Saúde

Pandemia fez um novo bilionário a cada 26 horas, diz Oxfam

Enquanto isso, a renda de 99% da humanidade caiu

Fonte:EBC
17 de Janeiro de 2022 as 14h 30min

© Arquivo/Agência Brasil

Enquanto a pandemia colocou na pobreza mais de 160 milhões de pessoas, um novo bilionário surgiu a cada 26 horas desde o início da crise humanitária, afirma a Oxfam Brasil, entidade que trabalha na busca de soluções para o problema da pobreza, desigualdade e injustiça.

De acordo com a entidade, os 10 homens mais ricos do mundo mais que dobraram suas fortunas, passando de US$ 700 bilhões para US$ 1,5 trilhão – a uma taxa de US$ 15 mil por segundo ou US$ 1,3 bilhão por dia – durante os dois primeiros anos da pandemia. Por outro lado, a renda de 99% da humanidade caiu e mais de 160 milhões de pessoas foram empurradas para a pobreza.

A diretora executiva da Oxfam Brasil, Katia Maia, afirmou que, se os 10 homens mais ricos do mundo perdessem 99,99% de sua riqueza, eles continuariam mais ricos do que 99% de todas as pessoas do planeta. “Eles têm hoje seis vezes mais riqueza do que os 3,1 bilhões mais pobres do mundo”, completou.

Segundo a entidade, no Brasil, há 55 bilionários com riqueza total de US$ 176 bilhões. Desde março de 2020, quando a pandemia foi declarada, o país ganhou 10 novos bilionários. O aumento da riqueza entre eles durante a pandemia foi de 30% (US$ 39,6 bilhões), enquanto 90% da população teve uma redução de renda de 0,2% entre 2019 e 2021. Os 20 maiores bilionários do país têm mais riqueza (US$ 121 bilhões) do que 128 milhões de brasileiros (60% da população).

Para Kátia, é inadmissível que alguns poucos brasileiros tenham lucrado tanto durante a pandemia, quando a esmagadora maioria da população ficou mais pobre. “Milhões de brasileiros sofreram com a perda de emprego e renda, enfrentando uma grave crise sanitária e econômica”.

Desigualdade Mata

A publicação Desigualdade Mata, lançada pela Oxfam no último domingo (16), revela ainda que as desigualdades estão contribuindo para a morte de pelo menos 21 mil pessoas por dia ou uma pessoa a cada quatro segundos. Esta é uma conta conservadora, segundo a entidade, baseada nas mortes globais provocadas pela falta de acesso à saúde pública, violência de gênero, fome e crise climática.

Por outro lado, a riqueza dos bilionários aumentou ainda mais em meio à pandemia do que nos últimos 14 anos. Os US$ 5 trilhões são o maior acúmulo na riqueza dos bilionários desde que os dados começaram a ser monitorados.

Na visão da Oxfam, um imposto único de 99% sobre os ganhos obtidos pelos 10 maiores bilionários do mundo durante a pandemia seria suficiente para pagara, por exemplo:

• por vacinas suficientes para toda a população do mundo;

• para providenciar saúde pública universal e proteção social;

• para financiar ações de adaptação climática; e,

• para reduzir a violência de gênero em mais de 80 países.

Para a diretora executiva da Oxfam, a proposta de um imposto único extraordinário de 99% sobre os ganhos extras dos 10 bilionários mais ricos do mundo durante a pandemia mostra que é possível encontrar recursos para enfrentar os desafios que estão afetando milhões de pessoas no mundo.

“Seria importante ter esse debate aqui no Brasil. Infelizmente, o que vemos no país é a atuação de setores privilegiados que impedem até mesmo a básica tributação sobre lucros e dividendos a acionista. É hora de parar de normalizar esses privilégios e ter uma tributação justa no nosso país”, destaca Kátia:

“Ainda que os governos tenham injetado US$ 16 trilhões do nosso dinheiro nas economias dos países para salvar vidas e empregos, boa parte desses recursos acabaram nos bolsos dos bilionários, devido às grandes altas no mercado de ações. As vacinas deveriam acabar com a pandemia, mas a desigualdade na sua distribuição, concentrando doses nos países mais ricos, está deixando milhões sem acesso. O resultado é que diferentes tipos de desigualdades devem aumentar no mundo. Estamos perdendo nossa humanidade de forma acelerada ao normalizar desigualdades extremas”, completa.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Ciência e Saúde

Saúde

DF anuncia quarta dose contra covid-19 para maiores de 35 anos

O Distrito Federal terá 112 salas de vacinação disponíveis

30 de Junho de 2022 as 21h30

Saúde

Covid-19: Brasil registra 291 óbitos e 75,1 mil casos em 24 horas

Número de pessoas que contraíram a doença passa de 32,3 milhões

30 de Junho de 2022 as 18h45

Saúde

Anvisa prorroga importação de imunoglobulina humana

Importação excepcional poderá ser realizada até 31 de julho

30 de Junho de 2022 as 15h15

Saúde

Hospital Metropolitano passa a ofertar serviço de neurocirurgia

Nova especialidade está disponível desde a noite de quarta-feira (29.06), no Sistema de Regulação

30 de Junho de 2022 as 15h00

Saúde

97% dos pacientes em UTIs de MT não tomaram todas as doses da vacina contra a covid-19

Secretaria de Estado de Saúde alerta para necessidade de se completar o esquema vacinal, que conta com três doses

30 de Junho de 2022 as 14h30

Saúde

UTIs de MT voltam a lotar e 91% dos pacientes não tomaram todas as doses da vacina

Dos 101 pacientes que estão internados pela Covid-19, em UTIs de Mato Grosso, 92 não tomaram todas as doses da vacina

28 de Junho de 2022 as 09h00

Saúde

Brasil registra 51,6 mil casos de covid e 127 óbitos em 24 horas

País acumula 32,1 milhões de casos confirmados da doença

27 de Junho de 2022 as 22h15

Saúde

ANS suspende temporariamente comercialização de 70 planos de saúde

Proibição vale a partir desta quinta-feira

27 de Junho de 2022 as 21h45

Saúde

Com baixa cobertura, vacinação contra gripe segue em São Paulo

Capital paulista quer chegar a 90% do público imunizado

27 de Junho de 2022 as 21h30

Saúde

São Paulo vacina pessoas com mais de 40 anos contra covid-19

Secretaria de Saúde ampliou também vacinação contra influenza

27 de Junho de 2022 as 11h45

Saúde

Ministério quer ampliar atendimento psicossocial de crianças e jovens

Governo vai oferecer incentivo financeiro a estados e municípios

27 de Junho de 2022 as 11h30

Saúde

Covid-19: população ainda não tomou segunda dose de reforço

Faixa dos 40 anos começou a ser atendida na semana passada

27 de Junho de 2022 as 08h45

Saúde

Covid-19: Brasil tem 16,6 mil novos casos e 36 óbitos em 24 horas

País já aplicou 449,9 milhões de doses de vacinas contra covid-19

26 de Junho de 2022 as 18h30

Saúde

Dia Nacional do Diabetes: pacientes buscam qualidade de vida

Controle da doença exige alimentação saudável e acompanhamento médico

26 de Junho de 2022 as 12h45

Saúde

Covid-19: cerca de 2 milhões de pessoas no Rio não tomaram 1ª dose

Secretário de saúde reafirmou importância da vacinação

25 de Junho de 2022 as 19h00

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO