Coronavírus

Vacina contra a Covid-19 promete ser a mais rápida da história

Cientistas em todo o planeta participam de um esforço sem precedentes para desenvolver, em tempo recorde, uma vacina contra o novo coronavírus.

Fonte: Jornal Naciona
04 de Julho de 2020 as 09h 04min

Foto por jcomp - br.freepik.com

  Duas das mais promissoras vacinas contra a Covid-19 passarão por testes no Brasil

  O esforço dos cientistas para desenvolver uma vacina contra a Covid não tem precedentes na história. É uma corrida no mundo todo.

  Duas vacinas consideradas mais promissoras vão ser testadas no Brasil.

  A vacina é a chave para aquele tempo de antes da pandemia e, nesse ponto, a ciência está avançando no calendário em uma velocidade nunca vista antes.

  A OMS recebeu em 31 de dezembro o primeiro alerta de um novo tipo de coronavírus em circulação. Seis meses depois, já são cerca de 140 vacinas em estudo; 15 na fase de testes em humanos. E a resposta à Covid-19 pode vir em um recorde histórico.

  A vacina contra a meningite, por exemplo, levou mais de 90 anos desde a descoberta do vírus até o registro na Agência de Saúde dos Estados Unidos. A da polio, 47 anos. Hepatite, 16. A do sarampo foi uma das mais rápidas: dez anos.

  A OMS considera hoje que a pesquisa de uma vacina contra o coronavírus em fase mais adiantada pode ser finalizada até o fim de 2020.

  Desenvolvida pela Universidade de Oxford, a vacina está em testes no Brasil pelo Instituto D’or de Pesquisa e Ensino, da Rede D’or e pela Universidade Federal de São Paulo, a Unifesp. A Fundação Lemann está financiando a estrutura médica e os equipamentos da operação.

  Os cientistas partiram de uma estratégia que já deu certo em vacinas contra outras doenças, como ebola e MERS, também causada por um tipo de coronavírus.

  A técnica utiliza um tipo de vírus, o adenovírus que causa doenças respiratórias. Ele é modificado para se tornar mais fraco. Em seu interior é inserido o material genético do novo coronavírus, ou seja, esse vírus carrega pedacinhos do coronavírus, mas não é ele propriamente dito. Uma vez dentro do corpo humano, ele induz a produção de anticorpos e outras células de defesa para combater a doença.

  Essa experiência anterior economiza tempo na hora dos testes.

  O desenvolvimento de uma vacina tem a fase pré-clinica, quando os testes são feitos em laboratórios e em animais. A partir daí, vem a fase clínica, com voluntários humanos.

  São três etapas diferentes: a cada passo, o número de pessoas aumenta e a metodologia muda. No fim deste processo, os pesquisadores precisam comprovar que a vacina é segura, gera anticorpos e não provoca efeitos colaterais importantes.

  A pesquisadora da Unifesp, Sue Ann Costa Clemens, que comanda o estudo no Brasil diz que na pandemia, o processo regulatório acaba sendo mais flexível.

  “Não se espera a análise completa de uma fase para se entrar na próxima fase, mas isso não quer dizer que as fases não sejam completadas; o estudo inteiro vai ser completado, a análise vai ser feita como no processo normal. “

  Essa agilidade regulatória também favorece outra pesquisa bem adiantada: a chinesa, em parceria no Brasil com o Instituto Butantan. O projeto também herdou um conhecimento anterior: o desenvolvimento da vacina contra a Sars, provocada por outro coronavírus.

  “Todas essas vacinas que estão mais aceleradas, elas herdaram um processo de vacina para outros coronavírus; mas não estamos perdendo nem qualidade cientifica nem qualidade ética e isso é uma boa noticia para todos, porque estamos conseguindo fazer tudo muito bem e muito mais eficientemente”, afirma Ricardo Palacios, médico de Pesquisas Clínicas do Instituto Butantan.

  A indústria farmacêutica também está acelerando as etapas para produzir as doses de uma vacina que ainda nem está pronta.

  “É um processo muito arriscado a vacina, mas agora devido ao risco que a doença faz, tanto os governos quanto as grandes empresas estão dispostos a investir   mais dinheiro e arriscar mais pra acelerar esse processo”, afirma Ariane Cruz, pesquisadora pela University College of London.

  É que mesmo com a pesquisa adiantada, ainda é cedo para dizer que a vacina vai sair de um dos estudos em teste no Brasil. Mas com uma força-tarefa mundial e com tanto investimento público e privado, as chances de uma descoberta aumentam e é bem possível que haja mais de uma solução para uma doença que desperta tantas dúvidas.

  É o que diz a vice-diretora-geral da Organização Mundial da Saúde, a brasileira Mariângela Simão. Ela acredita que a ciência vai descobrir não uma, mas várias vacinas contra a Covid-19.

  “Então é provável que se tenha mais do que um tipo de vacina disponível daqui um ano e um ano e meio. E é provável que elas tenham características diferentes por exemplo: você pode ter vacina que funcione bem para jovens e não funcione bem para pessoas acima de 65 anos.”

