de MT

Muitas vezes o cidadão que necessita transmitir a propriedade imobiliária ou desmembrar seu imóvel e se depara com tais pendências de impossível solução

22 de Junho de 2020 as 15h31

Artigo

Aos nossos super-heróis de carne e osso

São seres humanos que se alegram com uma vida salva, se preocupam e se dedicam a cada paciente.

03 de Junho de 2020 as 11h01

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO