Odebrecht diz que BR-163 é aposta no potencial do agronegócio

Empresa venceu leilão de trecho da rodovia com oferta com deságio de 52% Grupo também arrematou o aeroporto do Galeão, na semana passada.

27/11/2013 - 11:28:00

   

A Odebrecht afirmou nesta quarta-feira (27) que o seu lance com deságio de 52%, que arrematou a concessão de trecho da BR-163 em Mato Grosso em leilão realizado pela manhã, reflete a aposta da companhia no potencial do agronegócio brasileiro.

“Talvez os nossos concorrentes acordaram um pouco tarde para isso”, afirmou o diretor da Odebrecht, Renato Mello, ao ser questionado sobre a agressividade da oferta no leilão. Segundo o porta-voz da empresa, estudos sobre a rentabilidade e potencial da BR-163 estão sendo feitos há um ano e meio pela equipe da Odebrecht.

“Fomos estudar a logística, como é o movimento de grãos e chegamos à conclusão de que o potencial de crescimento do Mato Grosso está muito acima do PIB do país”, disse. A Odebrecht, que na semana passada já tinha arrematado a concessão do aeroporto do Galeão, informou ter interesse no leilão do outro trecho da BR-163, em Mato Grosso do Sul, previsto para 17 de dezembro, e em outros “bons projetos”.

Segundo o diretor, a companhia está estruturada para participar da disputa de outros projetos de infraestrutura.

“Não existe preocupação quanto a estrutura de capital. Sempre que existir um bom projeto, vamos estar perseguindo”, disse Mello.

Quanto ao início da cobrança de pedágio na BR-163, a Odebrecht informou a previsão é a partir do 18º mês de concessão, quando existe a exigência contratual de entrega de ao menos 10% dos cerca de 500 km de duplicação previstos. “Vamos fazer um esforço para ver se antecipamos este calendário”, afirmou o diretor.

Pelas regras do edital, estão previstas 9 praças de pedágio, cuja tarifa básica será de 0,02638 por quilômetro (ou R$ 2,638 para 100 quilômetros rodados).

O diretor da Odebrecht avaliou ainda que os investimentos em rotas alternativas para o escoamento da soja do Mato Grosso, como a pavimentação do trecho entre Sinop e Santarém e o projeto de concessão da ferrovia Norte-Sul, não reduzirão a rentabilidade da BR-163.

“O potencial de crescimento da produção de grãos em muito suplanta o impacto desses outros meios de transporte e rotas”, disse Mello, acrescentando que a aposta da empresa “é a crença no crescimento do agronegócio brasileiro que precisa de infraestrutura para escoar sua produção”.

A Odebrecht é um conglomerado brasileiro que atua na área de engenharia e construção, transporte e logística, energia, além de petroquímicos e químicos, óleo e gás e naval.

Entre as mais recentes obras da Odebrecht estão as obras da Arena Fonte Nova, Arena Pernambuco e Arena Corinthians. A empresa também é uma das acionistas da Braskem.

Na área de transportes, é a operadora da Supervia, no Rio, Conquistou a parceria público-privada para construção e operação da Linha 6-Laranja do metrô de São Paulo, opera o terminal portuário de contêineres Embraport, em São Paulo, e já atua em seis concessões de rodovias, administrando um total de 700 quilômetros de estradas.

Fundada em 1944, a Odebrecht está presente em 26 países e conta com mais de 175 mil profissionais;. Em 2012, a organização obteve uma receita bruta de R$ 84,4 bilhões.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Projeção

Mato Grosso seguirá líder em produção até 2026 com alta de 39% entre soja e milho

Projeção

Produção brasileira de grãos deve crescer 30% em 10 anos

Produção De Soja

Imea projeta crescimento de 10% na safra de soja no Norte de Mato Grosso

Estudo

MT lidera ranking como principal polo agrícola do País

20/07/2016 -

Países produtores de carne bovina realizam encontro anual em MT

A International Beef Aliance é formada por Brasil, Canadá, México, Estados Unidos, Nova Zelândia, Austrália e Paraguai que representam mais da metade da produção mundial de proteína vermelha e 63% das exportações globais de carne.

20/07/2016 -

Circuito Aprosoja chega a Lucas do Rio Verde

Maior evento de planejamento de safra será realizado no município nesta quarta (20) para discutir as oportunidades frente à crise

19/07/2016 -

Mato Grosso seguirá líder nacional de grãos e fibras até 2026, aponta estudo

O ganho em produção virá das principais culturas/commodities já conhecidas e que já fazem do Estado o maior produtor nacional como milho segunda safra, soja e algodão.

19/07/2016 -

Conab cadastra armazéns privados em Mato Grosso; outros três Estados são visitados

A ação é uma exigência legal para que os armazenadores possam obter financiamento junto a instituições bancárias.

19/07/2016 -

Governo de MT investe cerca de R$3 milhões na agricultura familiar do médio-norte

Investimentos chegam ao valor de R$ 3 milhões nos primeiros 18 meses da gestão

15/07/2016 -

Mato Grosso pode encerrar 2016 com estoque final de soja 38,4% menor

A produção de soja em Mato Grosso na safra 2015/2016 foi de 27,61 milhões de toneladas, 3,9% inferior as 28,62 milhões de toneladas colhidas na safra 2014/2015.

15/07/2016 -

Setor agropecuário exportou US$ 45 bilhões no primeiro semestre, alta de 4%

Setor foi responsável por quase metade de todas as vendas externas brasileiras.

15/07/2016 -

Governo de MT estuda integração de programas voltados para produção sustentável

Prefeitos de 16 cidades, que fazem parte dos consórcios Portal do Amazônia e Portal Teles Pires, apresentaram os primeiros resultados do Programa Mato-Grossense de Municípios Sustentáveis (PMS).

11/07/2016 -

5 mato-grossenses entre as 500 do país

Elite estadual segue liderada pela Amaggi, a única bilionária de MT e que em 2015 atingiu sua melhor colocação e crescimento anual de 27,6%.

09/07/2016 -

Fávaro destaca oportunidades geradas pelo agronegócio em Mato Grosso

Recuperação das rodovias e melhoria das legislações ambiental e tributária serão ações constantes do Governo, garante o vice-governador.

07/07/2016 -

Estiagem aumenta custo ao produtor de leite em MT

Em maio, o preço pago ao produtor subiu 5%, sendo a principal causa a menor oferta do leite.

07/07/2016 -

Colheita do milho avança em meio à demanda firme em Mato Grosso

Preços se mantêm acima dos R$ 28 a saca, podendo sofrer nova pressão de alta, segundo o Imea.

07/07/2016 -

Brasil será maior produtor de soja até 2025

A constatação faz parte do informe sobre o futuro da agricultura no mundo até 2025 produzido pela FAO e que destaca que o Brasil responderá por uma parte significativa da expansão agrícola nos próximos dez anos.

30/06/2016 -

Estado de MT e Mapa assinam acordo para fiscalização de sementes

O governador Pedro Taques e o ministro Blairo Maggi se encontraram nesta quarta-feira (29).

30/06/2016 -

Perdas acima de 50% preocupam em MT

A afirmação vem de técnicos da CNA que visitaram importantes áreas produtoras dos municípios de Sorriso, Sinop, Campo Novo do Parecis, Primavera do Leste e Querência, entre os dias 13 e 17 de junho.