Odebrecht diz que BR-163 é aposta no potencial do agronegócio

Empresa venceu leilão de trecho da rodovia com oferta com deságio de 52% Grupo também arrematou o aeroporto do Galeão, na semana passada.

27/11/2013 - 11:28:00

   

A Odebrecht afirmou nesta quarta-feira (27) que o seu lance com deságio de 52%, que arrematou a concessão de trecho da BR-163 em Mato Grosso em leilão realizado pela manhã, reflete a aposta da companhia no potencial do agronegócio brasileiro.

“Talvez os nossos concorrentes acordaram um pouco tarde para isso”, afirmou o diretor da Odebrecht, Renato Mello, ao ser questionado sobre a agressividade da oferta no leilão. Segundo o porta-voz da empresa, estudos sobre a rentabilidade e potencial da BR-163 estão sendo feitos há um ano e meio pela equipe da Odebrecht.

“Fomos estudar a logística, como é o movimento de grãos e chegamos à conclusão de que o potencial de crescimento do Mato Grosso está muito acima do PIB do país”, disse. A Odebrecht, que na semana passada já tinha arrematado a concessão do aeroporto do Galeão, informou ter interesse no leilão do outro trecho da BR-163, em Mato Grosso do Sul, previsto para 17 de dezembro, e em outros “bons projetos”.

Segundo o diretor, a companhia está estruturada para participar da disputa de outros projetos de infraestrutura.

“Não existe preocupação quanto a estrutura de capital. Sempre que existir um bom projeto, vamos estar perseguindo”, disse Mello.

Quanto ao início da cobrança de pedágio na BR-163, a Odebrecht informou a previsão é a partir do 18º mês de concessão, quando existe a exigência contratual de entrega de ao menos 10% dos cerca de 500 km de duplicação previstos. “Vamos fazer um esforço para ver se antecipamos este calendário”, afirmou o diretor.

Pelas regras do edital, estão previstas 9 praças de pedágio, cuja tarifa básica será de 0,02638 por quilômetro (ou R$ 2,638 para 100 quilômetros rodados).

O diretor da Odebrecht avaliou ainda que os investimentos em rotas alternativas para o escoamento da soja do Mato Grosso, como a pavimentação do trecho entre Sinop e Santarém e o projeto de concessão da ferrovia Norte-Sul, não reduzirão a rentabilidade da BR-163.

“O potencial de crescimento da produção de grãos em muito suplanta o impacto desses outros meios de transporte e rotas”, disse Mello, acrescentando que a aposta da empresa “é a crença no crescimento do agronegócio brasileiro que precisa de infraestrutura para escoar sua produção”.

A Odebrecht é um conglomerado brasileiro que atua na área de engenharia e construção, transporte e logística, energia, além de petroquímicos e químicos, óleo e gás e naval.

Entre as mais recentes obras da Odebrecht estão as obras da Arena Fonte Nova, Arena Pernambuco e Arena Corinthians. A empresa também é uma das acionistas da Braskem.

Na área de transportes, é a operadora da Supervia, no Rio, Conquistou a parceria público-privada para construção e operação da Linha 6-Laranja do metrô de São Paulo, opera o terminal portuário de contêineres Embraport, em São Paulo, e já atua em seis concessões de rodovias, administrando um total de 700 quilômetros de estradas.

Fundada em 1944, a Odebrecht está presente em 26 países e conta com mais de 175 mil profissionais;. Em 2012, a organização obteve uma receita bruta de R$ 84,4 bilhões.

MT Agora - G1

Mais Noticias

Quitação de Débitos

Indea participa do Mutirão Fiscal do Governo do Estado

Pesquisa

Restauro em áreas degradadas é iniciado em propriedades de Sorriso

Comitiva Japonesa

Comitiva do Japão vem a Sorriso para conhecer potencialidades do agronegócio

Agricultura Familiar

Lucas: Prefeitura entrega 10 pasteurizadores lentos à agricultores familiares

01/12/2017 -

94 mil hectares de soja precisaram de replantio em MT

A falta de chuvas regulares inibiu o começo da semeadura e, entre os que arriscaram,

28/11/2017 -

Chineses discutem investimentos em Mato Grosso com produtores e prefeitos

A reunião foi realizada no Palácio Paiaguás como resultado da visita do governador Pedro Taques feita recentemente ao país, para estreitar os laços comerciais e discutir novas propostas de negócios no Mato Grosso Investment Fórum.

28/11/2017 -

Lucas: Em audiência, produtores pedem agilidade na implementação de sistema de inspeção da agroindústria familiar

Produtores rurais que participaram nesta manhã (28) em Lucas do Rio Verde, de uma audiência pública proposta pela Empaer. O encontro, que reúne também representantes de sindicatos, cooperativas e associações, da Câmara e Prefeitura.

20/11/2017 -

Rússia anuncia restrições temporárias à carne suína e bovina do Brasil

Motivo foi a detecção na carne exportada de substâncias para o crescimento da massa muscular dos animais.

16/11/2017 -

Fundador da Fiagril está entre os 100 nomes mais influentes do agronegócio brasileiro

A Fiagril foi fundada em 1987 e desde então não parou de crescer e de ampliar seus negócios.

13/11/2017 -

Agronegócio segura PIB, mas reduz postos de trabalho, aponta Cepea

O agronegócio representa cerca de 20% do total de pessoas ocupadas no Brasil.

13/11/2017 -

Exportações de carne bovina crescem em MT

Com a evolução nas vendas externas, a receita comercial aumentou 26,7%.

13/11/2017 -

Censo Agro 2017 em Lucas do Rio Verde

Em Mato Grosso serão visitadas de 130 a 150 mil propriedades e em Lucas do Rio Verde o número passa de 370.

10/11/2017 -

Segunda usina de etanol de milho prevista para ser construída em MT deve gerar mais de 3 mil empregos

Projetada para moer um milhão de toneladas de milho por ano, usina será construída em Sinop. Obra que deve custar R$ 500 milhões está prevista para começar em janeiro de 2018.

06/11/2017 -

Grupo chinês irá investir R$ 1,5 bi na construção de silos em Mato Grosso

Conforme dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), há um déficit de cerca de 50 milhões de toneladas. No Estado, o déficit é de aproximadamente 19 milhões de toneladas.

06/11/2017 -

Mato Grosso terá maior usina de etanol de milho do Brasil

Com investimento de R$ 500 milhões, a usina de Sinop foi projetada para moer 1 milhão de toneladas de milho por ano.

24/10/2017 -

Plantio de soja está atrasado devido à falta de chuvas em MT

Durante o mesmo período na safra anterior, o plantio já estava em 42% e agora apenas 26% da área prevista foi plantada. Fazendeiros utilizam a palha de milho para a retenção de água no solo.

22/10/2017 -

IBGE inicia pesquisas para Censo Agro 2017

O Censo Agropecuário fará a coleta dos dados até fevereiro de 2018, adotando-se como referência o período de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017

17/10/2017 -

MT exporta 500 mil toneladas de soja e caminha para recorde no ano

Em setembro as exportações mato-grossenses da soja em grão registraram no acumulado mensal 500 mil toneladas escoadas, exibindo recuo de 42,67% em relação ao mês de agosto

17/10/2017 -

Atraso no plantio começa a preocupar produtores de Mato Grosso

Equipes do Circuito Tecnológico Etapa Soja irão verificar durante duas semanas o andamento da safra 2017/18 no estado.

Disk Bem

Busca telefônica em Lucas do Rio Verde - MT

Tempo Agora