  “E se dá mais de uma certo vai ser muito bom porque temos mais fábrica disponíveis para produzir mais vacinas para o mundo”, afirma Ricardo Palacios.

  E não é só o tempo ultrarrápido de se chegar a uma vacina que é inédito.

  “Acho que isso nunca aconteceu na historia da humanidade que haja uma consolidação dos movimentos em torno de ter um produto que seja eficaz, seguro e que seja um bem público global, o que se quer dizer com isso, que o objetivo máximo tem que ser que não é ter lucro em cima disso, é paa proteger as populações, proteger a economia e todas as questões que estão sendo afetadas por essa pandemia”, diz Mariângela Simão.


Siga MT Agora no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para entrar em nosso grupo do WhatsApp clicando AQUI e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros

COMENTARIOS

Mais de Brasil

Covid-19

Ivermectina só poderá ser vendida com receita enquanto durar a pandemia, decide Anvisa

Decisão já havia sido aplicada a outros medicamentos, como a hidroxicloroquina, a cloroquina e a nitazoxanida

24 de Julho de 2020 as 22h25

Coronavírus

Fiocruz: covid-19 se estabilizou em níveis altos de incidência e morte

Estudo é referente ao período de 28 de junho a 11 de julho

20 de Julho de 2020 as 19h39

Covid-19

Estados e municípios recebem auxílio de mais de R$ 15 bilhões

Recursos fazem parte da segunda parcela do auxílio financeiro concedido pelo Governo Federal a estados e municípios

15 de Julho de 2020 as 15h38

Covid-19

Conselhos tutelares recebem Equipamentos de Proteção Individual

Ao todo, 30 mil conselheiros, em 5,9 mil Conselhos Tutelares do País receberão os kits de proteção

15 de Julho de 2020 as 15h33

Sociedade

Justiça abre consulta para atualizar Plano Nacional de Segurança

Período de recebimento das sugestões será de 45 dias

15 de Julho de 2020 as 15h32

Trecho barrado

Bolsonaro veta renovação por mais 30 anos de contratos de estatais de saneamento

Essa sobrevida, agora barrada, é considerada importante para estatais porque o novo marco proíbe que novos contratos sem licitação sejam fechados

15 de Julho de 2020 as 15h21

Novas Negociações

Em decreto, Bolsonaro permite redução de jornada e salários por mais 30 dias

Empresas e empregados ficam autorizados a fazer novas negociações para ampliar o corte de jornada por mais um mês e a suspensão de contrato por mais dois meses

14 de Julho de 2020 as 23h08

Ajuda

Aos 91 anos, vovô pede ajuda para vender tecidos em loja tradicional de Guarulhos

Uma vida dedicada aos tecidos que foi interrompida por conta da pandemia do coronavírus.

07 de Julho de 2020 as 15h44

Coronavírus

MPT apura 206 denúncias e tem 114 inquéritos abertos por casos de Covid-19 entre funcionários de frigoríficos

Os dados são até o dia 1º de julho, de acordo com levantamento feito pela Procuradoria-Geral do Trabalho.

07 de Julho de 2020 as 15h40

Covid-19

Resultado de teste de Bolsonaro dá positivo para covid-19

Exame foi realizado nesta segunda (6) no Hospital das Forças Armadas. Na manhã desta terça (7), o presidente acordou bem, mas continuava com febre

07 de Julho de 2020 as 14h25

Sisu

Após adiamento, MEC abre período de inscrições para o Sisu do 2º semestre de 2020 e divulga vagas do Prouni

O estudante interessado em concorrer pelo Sisu a uma vaga nas universidades federais têm até sexta para se candidatar.

07 de Julho de 2020 as 07h35

Inauguração

Bolsonaro vai a Sinop e Sorriso inaugurar usinas; em Ubiratã entregará regularização fundiária

O presidente Jair Bolsonaro deve ir a Sinop no próximo dia 1º de Agosto para inaugurar a primeira fase de uma indústria de álcool.

04 de Julho de 2020 as 15h15

Auxílio Emergial

Cartórios do Brasil passam a regularizar CPF para o auxílio emergencial do Governo

Serviço terá início, hoje, quarta-feira (1º/7), nas 836 unidades de Registro Civil do Estado de São Paulo e na sequencia será expandido para todo o Brasil, possibilitando os atos de inscrição, alteração, consulta e emissão de segunda via de CPF

02 de Julho de 2020 as 07h20

Veto PL 675

Presidente da República veta PL 675 que suspendia por 90 dias novas inscrições nos cadastros de proteção ao crédito

O PL 675/2020 contrariava o interesse público ante a potencialidade da medida em prejudicar o funcionamento do mercado de crédito e a eficiência dos sistemas de registro e viola os princípios constitucionais da livre iniciativa e o da livre concorrên

02 de Julho de 2020 as 07h15

Vacina Covid-19

Vacina contra Covid-19 pode ser distribuída este ano, diz Astrazeneca

Vacina é desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, com testes no Brasil

30 de Junho de 2020 as 18h14

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

ENQUETE

veja +

COTAÇÃO